Confiança vence Cruzeiro em pleno Mineirão

Esporte


  • O Confiança conquistou uma vitória histórica ao vencer o Cruzeiro-MG por 2x1, em pleno Mineirão

 

Uma vitória histórica. 
O Confiança con
quistou um grande resultado na noite desta sexta-feira (27), ao vencer a equipe do Cruzeiro por 2x1, em pleno Mineirão. O resultado leva o time sergipano para 35 pontos  ganhos na 8ª posição ficando a três pontos do Cuiabá que é o último na zona de classificação. Na próxima rodada o Dragão pega o Figueirense dia 1º na Arena Batistão.
O Confiança chegou a abrir 2x0 contra o time mineiro. O Cruzeiro jogando em casa e querendo mostrar serviços começou todo no ataque. Mas o Confiança se segurava e quando partia para o ataque levava perigo ao gol de Fábio. Em uma desses contra ataque, o time sergipano conseguiu quatro escanteios seguidos. 
Guilherme Castilho, o homem da bola parada, no primeiro ele cobrou fechado e o goleiro Fábio evitou o gol. No quarto escanteio, Fábio foi traído pelo zagueiro. A bola entrou e o árbitro deu gol de Castilho, o primeiro dele com a camisa do Dragão. Tudo isso aos 4 minutos de jogo.
O Cruzeiro não sentiu o impacto do gol e continuou no ataque. Tinha domínio de bola mas não finalizava.Aos 24' veio o segundo do Dragão. Thiago Ennes puxou o contra-ataque pela direita, cruzou na área e a bola tocou na mão do zagueiro Manoel. O árbitro marcou o pênalti e o artilheiro Renan Gorne colocou a bola em um canto e o goleiro no outro. Era o segundo gol do Dragão, um resultado até certo ponto surpreendente. Esse era o placar do primeiro tempo.
Segundo tempo - Na segunda fase, o Cruzeiro voltou com o mesmo ritmo, mas o Confiança era mais objetivo e criava mais jogadas de finalização. Aos 8' quando era melhor em campo, o Confiança foi surpreendido com o gol de Cáceres. William Pottker alça bola na segunda trave e encontra Raul Cáceres livre. Lateral-direito cabeceia no contrapé de Rafael Santos e diminui o placar.
 A partir daí aumentou a pressão contra o gol do Dragão. Mas o goleiro Rafael Santos apareceu como o nome do jogo. Felipão mexeu na equipe colocou um time mais ofensivo e sufocou o time sergipano. Saiu Airton par entrada de Arthur. Tirou Sóbis para entrada de Tiago e o time ficou mais ofensivo. 
No Confiança saiu Madison para entrada de Serginho. Saiu Djalma e entrou Everton o time se segurava na defesa. Cruzeiro era só pressão. O árbitro deu mais seis minutos de acréscimos e o Confiança segurou a vitória. Um grande resultado uma vitória histórica para o futebol sergipano.

Uma vitória histórica.  O Confiança con quistou um grande resultado na noite desta sexta-feira (27), ao vencer a equipe do Cruzeiro por 2x1, em pleno Mineirão. O resultado leva o time sergipano para 35 pontos  ganhos na 8ª posição ficando a três pontos do Cuiabá que é o último na zona de classificação. Na próxima rodada o Dragão pega o Figueirense dia 1º na Arena Batistão.
O Confiança chegou a abrir 2x0 contra o time mineiro. O Cruzeiro jogando em casa e querendo mostrar serviços começou todo no ataque. Mas o Confiança se segurava e quando partia para o ataque levava perigo ao gol de Fábio. Em uma desses contra ataque, o time sergipano conseguiu quatro escanteios seguidos. 
Guilherme Castilho, o homem da bola parada, no primeiro ele cobrou fechado e o goleiro Fábio evitou o gol. No quarto escanteio, Fábio foi traído pelo zagueiro. A bola entrou e o árbitro deu gol de Castilho, o primeiro dele com a camisa do Dragão. Tudo isso aos 4 minutos de jogo.O Cruzeiro não sentiu o impacto do gol e continuou no ataque. Tinha domínio de bola mas não finalizava.Aos 24' veio o segundo do Dragão. Thiago Ennes puxou o contra-ataque pela direita, cruzou na área e a bola tocou na mão do zagueiro Manoel. O árbitro marcou o pênalti e o artilheiro Renan Gorne colocou a bola em um canto e o goleiro no outro. Era o segundo gol do Dragão, um resultado até certo ponto surpreendente. Esse era o placar do primeiro tempo.

Segundo tempo - Na segunda fase, o Cruzeiro voltou com o mesmo ritmo, mas o Confiança era mais objetivo e criava mais jogadas de finalização. Aos 8' quando era melhor em campo, o Confiança foi surpreendido com o gol de Cáceres. William Pottker alça bola na segunda trave e encontra Raul Cáceres livre. Lateral-direito cabeceia no contrapé de Rafael Santos e diminui o placar.
 A partir daí aumentou a pressão contra o gol do Dragão. Mas o goleiro Rafael Santos apareceu como o nome do jogo. Felipão mexeu na equipe colocou um time mais ofensivo e sufocou o time sergipano. Saiu Airton par entrada de Arthur. Tirou Sóbis para entrada de Tiago e o time ficou mais ofensivo. 
No Confiança saiu Madison para entrada de Serginho. Saiu Djalma e entrou Everton o time se segurava na defesa. Cruzeiro era só pressão. O árbitro deu mais seis minutos de acréscimos e o Confiança segurou a vitória. Um grande resultado uma vitória histórica para o futebol sergipano.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS