Treinamento de GR reúne atletas e treinadores

Esporte

 

Em iniciativa inédita na história da Ginástica Rítmica do Brasil, começou em Aracaju, o primeiro estágio de treinamento da modalidade no país. Organizado pela CBG (Confederação Brasileira de Ginástica), o evento acontece no Centro Nacional de Treinamento, vai até o próximo dia 18 e contará com a presença de 45 ginastas e 30 treinadores das categorias pré-infantil, infantil e juvenil.
Para a presidente da CBG, Luciene Resende, trata-se de uma oportunidade única. "Estamos reunindo as atletas e treinadores das categorias de base que mais se destacaram nos campeonatos nacionais e internacionais desta temporada. Assim, realizaremos um mapeamento completo destes novos talentos da Ginástica Rítmica, e ao mesmo tempo capacitaremos treinadores participantes, para que esses possam levar o conhecimento adquirido para suas entidades", afirmou Luciene Resende.
Coordenadora do estágio, Márcia Aversani, dá mais detalhes sobre este inédito período de treinamento. "Foram convocadas todas as ginastas medalhistas no ano, em campeonatos nacionais e internacionais, na prova geral ou por aparelhos. Além disso, foram convidadas as ginastas que ficaram do 4º ao 10º lugar no resultado geral dos campeonatos brasileiros realizados neste ano. Teremos ainda o conjunto juvenil que representou o nosso país no Campeonato Pan-Americano, no Sul-Americano e no primeiro Mundial juvenil, que aconteceu em Moscou, no mês de julho", explicou.

Em iniciativa inédita na história da Ginástica Rítmica do Brasil, começou em Aracaju, o primeiro estágio de treinamento da modalidade no país. Organizado pela CBG (Confederação Brasileira de Ginástica), o evento acontece no Centro Nacional de Treinamento, vai até o próximo dia 18 e contará com a presença de 45 ginastas e 30 treinadores das categorias pré-infantil, infantil e juvenil.
Para a presidente da CBG, Luciene Resende, trata-se de uma oportunidade única. "Estamos reunindo as atletas e treinadores das categorias de base que mais se destacaram nos campeonatos nacionais e internacionais desta temporada. Assim, realizaremos um mapeamento completo destes novos talentos da Ginástica Rítmica, e ao mesmo tempo capacitaremos treinadores participantes, para que esses possam levar o conhecimento adquirido para suas entidades", afirmou Luciene Resende.
Coordenadora do estágio, Márcia Aversani, dá mais detalhes sobre este inédito período de treinamento. "Foram convocadas todas as ginastas medalhistas no ano, em campeonatos nacionais e internacionais, na prova geral ou por aparelhos. Além disso, foram convidadas as ginastas que ficaram do 4º ao 10º lugar no resultado geral dos campeonatos brasileiros realizados neste ano. Teremos ainda o conjunto juvenil que representou o nosso país no Campeonato Pan-Americano, no Sul-Americano e no primeiro Mundial juvenil, que aconteceu em Moscou, no mês de julho", explicou.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS