Conflitos nos partidos

Rita Oliveira


 

Segundo o senador Rogério Carvalho a bancada do PT no Senado acionou ontem Ministério Público Federal para abrir um inquérito e investigar "fraude" nas eleições anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro. Revela que foi feita uma representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que se manifeste diante das graves acusações do Bolsonaro.
"Fraude é a sua eleição ganha com fake News e sem participar de debates. Fraude é fazer conluio com um juiz para perseguir o líder nas pesquisasse dar um ministério como recompensa. Fraude é a sua política econômica, que está levando fome e miséria aos brasileiros. Fraude é você Bolsonaro", afirma Rogério.

Segundo o senador Rogério Carvalho a bancada do PT no Senado acionou ontem Ministério Público Federal para abrir um inquérito e investigar "fraude" nas eleições anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro. Revela que foi feita uma representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que se manifeste diante das graves acusações do Bolsonaro.
"Fraude é a sua eleição ganha com fake News e sem participar de debates. Fraude é fazer conluio com um juiz para perseguir o líder nas pesquisasse dar um ministério como recompensa. Fraude é a sua política econômica, que está levando fome e miséria aos brasileiros. Fraude é você Bolsonaro", afirma Rogério.

 

Conflitos nos partidos

Neste período de janela partidária para vereador alguns em Aracaju estão tendo problemas para disputar a reeleição por motivos diversos. Vinícius Porto, por exemplo, que já deixou o DEM, está enfrentando resistência para se filiar ao PDT, que será o partido do prefeito Edvaldo Nogueira a partir do próximo dia 23 de março.

A resistência a seu ingresso no partido vem de pelo menos três dos quatro vereadores que bateram o martelo há seis meses para filiação ao PDT: Isac (PCdoB), Anderson de Tuca (PRTB) e Seu Marcos (PHS). Esses três vereadores, mais o Thiaguinho Batalha (PMB), junto com o presidente do Diretório Municipal, vereador Jason Neto, já tinham fechado entendimento de que não aceitariam mais ninguém com mandato se filiar a sigla.

Fez parte do acordo para o prefeito Edvaldo se filiar ao PDT que ficaria com o comando do partido em Aracaju. Assim sendo, ele deseja que o seu líder na Câmara Municipal, Vinícius Porto, ingresse na legenda.

Com isso, Isac, Anderson e Seu Marcos já externaram ao ainda presidente do PDT em Aracaju, Jason Neto, a possibilidade de deixarem de se filiar a legenda se for confirmada mesmo a filiação de Vinícius ao PDT. Nada pessoal contra o vereador, mas ao seu cacife eleitoral e ao fato de, com a nova legislação eleitoral, quanto mais parlamentar com mandato em uma legenda menor a possibilidade de eleger um número maior de candidatos.

Ainda esta semana Jason Neto e o presidente do Diretório Estadual do PDT, deputado federal Fábio Henrique, devem se reunir com o prefeito para definir esse impasse.

Quem também está enfrentando problemas para permanecer no partido é o vereador Carlito Alves. Isso porque mulheres pré-candidatas a vereadora pelo PRB, hoje Republicanos, não aceitam que ele permaneça na legenda por entenderem que não tem "reserva moral" para disputar a reeleição pelo partido, por ser vinculado a igreja e a família.

A rejeição das pré-candidatas do Republicanos ao vereador, que já foi expulso da Igreja Universal como pastor,  tem a ver com o seu envolvimento no escândalo de pedofilia, que mesmo podendo ter sido um crime cibernético mostrou o seu comportamento sexual indecente pelas redes sociais com uma suposta menor de idade.

Acham que o episódio, com fotos íntimas encaminhadas pelo vereador para a suposta menor, foi um escândalo que abalou a sociedade, a igreja e desmoralizou a Câmara Municipal de Aracaju que não o levou para Comissão de Ética.

Algumas pré-candidatas até ameaçam retirar suas pré-candidaturas se Alves permanecer no partido, o que prejudicaria a legenda. Isso porque, pela legislação eleitoral, para cada saída de uma mulher é preciso que seja retirada a pré-candidatura de dois homens. Ou seja, se as 12 pré-candidatas do Republicanos desistirem da eleição por conta do vereador o partido terá que retirar da disputa 24 pré-candidatos homens, o que inviabilizaria totalmente a sigla nas eleições deste ano.

Trocando em miúdos, nesse período de janela partidária, cujo prazo vai até  4 de abril para que o vereador mude de partido sem correr o risco de perder o mandato, as legendas que estão enfrentando um maior conflitos interno são PDT e Republicanos em Aracaju.

Ciente do problema

O presidente estadual do Republicanos, ex-deputado federal Jony Marcos, disse à coluna que tem conhecimento da insatisfação das pré-candidatas a vereadora do partido com relação a permanência do vereador Carlito Alves na legenda.  Todavia, diz que só poderá adotar algumas medidas se elas formalizarem oficialmente essa posição junto ao partido.

Impasse

Segundo Jony, havendo a formalização oficial ele terá que comunicar o fato à Executiva Nacional do partido e ver que providências adotar. Entende que "moralmente" o vereador Alves pode ser expulso do Republicanos, mas juridicamente ele pode escapar da expulsão por falta de embasamento jurídico já que até o momento não foi apontado nem pela polícia nem por algum órgão como uma pessoa envolvida em um crime de pedofilia. Enfatiza que por ter mandato ele pode requerer o direito de disputar a reeleição.

Cautela

Enfatiza que na próxima sexta-feira haverá reunião geral com os pré-candidatos a vereador do seu partido, com esse assunto devendo entrar na pauta. Avalia que a expulsão de Carlito Alves pode não ser o melhor caminho por dar motivo para que procure os meios de comunicação para "pousar de vítima" e agredir a legenda.  "Temos que agir com prudência", defende.

Probabilidade

Carlito Alves, apesar de negar, pode desistir de disputar a reeleição e lançar seu filho Israel Novaes como pré-candidato a vereador de Aracaju. Ele já está filiado ao Avante.   

Ponto de vista

Um pré-candidato a vereador do Republicano disse à coluna que defende que o vereador Alves dispute a reeleição. "Ele não terá 300 votos. Foi eleito pela igreja, que nas eleições deste ano não mais o apoiará. A igreja vai apoiar os pastores Eduardo e Cláudio", afirmou, enfatizando que Carlito Alves não é mais pastor da Universal e só está querendo um "pé para justificar a derrota que deverá ter em outubro deste ano". Lembra que em 2000 o vereador pastor Zé Paz, que era carismático e não se envolveu em nenhum escândalo, perdeu a reeleição após brigar com a igreja.

Martelo batido

O ex-governador Jackson Barreto (MDB) já decidiu que vai apoiar a reeleição do prefeito Edvaldo Nogueira ao invés de caminhar com o PT do ex-presidente Lula, que tem o vice-presidente nacional da legenda, Márcio Macedo, como pré-candidato a prefeito. De volta de viagem, JB terá uma conversa até hoje com ele sobre as eleições.

O vice

Jackson dirá que o vice da sua simpatia é o ex-deputado estadual Robson Viana (PSD).  Robson, inclusive, já teve uma conversa nesse sentido com o deputado federal Fábio Mitidieri e o próprio Edvaldo. Ainda esta semana ele tentará uma conversa com o governador Belivaldo Chagas visando consolidar seu nome.  

Fake News 1

Segundo o advogado José Rollemberg Leite Neto, o governador Belivaldo Chagas (PSD) e a vice-governadora Eliane Aquino (PT) não serão afastados dos cargos como circula nas redes sociais após decisão do ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Sérgio Silveira Banhos, na última quinta-feira, 5, sobre o recurso ordinário. Diz que a decisão monocrática do ministro relator é considerada natural.

Fake News 2

Segundo o advogado de Belivaldo, o ministro Banhos indeferiu o pedido de efeito suspensivo da decisão condenatória do TRE-SE por considerar que "não havia nenhuma motivação para a concessão do efeito suspensivo, uma vez que o efeito suspensivo é automático".  Ainda, segundo a defesa "o governador Belivaldo Chagas tem todo interesse que esse fato seja devidamente esclarecido e que o processo seja julgado o mais rápido possível".

Jefferson no ODS 1

Na manhã de ontem o presidente municipal do PT e pré-candidato a vereador por Aracaju, Jefferson Lima, participou do Encontro Estadual dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), realizado na reitoria da UFS. O intuito do evento é levantar questões como acabar com a pobreza, a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável, entre outros.

Jefferson no ODS 2

"A nossa cidade Aracaju precisa adotar a nova agenda de desenvolvimento sustentável, junto a sociedade civil e outros parceiros para aproveitar o impulso gerado pelos ODM e levar à frente uma agenda de desenvolvimento. O cumprimento dos objetivos é muito importante para promover a prosperidade e o bem-estar para todos, proteger o meio ambiente e enfrentar as mudanças climáticas", pontuou Jefferson.

No interior

De Simão Dias chega a informação de que o PSC deverá apresentar o nome do empresário Epifânio Rocha para disputar a prefeitura do município este ano, apesar de haver outros nomes aptos a disputa como o do vice prefeito Aloízio Viana.  Se concretizando a informação essa será a terceira disputa na terra dos Capa Bodes entre o PSC x PSB. 

Veja essa ...

Tem um vereador de Aracaju que não tem uma casa própria para morar e está devendo uma pequena fortuna a agiotas, tendo, inclusive, entregue um carro de sua propriedade na semana passada como parte do pagamento da sua dívida, que contraiu após investimento que não deu certo no ramo da beleza.

Curtas

A coluna recebeu informações de que a pré-candidata a prefeita de Aracaju, delegada Danielle Garcia, teria convidado o ex-deputado federal Jony Marcos (Republicano) para ser o seu vice.

Acontecerá nessa quinta-feira, às 16h, a inauguração da sede do Avante Sergipe, com a presença do presidente nacional da legenda Luis Tibé. A sigla, que funcionará na Rua Zaqueu Brandão, será comandada no estado por Clóvis Silveira.

Revela Clovis que ainda está formando os pré-candidatos a vereador de Aracaju pelo Avante e que entre os nomes já definido está o ex-deputado estadual Morito Matos.

Enfatiza Clovis, que também comanda o PSC Municipal, que a legenda já definiu que apoiará o prefeito Edvaldo Nogueira e que o Avante deverá seguir o mesmo caminho nas eleições deste ano.  

O Rede também caminha para apoiar a reeleição de Edvaldo Nogueira.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS