Presidente em exercício destaca esforços para limpar praias

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 24/10/2019 às 23:09:00

 

Em visita à cidade para verificar a situação dos locais atingidos pelo derramamento de petróleo bruto, Alcolumbre destacou que a presença do governo federal em Aracaju representa o "reconhecimento ao empenho de todos os envolvidos no enfrentamento ao desastre ambiental".
"Nossa presença aqui é a presença do Estado brasileiro. Não poderia deixar de vir ao Nordeste neste momento. Vim acompanhar esta tragédia ambiental que afetou essa região. É uma visita para reconhecer a importância do turismo e o impacto do desastre no Nordeste. Aproveito para cumprimentar todos os prefeitos que, mesmo com dificuldades, estão fazendo o dever de casa, além dos governadores que também estão atuando", afirmou o presidente em exercício que foi recepcionado pelo prefeito Edvaldo Nogueira e pelo governador de Sergipe, Belivaldo Chagas.
Assim que chegou à cidade, Alcolumbre foi levado à praia de Aruana pelo gestor municipal e pelo governador, para verificar de perto as manchas que continuam chegando em todo o litoral. O presidente em exercício estava acompanhado pelos senadores sergipanos Alessandro Vieira, Rogério Carvalho e Maria do Carmo, e pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. De lá, a comitiva seguiu para o Palácio dos Despachos, e no local, debateu sobre as ações de combate ao desastre ambiental. O presidente em exercício também aproveitou a oportunidade para assinar o decreto para prorrogação do seguro-defeso, que garantirá a 60 mil pescadores, afetados pelas manchas no Nordeste, parcela extra do benefício.
"Foi uma decisão do governo para proteger os pescadores do Nordeste. Estamos garantindo a eles os recursos do fundo de amparo ao trabalhador, por mais 60 dias. É uma maneira de socorrer homens e mulheres que tiram seu sustento da pesca no Nordeste", destacou o senador que se comprometeu ainda a encaminhar a medida provisória para liberar recursos para Municípios e Estados contratarem pessoal para atuar na limpeza das praias.
Alcolumbre enfatizou também que o momento exige a união de todos. "Queremos avançar na mitigação dos danos. O correto é todos darmos as mãos para diminuir o impacto desta tragédia ambiental. Eu acredito que o encaminhamento possível é editar uma medida provisória para garantir que Estados e Prefeituras consigam efetivamente limpar os locais, com, por exemplo, a contratação de pessoal", avaliou.

Em visita à cidade para verificar a situação dos locais atingidos pelo derramamento de petróleo bruto, Alcolumbre destacou que a presença do governo federal em Aracaju representa o "reconhecimento ao empenho de todos os envolvidos no enfrentamento ao desastre ambiental".
"Nossa presença aqui é a presença do Estado brasileiro. Não poderia deixar de vir ao Nordeste neste momento. Vim acompanhar esta tragédia ambiental que afetou essa região. É uma visita para reconhecer a importância do turismo e o impacto do desastre no Nordeste. Aproveito para cumprimentar todos os prefeitos que, mesmo com dificuldades, estão fazendo o dever de casa, além dos governadores que também estão atuando", afirmou o presidente em exercício que foi recepcionado pelo prefeito Edvaldo Nogueira e pelo governador de Sergipe, Belivaldo Chagas.
Assim que chegou à cidade, Alcolumbre foi levado à praia de Aruana pelo gestor municipal e pelo governador, para verificar de perto as manchas que continuam chegando em todo o litoral. O presidente em exercício estava acompanhado pelos senadores sergipanos Alessandro Vieira, Rogério Carvalho e Maria do Carmo, e pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. De lá, a comitiva seguiu para o Palácio dos Despachos, e no local, debateu sobre as ações de combate ao desastre ambiental. O presidente em exercício também aproveitou a oportunidade para assinar o decreto para prorrogação do seguro-defeso, que garantirá a 60 mil pescadores, afetados pelas manchas no Nordeste, parcela extra do benefício.
"Foi uma decisão do governo para proteger os pescadores do Nordeste. Estamos garantindo a eles os recursos do fundo de amparo ao trabalhador, por mais 60 dias. É uma maneira de socorrer homens e mulheres que tiram seu sustento da pesca no Nordeste", destacou o senador que se comprometeu ainda a encaminhar a medida provisória para liberar recursos para Municípios e Estados contratarem pessoal para atuar na limpeza das praias.
Alcolumbre enfatizou também que o momento exige a união de todos. "Queremos avançar na mitigação dos danos. O correto é todos darmos as mãos para diminuir o impacto desta tragédia ambiental. Eu acredito que o encaminhamento possível é editar uma medida provisória para garantir que Estados e Prefeituras consigam efetivamente limpar os locais, com, por exemplo, a contratação de pessoal", avaliou.