Uma reunião fraterna

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 03/09/2013 às 03:20:00

O governador em exercício Jackson Barreto saiu do apartamento que o governador Marcelo Déda está hospedado em São Paulo, onde faz tratamento contra câncer, no final da tarde de ontem, otimista com a boa recuperação de Déda e com aval para realizar as mudanças administrativas que considere necessárias enquanto durar a interinidade. Jackson fez questão de ressaltar que a conversa foi num clima de "amizade e respeito entre dois grandes aliados" e que dialogaram sobre tudo.

Toda a conversa foi presenciada pela primeira-dama Eliane Aquino e por Yasmin, uma das filhas de Déda do seu primeiro casamento. Jackson disse que conversaram sobre política nacional, local e, principalmente, problemas administrativos do Estado de Sergipe. O governador em exercício explicou que Déda vem acompanhando a situação e está plenamente informado do que vem acontecendo, "com a sua costumeira lucidez".

Apressado para conseguir chegar ao aeroporto de São Paulo a tempo de já estar hoje cedo em Aracaju, Jackson fez apenas comentários gerais sobre o encontro. Promete mais detalhes durante o dia de hoje quando pretende formatar as mudanças necessárias para adequar a máquina administrativa a nova realidade financeira do Estado.

Segundo Jackson, Marcelo Déda ficou muito entusiasmado com a decisão do ministro da Educação, Aloísio Mercadante, em aprovar a implantação do Campus da UFS no sertão sergipano, reivindicação histórica dos jovens sertanejos e que foi levada ao MEC na semana passada pelo governador em exercício. Recomendou pressa nas definições, para que os cursos estejam funcionando plenamente já em 2014.

O governador em exercício ainda não confirmou as mudanças que pretende fazer na estrutura do governo, mas todas as apostas continuam sendo em torno da substituição imediata do secretário interino da Fazenda, Oliveira Júnior, por um nome novo e que possa vir a dar maior dinamismo ao sistema arrecadador do Estado. Além de uma redução no número de cargos.

Jackson Barreto vem fazendo questão de dizer que as mudanças que pretende adotar não serão "contra o PT" ou qualquer partido aliado, mas ainda esta semana deverá anunciar os ajustes. Ele também já deixou agendados novos encontros com Déda, que se tornarão mais frequentes a partir de agora.

Expectativa
Antes da conversa que teve ontem à tarde com o governador Marcelo Déda (PT), o governador em exercício Jackson Barreto (PMDB) falou pelas redes sociais da sua expectativa com relação ao encontro. Disse que a conversa seria de amigos e de companheiros. "O primeiro assunto é a saúde do governador, depois conversaremos sobre política, administração e algumas medidas que precisamos tomar. As dificuldades financeiras do estado são enormes e precisamos ajustar as contas do estado. Será uma conversa de companheiros. O resto é fofoca".

Projeto
Ainda pelas redes sociais, Jackson agradeceu a todos os deputados que aprovaram o financiamento de R$ 66 milhões junto à Caixa Econômica Federal, para que o Governo do Estado possa atender a voz das ruas, melhorando a mobilidade urbana. "Vamos investir estes recursos em corredores especiais para o transporte coletivo urbano, na zona sul e principalmente na zona norte, indo ate a região metropolitana de Aracaju, Barra dos Coqueiros e Nossa Senhora do Socorro. Novas avenidas, novos corredores e mais mobilidade urbana", afirmou JB.

Conquista para o sertão
No final de semana, o deputado federal Rogério Carvalho, a deputada estadual Ana Lúcia, o prefeito Chico dos Correios e o vereador Flávio do PT participaram da reunião que discutiu a implantação do Campus da UFS no sertão, a ser implementado já no próximo ano como garantiu na semana passada o ministro Aloizio Mercadante (Educação) a Jackson Barreto. Na reunião, o reitor da UFS, Angelo Antoniolli, explicou as condições necessárias para a implantação e como a região deve mudar com a ida das engenharias agrárias.

Fogo inimigo
Depois de um longo período ausente na mídia, o senador Eduardo Amorim (PSC) e o deputado federal Rogério Carvalho (PSC) voltaram a conceder entrevistas nas emissoras de rádio. O foco vem sendo críticas ao Governo de Sergipe nas áreas de saúde, segurança pública, gastos com números de secretarias e despreocupação com o servidor público.
Gastos
"Estamos num momento de reflexão, onde as pessoas vivenciam a desesperança. Sergipe é o segundo, proporcionalmente, a gastar o orçamento com pessoal, são 58%. O Governo não sinaliza nenhuma atitude econômica e os servidores públicos acabam sofrendo as consequências. Salários atrasados, alto número de secretarias e gastos exorbitantes com comissionados, esse certamente é o Governo que mais se endividou", disparou o senador Amorim.

Sucessão
Como presidente do Diretório Estadual do PSC, André Moura vem defendendo que Eduardo Amorim lance seu nome para governador em 2014. Diz que essa não é só uma vontade política sua, mas dos membros do seu agrupamento político em Sergipe. Para o parlamentar, o povo nas ruas vem dando o seu recado, dizendo que quer mudanças e renovação política e  que o nome de Amorim representa isso.

Recurso
Rogério Carvalho vai recorrer junto ao Ministério Público Federal da decisão do Conselho Regional de Medicina paulista (Cremesp), onde é médico fiscal concursado desde a década de 1990, de interromper sua licença sem vencimentos para exercer mandato parlamentar e estabelecer prazo de três dias para retornar a função ou ser demitido. Avalia que o Cremesp comete crime de improbidade ao tomar essa decisão, uma vez que a lei permite que ele tire licença sem vencimento para exercer uma função pública. Na sua avaliação, essa posição é arbitrária e vergonhosa só por ser relator do "Mais Médicos", do Governo Federal.
Velho Chico 1
A comissão externa do Senado que acompanha as obras de transposição do Rio São Francisco promoveu debate em Serra Talhada, Pernambuco. Antes da audiência pública, realizada na Câmara Municipal de Serra Talhada, os parlamentares visitaram trechos da obra no município de Custódia. A comissão é formada por cinco senadores e cinco suplentes.

Velho Chico 2
Em 7 e 8 de março a delegação visitou obras da transposição no chamado eixo norte, ouvindo membros do governo federal, representantes de órgãos de controle e das empresas envolvidas na construção. Em 19 de abril a comissão visitou o eixo leste da obra, nas cidades de Floresta e Sertânia, em Pernambuco, e Monteiro, na Paraíba - naquela região, as obras começaram em 2008, mas apresentaram vários problemas que levaram a atrasos no cronograma. A expectativa é que até setembro de 2014 deverão ser entregues 100 km de canal com água.

Ambiente
Prefeitos de diversos municípios sergipanos, o deputado federal Márcio Macêdo, o deputado estadual João Daniel e Francisco Campelo, representante da ministra do Meio Ambiente, Isabella Teixeira, participaram ontem à noite, no CIC, da abertura da 4ª Conferência Estadual do Meio Ambiente, resíduos sólidos. O encontro vai formatar as 80 propostas de Sergipe, que serão levadas para a 4ª Conferência Nacional de Meio Ambiente promovida pelo Ministério do Meio Ambiente, a ser realizada em Brasília, no período de 24 a 27 de outubro deste ano.

Palanque
Na sessão de ontem da Assembleia Legislativa, enquanto o deputado Francisco Gualberto (PT) acusava a Rede Ilha de Rádio de ser um "palanque eletrônico" a favor da candidatura do senador Eduardo Amorim (PSC), sem nenhuma ação do Ministério Público, o deputado Venâncio Fonseca (PP) dizia que o governo também tinha o seu palanque radiofônico, que seria a Mega FM, "financiada pelo Estado". Gualberto completou: "Se for assim, os programas da Ilha também são financiados com dinheiro público, dinheiro da Assembleia Legislativa de Sergipe". A Rede Ilha mantém um contrato milionário com a Assembleia, estimado em R$ 110 mil mensais.

Veja essa...
Do ex-senador e ex-presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra: "A Globo reconhece erro em apoiar golpe de 1964. Ótimo! Agora só faltam a Guerra Fria, Diretas, Collor, demonização de Brizola e Lula, Flamengo..."

... e essa ...
Do deputado estadual Capitão Samuel (PSL) criticando indiretamente o prefeito João Alves (DEM) sobre o Rodando no Macio, que ainda não foi implantado: "Quem mora em Aracaju, independente de lado político, esta #Rodando no Buraco#".

Curtas
De Jackson Barreto sobre o fato de  governo ter pago dentro do mês a folha salarial dos servidores públicos, aposentados e pensionistas referente a agosto: "Muita gente estava espalhando boatos, mas pagamos os servidores dentro do mês".

O governador em exercício disse que até o dia 13 de setembro assinará e regulamentará a lei da isenção das motos de ate 125cc.  Revela que vai assinar a lei no sertão, em homenagem a juventude sertaneja.
A comissão especial que analisa a Proposta de Emenda à Constituição do voto aberto para perda de mandato parlamentar (PEC 196/12, do Senado) promove audiência pública hoje, às 14h30, no Plenário 11. Este deverá ser o único debate da comissão, que pretende votar a proposta no dia 1º de outubro.

Um influente político de Sergipe deve mais de R$ 10 milhões a um agiota de Itabaiana e não está conseguindo honrar as parcelas mensais.