Menino de 11 anos morre baleado em Pirambu; dois irmãos são feridos

Cidades

 

Um menino de 11 anos morreu e outros dois rapazes que eram irmãos dele ficaram feridos, após um ataque a tiros ocorrido por volta das 19h30 desta segunda-feira, em Pirambu (Litoral Norte). O crime aconteceu no bairro conhecido como 'Invasão Nova Canaã', na periferia da cidade.O secretário municipal de Defesa Social de Pirambu, Álvaro Bento dos Santos,relatou que os irmãos estavam na porta da casa e foram abordados por três homens encapuzados, os quais tiveram uma "ríspida e rápida" discussão com um dos envolvidos. Em seguida, os criminosos sacaram suas armas e atiraram várias vezes. 
O garoto mais novo, Riquelme Santos Pereira, foi baleado na cabeça e morreu na hora. Os outros rapazes, Kelvin Ruan Santos Pereira, 14, e Vitor Manoel dos Santos, 19, foram atingidos nas pernas e nos braços, com dois tiros cada. Eles foram levados para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), onde permaneceram internados até o fechamento desta edição. 
Equipes da Polícia Militar e da Guarda Municipal de Pirambu foram chamadas ao local. Os três atiradores correram para um matagal logo após o crime, e não foram mais encontrados. Também não há ainda nenhuma confirmação sobre a motivação do crime. A Delegacia de Pirambu já começou a investigar o caso.
Capela -Policiais da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci), da Delegacia de Capela e do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM) localizaram nesta segunda-feira o ex-presidiário Iago de Jesus Souza, 20 anos, que morreu em confronto ocorrido no povoado Terra Dura, em Capela (Vale do Cotinguiba). Ele era suspeito de chefiar parte do tráfico de drogas na localidade conhecida como 'Sukitão'.
De acordo com o delegado Wanderson Bastos, as equipes foram cumprir o mandado de prisão que existia contra ele. Durante o cerco policial, Iago reagiu e atirou contra os policiais. Houve confronto. O suspeito foi atingido, socorrido, mas morreu logo em seguida.Ele também era investigado pelo envolvimento em homicídios relacionados à disputa pelo tráfico de drogas. Com o suspeito, a polícia apreendeu uma arma de fogo, que será periciada.

Um menino de 11 anos morreu e outros dois rapazes que eram irmãos dele ficaram feridos, após um ataque a tiros ocorrido por volta das 19h30 desta segunda-feira, em Pirambu (Litoral Norte). O crime aconteceu no bairro conhecido como 'Invasão Nova Canaã', na periferia da cidade.O secretário municipal de Defesa Social de Pirambu, Álvaro Bento dos Santos,relatou que os irmãos estavam na porta da casa e foram abordados por três homens encapuzados, os quais tiveram uma "ríspida e rápida" discussão com um dos envolvidos. Em seguida, os criminosos sacaram suas armas e atiraram várias vezes. 
O garoto mais novo, Riquelme Santos Pereira, foi baleado na cabeça e morreu na hora. Os outros rapazes, Kelvin Ruan Santos Pereira, 14, e Vitor Manoel dos Santos, 19, foram atingidos nas pernas e nos braços, com dois tiros cada. Eles foram levados para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), onde permaneceram internados até o fechamento desta edição. 
Equipes da Polícia Militar e da Guarda Municipal de Pirambu foram chamadas ao local. Os três atiradores correram para um matagal logo após o crime, e não foram mais encontrados. Também não há ainda nenhuma confirmação sobre a motivação do crime. A Delegacia de Pirambu já começou a investigar o caso.

Capela -Policiais da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci), da Delegacia de Capela e do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM) localizaram nesta segunda-feira o ex-presidiário Iago de Jesus Souza, 20 anos, que morreu em confronto ocorrido no povoado Terra Dura, em Capela (Vale do Cotinguiba). Ele era suspeito de chefiar parte do tráfico de drogas na localidade conhecida como 'Sukitão'.
De acordo com o delegado Wanderson Bastos, as equipes foram cumprir o mandado de prisão que existia contra ele. Durante o cerco policial, Iago reagiu e atirou contra os policiais. Houve confronto. O suspeito foi atingido, socorrido, mas morreu logo em seguida.Ele também era investigado pelo envolvimento em homicídios relacionados à disputa pelo tráfico de drogas. Com o suspeito, a polícia apreendeu uma arma de fogo, que será periciada.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS