Aluno do Atheneu Sergipense é selecionado para intercâmbio nos Estados Unidos

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Esdras representará Sergipe no Programa Jovens Embaixadores
Esdras representará Sergipe no Programa Jovens Embaixadores


Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 31/10/2019 às 23:06:00

 

A Embaixada dos Estados Unidos divulgou na quarta-feira (30), os nomes dos 50 alunos de todo o Brasil selecionados para participar do intercâmbio nos Estados Unidos através do Programa Jovens Embaixadores 2020. Entre eles, o jovem Esdras Santos Góis, estudante do 3º ano do ensino médio integral do Centro de Excelência Atheneu Sergipense, representará Sergipe no intercâmbio, que acontecerá no período de 10 a 29 de janeiro de 2020.
 Natural do município de Itaporanga d´Ajuda, Esdras está atualmente terminando o 3º ano e pretende fazer o Enem para o curso de Medicina. Dominando a língua inglesa com grande fluência, ele confessa que nunca frequentou cursos de idioma, tendo aprendido o inglês sozinho por meio de jogos e filmes.
"Aprendi a falar inglês sozinho. Estou imerso nessa língua desde a infância. Comecei a aprender com jogos eletrônicos e assistindo a séries e filmes. Recentemente até dei aulas de inglês. Foi tudo de maneira autodidata", explica. Saber falar o idioma norte-americano é um dos pré-requisitos para participar do Jovens Embaixadores. Outro critério utilizado para a seleção é a participação dos candidatos em projetos de voluntariado. Esdras faz parte de uma ação voltada para o meio ambiente, em que ensina outras pessoas a reciclar materiais descartáveis.
Com esta conquista, Esdras reforçou a importância da educação pública. "Quando se dá aos estudantes uma oportunidade dessas, melhora a comunidade ao redor em que ele vive, pois quando se leva esse jovem a um intercâmbio, além de formar nele valores como o protagonismo e o empreendedorismo social, traz essa cultura para os outros jovens do seu entorno", disse.
 
Intercâmbio - Durante o intercâmbio promovido pela Embaixada dos Estados Unidos, Esdras ficará uma semana hospedado em uma casa de família americana e duas semanas em outras cidades, participando de atividades como oficinas de liderança, projetos de empreendimentos sociais, reuniões com representantes do governo estadunidense, visitas a pontos turísticos, aulas em escolas daquele país para aprimorar o idioma, entre outras.

A Embaixada dos Estados Unidos divulgou na quarta-feira (30), os nomes dos 50 alunos de todo o Brasil selecionados para participar do intercâmbio nos Estados Unidos através do Programa Jovens Embaixadores 2020. Entre eles, o jovem Esdras Santos Góis, estudante do 3º ano do ensino médio integral do Centro de Excelência Atheneu Sergipense, representará Sergipe no intercâmbio, que acontecerá no período de 10 a 29 de janeiro de 2020.
 Natural do município de Itaporanga d´Ajuda, Esdras está atualmente terminando o 3º ano e pretende fazer o Enem para o curso de Medicina. Dominando a língua inglesa com grande fluência, ele confessa que nunca frequentou cursos de idioma, tendo aprendido o inglês sozinho por meio de jogos e filmes.
"Aprendi a falar inglês sozinho. Estou imerso nessa língua desde a infância. Comecei a aprender com jogos eletrônicos e assistindo a séries e filmes. Recentemente até dei aulas de inglês. Foi tudo de maneira autodidata", explica. Saber falar o idioma norte-americano é um dos pré-requisitos para participar do Jovens Embaixadores. Outro critério utilizado para a seleção é a participação dos candidatos em projetos de voluntariado. Esdras faz parte de uma ação voltada para o meio ambiente, em que ensina outras pessoas a reciclar materiais descartáveis.
Com esta conquista, Esdras reforçou a importância da educação pública. "Quando se dá aos estudantes uma oportunidade dessas, melhora a comunidade ao redor em que ele vive, pois quando se leva esse jovem a um intercâmbio, além de formar nele valores como o protagonismo e o empreendedorismo social, traz essa cultura para os outros jovens do seu entorno", disse.

Intercâmbio - Durante o intercâmbio promovido pela Embaixada dos Estados Unidos, Esdras ficará uma semana hospedado em uma casa de família americana e duas semanas em outras cidades, participando de atividades como oficinas de liderança, projetos de empreendimentos sociais, reuniões com representantes do governo estadunidense, visitas a pontos turísticos, aulas em escolas daquele país para aprimorar o idioma, entre outras.