Cinco presos com suspeita de coronavírus fogem do Compajaf

Geral


 

Gabriel Damásio
Cinco presos fugiram 
do Complexo Peni
tenciário Antônio Jacinto Filho (Compajaf), no bairro Santa Maria (zona sul de Aracaju),por volta das 4h desta quinta-feira. De acordo com a Secretaria de Justiça, Trabalho e Defesa do Consumidor (Sejuc), eles estavam detidos em um pavilhão afastado do presídio, dentro de um setor de isolamento, pois estavam com sintomas de coronavírus. No entanto, durante a madrugada, eles conseguiram acessar a parte externa do pavilhão e escaparam por ali mesmo. A fuga foi percebida no começo da manhã, poucas horas antes de os presos serem submetidos ao teste de detecção do coronavírus. 
De acordo com a direção da unidade, os internos foram identificados como Erisvaldo Cardoso Crispim, 26; Carlos Alberto Cassiano de Freitas, 35; Felizardo dos Santos Saraiva, 45; Aderaldo da Conceição Lima, 32; e Adriano de Jesus Santos, 38, o 'Adrianinho', famoso por cometer dezenas de assassinatos na região de Itabaiana (Agreste). Equipes das polícias Penal, Civil e Militar fizeram buscas pelos detentos em toda a capital, durante todo o dia. 
Uma perícia foi acionada pelo Departamento Estadual do Sistema Penitenciário (Desipe), para identificar como e em que circunstâncias a fuga aconteceu. Uma sindicância administrativa também deve ser instaurada para apurar o fato. Ainda de acordo com a Sejuc, o plano de contingência no período da pandemia está sendo aplicado em todo o sistema, com proibição ou controle das visitas externas. Esta foi a primeira fuga registrada no sistema prisional do estado em cerca de três anos e meio, período no qual não tinham sido mais registradas mais fugas nos presídios sergipanos.
Informações e denúncias que possam levar a recaptura dos foragidos devem ser repassadas pelo Disque-Denúncia (181), da Polícia Civil, ou pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), da Polícia Militar, no telefone 190.

Gabriel Damásio

Cinco presos fugiram  do Complexo Peni tenciário Antônio Jacinto Filho (Compajaf), no bairro Santa Maria (zona sul de Aracaju),por volta das 4h desta quinta-feira. De acordo com a Secretaria de Justiça, Trabalho e Defesa do Consumidor (Sejuc), eles estavam detidos em um pavilhão afastado do presídio, dentro de um setor de isolamento, pois estavam com sintomas de coronavírus. No entanto, durante a madrugada, eles conseguiram acessar a parte externa do pavilhão e escaparam por ali mesmo. A fuga foi percebida no começo da manhã, poucas horas antes de os presos serem submetidos ao teste de detecção do coronavírus. 
De acordo com a direção da unidade, os internos foram identificados como Erisvaldo Cardoso Crispim, 26; Carlos Alberto Cassiano de Freitas, 35; Felizardo dos Santos Saraiva, 45; Aderaldo da Conceição Lima, 32; e Adriano de Jesus Santos, 38, o 'Adrianinho', famoso por cometer dezenas de assassinatos na região de Itabaiana (Agreste). Equipes das polícias Penal, Civil e Militar fizeram buscas pelos detentos em toda a capital, durante todo o dia. 
Uma perícia foi acionada pelo Departamento Estadual do Sistema Penitenciário (Desipe), para identificar como e em que circunstâncias a fuga aconteceu. Uma sindicância administrativa também deve ser instaurada para apurar o fato. Ainda de acordo com a Sejuc, o plano de contingência no período da pandemia está sendo aplicado em todo o sistema, com proibição ou controle das visitas externas. Esta foi a primeira fuga registrada no sistema prisional do estado em cerca de três anos e meio, período no qual não tinham sido mais registradas mais fugas nos presídios sergipanos.
Informações e denúncias que possam levar a recaptura dos foragidos devem ser repassadas pelo Disque-Denúncia (181), da Polícia Civil, ou pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), da Polícia Militar, no telefone 190.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS