O PED em Sergipe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 12/11/2013 às 03:36:00

O Processo de Eleição Direta do Partido dos Trabalhadores, o PED 2013, realizado nacionalmente no domingo passado envolveu em Sergipe 7.152 militantes do PT dos 11.509 habilitados a votar em todo o Estado por estarem em dias com contribuição partidária
Dos 7.152 votantes, o deputado federal Rogério Carvalho obteve 2.960 votos, o correspondente a 44% dos votos válidos. O deputado federal Márcio Macedo conquistou 2.559 votos, o equivalente a 38% dos votos válidos, assegurando seu passaporte para o segundo turno junto com Rogério, que é da mesma tendência: Construindo um Novo Brasil (CNB).

A deputada estadual Ana Lúcia, da Articulação de Esquerda, ficou em terceiro lugar com 1.066 votos, o equivalente a 16% dos votos válidos. Denilson Silva, que era candidato independente a presidente estadual e retirou sua candidatura para apoiar Rogério Carvalho, ainda foi votado. Teve 53 votos. Votaram branco 324 militantes e nulo 210 militantes petistas.   

Não foi nenhuma surpresa a polarização do PED entre Márcio Macedo e Rogério Carvalho. Sabia-se que os dois iriam para o segundo turno da eleição, que acontecerá no dia 24 deste mês, por conta, até, da boa votação que teria Ana Lúcia.

Os dois deputados federais também polarizaram a eleição em Aracaju, com os seus candidatos indo para o segundo turno: o deputado estadual Francisco Gualberto e o atual presidente Usiel Rios. Gualberto, o candidato de Rogério, obteve 312 votos contra Usiel, o candidato de Márcio, que obteve 249 votos. O vereador Iran Barbosa, o candidato de Ana Lúcia, ficou em terceiro com 180 votos
O único fator relevante no PED em Sergipe foi a força que Rogério mostrou ter hoje dentro do PT, uma vez que ganhou a eleição em 35 municípios, inclusive em Aracaju, quando teve 370 votos, Márcio 262 e Ana Lúcia 167. A nível de Estado Rogério ganhou com 401 votos de frente para Márcio no primeiro turno. Esperava-se um placar mais apertado, inclusive, com a vitória de Márcio sobre Rogério no domingo.
Isso porque Márcio, que já foi duas vezes presidente estadual do PT, tinha o apoio de militantes históricos e expressivos do partido, como o governador licenciado Marcelo Déda (PT) e o ex-presidente nacional do PT e ex-senador José Eduardo Dutra.

Agora, com o segundo turno do PED zera tudo. Será uma nova eleição estando apenas na disputa Márcio Macedo e Rogério Carvalho. Terá uma grande vantagem aquele que conseguir o apoio dos militantes da Articulação de Esquerda, liderada no estado por Ana Lúcia e o vereador Iran Barbosa.
O apoio de Ana Lúcia e sua tendência será muito importante nesse processo em que a disputa estará focada em dois grandes nomes do PT que foram bem votados pela militância. Sem falar na conquista daqueles que votaram em branco ou anularam seu voto e até mesmo não foi votar no PED.
Agora a disputa é para valer!

Avaliação
O agrupamento da tendência Articulação de Esquerda, da deputada estadual Ana Lúcia (PT), se reuniu ontem à noite para avaliar o resultado do PED e apoio no segundo turno.  De acordo com a parlamentar, haverá plenárias e consultas com a militância do campo ideológico com essa finalidade.

Na quinta
Segundo Ana Lúcia, tem municípios em que o seu agrupamento tem simpatia pelo nome de Márcio Macedo e outros pelo nome de Rogério Carvalho, mas a sua tendência fechará com um nome. Disse que a partir dessa quinta-feira estará aberta para o diálogo com os dois companheiros do PT sobre apoio.
Curiosidade
Ontem, por um longo tempo, o deputado estadual Francisco Gualberto que vai para o segundo turno da eleição em Aracaju com o presidente municipal Usiel Rios e apoia Rogério Carvalho, conversou com Ana Lúcia, durante a sessão plenária. Esperou a colega na porta.

Ponto de vista 1
O deputado federal Rogério Carvalho avalia como "uma grande vitória" o resultado do PED em Sergipe, em que ganhou a eleição no Estado e em Aracaju. "Sabia do desafio e das lideranças que apoiavam Márcio Macedo. Isso fez com que corrêssemos atrás para trazer a militância de volta ao PT", afirmou, enfatizando que a militância demonstrou através do voto que deseja a mudança no PT.

Ponto de vista 2
Segundo Rogério, o PT não é mais o mesmo em Sergipe desde o domingo. "O PT tem as suas forças definidas desde ontem [domingo], graças ao desejo de mudança da militância", afirmou, enfatizando que o seu grande desafio agora no segundo turno é assegurar a vitória.

Em frente
Marcio Macedo declara que avaliará com calma o resultado do PED para ganhar no segundo turno. "Será uma nova eleição. Há um equilíbrio de forças internas. Vamos sentar, avaliar os erros e poder construir estratégias para o segundo turno. Vamos para o enfrentamento, pois a disputa zerou. Vamos corrigir os erros, dialogar intensamente com a militância e concentrar força. A luta continua e estou tranquilo".

O tom
Enfatiza Márcio que ele espera que o debate nesse segundo turno seja de alto nível, respeitoso, no campo das ideias e de caráter ideológico. Lembra que o PED vai passar e eles precisam ter maturidade para construir a unidade no partido.

Estatística 1
Ana Lúcia ganhou o PED em 11 municípios. São eles: Amparo do São Francisco, Boquim, Campo do Brito, Canindé do São Francisco, Japaratuba, Japoatã, Malhador, Monte Alegre, Neópolis, Pacatuba e Santo Amaro das Brotas.

Estatística 2
Márcio Macedo ganhou em 27 municípios: Arauá, Areia Branca, Barra dos Coqueiros, Brejo Grande, Canhoba, Carira, Carmopolis, Cristinápolis, Cumbe, Estância, Graccho Cardoso, Ilha das Flores, Itabaianinha, Itaporanga D´ Ajuda, Maruim, Muribeca, Nossa Senhora da Glória, Nossa Senhora de Lourdes, Pedra Mole, Poço Verde, Propriá, Riachuelo, Salgado, Santa Luzia do Itanhi, Santo Amaro das Brotas, São Francisco e Telha.

Estatística 3
Já Rogério Carvalho ganhou em 35 municípios: Aquidabã, Aracaju, Capela, Divina Pastora, Feira Nova, Frei Paulo, Gararu, General Maynard, Indiaroba, Itabaiana, Itabi, Lagarto, Laranjeiras, Macambira, Malhada dos Bois, Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora do Socorro, Pedrinhas, Pinhão, Pirambu, Poço Redondo, Porto da Folha, Riachão do Dantas, Ribeirópolis, Rosário do Catete, São Cristovão, São Domingos, São Miguel do Aleixo, Simão Dias, Siriri, Tobias Barreto Tomar do Geru e Umbaúba.

Dados
O Processo de Eleição Direta do PT foi realizado em 73 dos 75 municípios que o partido tem diretório municipal. Os dois que não realizaram eleição foram Santa Rosa de Lima e Moita Bonita.

Pesquisa
O ex-presidente da Vale, o empresário Roger Agnelli, criou uma empresa com negócios nas áreas de mineração, bioenergia e logística, a AGN, que está pesquisando potássio em Sergipe, segundo informou o empresário em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, de domingo, 10. Isso não tem a ver com o Projeto Carnalita ou as minas que a Vale exploram no Estado.

Concurso
O governador em exercício Jackson Barreto, em sua página no Facebook, anunciou que ainda nesta semana o projeto para o concurso da Polícia Militar será discutido e aprovado na Assembleia Legislativa. Explicou que a demora para votação do concurso é que o projeto dependia de outros que foram aprovados recentemente regulando a carreira dos militares.

Representação 1
O presidente eleito do Diretório Municipal do PPS de Malhador, Marcos Aurélio, elaborou ontem uma representação para a executiva nacional do partido pedindo a anulação da eleição do Diretório Estadual realizada na sexta-feira passada. Segundo ele, houve irregularidades no processo, sendo a mais grave a que permitiu que filiados que estão inadimplentes com o partido votassem e fossem votados. "Isso fere o art. 10 do estatuto do PPS", afirma, enfatizando que apenas oito dos 55 municípios onde o PPS existe oficialmente estão quites financeiramente.

Representação 2
Segundo Marcos Aurélio, ele já encaminhou ontem a representação para alguns diretórios visando coletar assinaturas e a expectativa é que até essa quarta-feira a encaminhe para a Executiva Nacional do PPS. No Congresso Estadual do partido, Marcos Andrade foi reeleito presidente e Nilson Lima secretário-geral.

Veja essa...
Rogério Carvalho acusou ontem Márcio Macedo de usar a doença do governador licenciado Marcelo Déda na sua campanha do Processo de Eleição Direta do PT (PED).

... e essa...
Márcio rebateu dizendo: "As declarações de Rogério demonstram arrogância e prepotência. Ele já vai baixando o nível do debate e agredindo. Não liguei pra Déda para pedir voto e nem fui visitá-lo pra pedir voto. Sou do mesmo campo político de Déda do PT, que é fundador do partido e tem o direito de escolher o candidato que tem o melhor perfil. Tenho muita honra de receber o voto dele. Peço que Rogério Carvalho respeite o momento de saúde do governador, mas lembre que Déda está doente, mas está vivo. Tem história dentro do PT e direito de exercer sua cidadania petista, pedir votos e expressar conceitos e opiniões. Rogério, respeite a história de Déda e a minha. Não cuspa no prato que comeu. O que Déda fez por você não fez por ninguém no PT".

Curtas
Jackson Barreto estava feliz da vida ontem. É que fez um check-up geral e o médico disse que ele estava com uma "saúde de menino".

O senador Valadares (PSB) e o ex-governador Albano Franco (PSDB) prestigiaram ontem o lançamento oficial do Pré-Caju 2014, pela manhã, na sede da Prefeitura de Aracaju.

A Comissão Mista de Orçamento se reúne hoje, às 14h30, para votar o relatório da receita à Proposta de Lei Orçamentária Anual (PLOA, PLN 9/13). O parecer do senador Eduardo Amorim (PSC) aumenta a receita primária líquida para o Orçamento de 2014 em R$ 12,1 bilhões. O texto foi entregue na última sexta-feira, 8.

Haverá segundo turno do PED em quatro municípios de Sergipe: Aracaju, Estância, Propriá e Riachuelo.

Rogério Carvalho já agendou para quinta-feira, no final da manhã, uma conversa com Ana Lúcia.