Com Duda e Tainá, Sergipe é o novo campeão brasileiro de vôlei de praia

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A dupla sergipana Duda e Tainá conquistou o titulo brasileiro de vôlei de praia em Cabo Frio-RJ. Raul e Nason ficaram como vice campeões
A dupla sergipana Duda e Tainá conquistou o titulo brasileiro de vôlei de praia em Cabo Frio-RJ. Raul e Nason ficaram como vice campeões

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 14/05/2013 às 03:19:00

O Estado de Sergipe foi o grande destaque do Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia Sub-19, o Brasileiro de Seleções Estaduais da categoria, na etapa de Cabo Frio (RJ). No feminino, Duda e Tainá conquistaram o título de campeãs brasileiras. No masculino, Sergipe ficou com o segundo lugar, com a dupla formada por Raul/Nason.
Entre as mulheres, o domínio na arena montada na Praia do Forte foi de Duda/Tainá (SE), enquanto os capixabas Fernando e Vinícius sagraram-se campeões no masculino. A competição, que tem o apoio do Ministério dos Esportes, volta a entrar em cena entre 24 e 26 de maio, em Belo Horizonte (MG).

Campeãs - Duda e Tainá ratificaram o bom momento vivido pela dupla, que já havia vencido as duas etapas Verão do Circuito Banco do Brasil Sub-19, em João Pessoa (PB) e Brasília (DF), que serviram como um aquecimento para a temporada 2013. Não é à toa que as duas atletas fazem parte da seleção brasileira da categoria.
A conquista nas areias de Cabo Frio foi de forma invicta (seis vitórias em seis jogos), e elas não perderam nem sequer um set. Na final, as vítimas foram Aline e Larissa Nunes, do Rio Grande do Norte.
Depois de um primeiro set equilibrado, as sergipanas fecharam em 21/19. No segundo, valeu a maior experiência da dupla, que venceu com tranquilidade por 21/10, fechando o jogo em 2 a 0 e garantindo mais um título.
Entre os homens, a parceria que não tomou conhecimento dos adversários foi Fernando/Vinícius (ES), que chamou a atenção pela força e pela técnica apresentadas durante todo o torneio. Na decisão eles, venceram os sergipanos Raul/Nason (SE) por 2 a 1, só que de virada (13/21, 23/21 e 15/12), num dos jogos mais emocionantes e equilibrados do dia, que também durou 53 minutos. Para chegarem à decisão, os sergipanos eliminaram na semifinal os paraibanos Pedro e George, dois jogadores da seleção sub-19, com uma vitória de 2 a 0 (21/18 e 21/19).