Dragão adota nova política de acesso ao Sabino

Esporte

 

Diante das mudanças que o Confiança vem sofrendo, como forma de se estruturar para a próxima temporada, a diretoria proletária resolveu também adotar algumas mudanças na administração. Entre os pontos que serão modificados neste primeiro momento, está a política de acesso ao Estádio Sabino Ribeiro, sede do clube. 
Antes, os portões do Sabino ficavam abertos durante treinos do time profissional e das categorias de base. A partir de agora, o clube fará o controle do acesso das pessoas que desejem ingressar no estádio. Somente funcionários do clube e da diretoria poderão ter acesso livre ao local, enquanto a imprensa só poderá ingressar em horários determinados e alinhados com a assessoria de comunicação do clube.
Como o serviço de atendimento aos sócios torcedores Dragão Maior, continua ocorrendo no Sabino, os associados poderão ingressar para o atendimento, com a vigilância do clube analisando caso a caso. Os treinos, tanto dos profissionais como das categorias de base serão fechados na maioria dos casos, com o clube promovendo treinos abertos em algumas situações. 
Segundo o presidente, Hyago França, essa medida se alinha com práticas adotadas por grandes clubes no Brasil. "Realizamos visitas em vários times e percebemos que é feito um controle total nos locais de treinamento e administração. É preciso lembrar que o Sabino Ribeiro é o nosso Centro de Treinamento, por isso resolvemos seguir esse modelo", afirma.
O dirigente proletário destaca que nenhum clube de Série A e B hoje permite o livre acesso aos locais de treino. Além disso, a medida colabora com a segurança dentro do Sabino Ribeiro. "Estamos promovendo reformas em todos os sentidos e queremos fazer o Confiança cada vez maior. Por isso, precisamos seguir essas medidas em nossa segurança também", argumenta.

Diante das mudanças que o Confiança vem sofrendo, como forma de se estruturar para a próxima temporada, a diretoria proletária resolveu também adotar algumas mudanças na administração. Entre os pontos que serão modificados neste primeiro momento, está a política de acesso ao Estádio Sabino Ribeiro, sede do clube. 
Antes, os portões do Sabino ficavam abertos durante treinos do time profissional e das categorias de base. A partir de agora, o clube fará o controle do acesso das pessoas que desejem ingressar no estádio. Somente funcionários do clube e da diretoria poderão ter acesso livre ao local, enquanto a imprensa só poderá ingressar em horários determinados e alinhados com a assessoria de comunicação do clube.
Como o serviço de atendimento aos sócios torcedores Dragão Maior, continua ocorrendo no Sabino, os associados poderão ingressar para o atendimento, com a vigilância do clube analisando caso a caso. Os treinos, tanto dos profissionais como das categorias de base serão fechados na maioria dos casos, com o clube promovendo treinos abertos em algumas situações. 
Segundo o presidente, Hyago França, essa medida se alinha com práticas adotadas por grandes clubes no Brasil. "Realizamos visitas em vários times e percebemos que é feito um controle total nos locais de treinamento e administração. É preciso lembrar que o Sabino Ribeiro é o nosso Centro de Treinamento, por isso resolvemos seguir esse modelo", afirma.
O dirigente proletário destaca que nenhum clube de Série A e B hoje permite o livre acesso aos locais de treino. Além disso, a medida colabora com a segurança dentro do Sabino Ribeiro. "Estamos promovendo reformas em todos os sentidos e queremos fazer o Confiança cada vez maior. Por isso, precisamos seguir essas medidas em nossa segurança também", argumenta.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS