Prefeitura de Carmópolis vai leiloar teleférico

Geral


  • O teleférico será leiloado na próxima semana

Milton Alves Júnior
Depois de dez anos parado, o teleférico que foi erguido no município sergipano de Carmópolis em 2008 prometendo impulsionar o turismo na região, será leiloado na semana que vem, conforme oficializado na manhã de ontem pela gestão municipal. Alegando não possuir condições de arcar mensalmente com os custos de manutenção, o prefeito Alberto Narcizo da Cruz Neto - Beto Caju -, informou ao JORNAL DO DIA que essa decisão em terceirizar a responsabilidade do equipamento foi debatido e posteriormente aprovado em diálogo realizado com o Ministério Público Estadual (MPE). Sobre o leilão, o lance inicial começa em R$ 250 mil.

O teleférico de 6.434,14 metros linear, com estação para embarque no Parque das Mangueiras, e desembarque no Largo do Carmelo, segundo o prefeito, apresenta indícios de vulnerabilidade capaz de gerar acidentes a pedestres que transitam pelo local. "A venda desses equipamentos vai retirar a necessidade de a prefeitura bancar a manutenção, de um dinheiro que infelizmente não possuímos, e certamente será removido dessa área. Todo o trâmite está sendo acompanhado pelo Ministério Público a fim de proporcionar o máximo de lisura nesse processo de venda", declarou o prefeito que em nota oficial emitida pelo poder executivo alegou ainda que:

 "o custo para realizar a restruturação do teleférico não compensa para o município, e entendemos que, para o bem de toda população, o teleférico precisa ser retirado do local", concluiu. No que se refere ao processo público, o leilão acontecerá na próxima sexta-feira, dia 20 de dezembro, a partir das 10h, na Avenida José Amado Alves SN (em frente ao Fórum da cidade). A Prefeitura de Carmopólis informa ainda que a oferta de lances pode ser realizada por qualquer cidadão desde que não seja servidor público deste município. O resultado do lance será oficializado imediatamente após a realização do pagamento; todos os dados referentes a possível aquisição por meio de leilão serão publicado no diário oficial.

Milton Alves Júnior

Depois de dez anos  parado, o teleférico  que foi erguido no município sergipano de Carmópolis em 2008 prometendo impulsionar o turismo na região, será leiloado na semana que vem, conforme oficializado na manhã de ontem pela gestão municipal. Alegando não possuir condições de arcar mensalmente com os custos de manutenção, o prefeito Alberto Narcizo da Cruz Neto - Beto Caju -, informou ao JORNAL DO DIA que essa decisão em terceirizar a responsabilidade do equipamento foi debatido e posteriormente aprovado em diálogo realizado com o Ministério Público Estadual (MPE). Sobre o leilão, o lance inicial começa em R$ 250 mil.

O teleférico de 6.434,14 metros linear, com estação para embarque no Parque das Mangueiras, e desembarque no Largo do Carmelo, segundo o prefeito, apresenta indícios de vulnerabilidade capaz de gerar acidentes a pedestres que transitam pelo local. "A venda desses equipamentos vai retirar a necessidade de a prefeitura bancar a manutenção, de um dinheiro que infelizmente não possuímos, e certamente será removido dessa área. Todo o trâmite está sendo acompanhado pelo Ministério Público a fim de proporcionar o máximo de lisura nesse processo de venda", declarou o prefeito que em nota oficial emitida pelo poder executivo alegou ainda que:

 "o custo para realizar a restruturação do teleférico não compensa para o município, e entendemos que, para o bem de toda população, o teleférico precisa ser retirado do local", concluiu. No que se refere ao processo público, o leilão acontecerá na próxima sexta-feira, dia 20 de dezembro, a partir das 10h, na Avenida José Amado Alves SN (em frente ao Fórum da cidade). A Prefeitura de Carmopólis informa ainda que a oferta de lances pode ser realizada por qualquer cidadão desde que não seja servidor público deste município. O resultado do lance será oficializado imediatamente após a realização do pagamento; todos os dados referentes a possível aquisição por meio de leilão serão publicado no diário oficial.





COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS