PM realiza fiscalização sobre circulação do transporte interestadual

Geral


  • ACESSO DE ÔNIBUS INTERESTADUAIS ESTÁ PROÍBIDO NO ESTADO

  • As barreiras estão em todas as divisas do estado

 

Em cumprimento ao Decreto Governamental que proíbe a entrada de veículos de transporte de passageiros vindo de outros estados em Sergipe, a Polícia Militar tem feito fiscalizações e orientado condutores e passageiros sobre a proibição. Os bloqueios estão sendo feitos pela instituição em sete pontos do estado, onde há rodovias e também transporte de balsas, nas cidades de Tobias Barreto, Simão Dias, Canindé de São Francisco, Poço Redondo, Poço Verde, Indiaroba e Neópolis.
Segundo o coronel Fábio Rolemberg, comandante do policiamento militar do interior (CPMI), não foram registrados grandes incidentes durante o cumprimento do decreto publicado na última sexta-feira, 20.  "A operação vem se desencadeando desde às 0h do dia 23, e até o momento não tivemos registros significativos. Os policiais estão trabalhando mais visando a conscientização do que a repressão", explicou.
Apenas casos pontuais foram registrados. "Não tivemos registro de ônibus de linha tentando entrar nas divisas do estado pelas rodovias estaduais. Alguns veículos como vans e microônibus foram orientados no tocante ao cumprimento deste decreto, entenderam e retornaram aos respectivos municípios, em seus devidos estados", citou.

Em cumprimento ao Decreto Governamental que proíbe a entrada de veículos de transporte de passageiros vindo de outros estados em Sergipe, a Polícia Militar tem feito fiscalizações e orientado condutores e passageiros sobre a proibição. Os bloqueios estão sendo feitos pela instituição em sete pontos do estado, onde há rodovias e também transporte de balsas, nas cidades de Tobias Barreto, Simão Dias, Canindé de São Francisco, Poço Redondo, Poço Verde, Indiaroba e Neópolis.
Segundo o coronel Fábio Rolemberg, comandante do policiamento militar do interior (CPMI), não foram registrados grandes incidentes durante o cumprimento do decreto publicado na última sexta-feira, 20.  "A operação vem se desencadeando desde às 0h do dia 23, e até o momento não tivemos registros significativos. Os policiais estão trabalhando mais visando a conscientização do que a repressão", explicou.
Apenas casos pontuais foram registrados. "Não tivemos registro de ônibus de linha tentando entrar nas divisas do estado pelas rodovias estaduais. Alguns veículos como vans e microônibus foram orientados no tocante ao cumprimento deste decreto, entenderam e retornaram aos respectivos municípios, em seus devidos estados", citou.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS