Caio Simões diz que América tem preferência

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Caio Simões recebeu proposta de várias equipes, mas ainda não definiu o seu futuro. Primeiro vai conversar com os dirigentes do América
Caio Simões recebeu proposta de várias equipes, mas ainda não definiu o seu futuro. Primeiro vai conversar com os dirigentes do América

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 22/10/2019 às 22:25:00

 

Foi preciso Caio Si-
mões conquistar o 
título de campeão da Divisão A2, para despertar a cobiça de alguns dirigentes de clubes do futebol sergipano. O jovem treinador já tinha conquistado títulos estaduais em divisões inferiores. Em 2017 por exemplo ele foi campeão sergipano com o Sub-20 e 0 Sub 17 do Sergipe. Teve trabalhos de destaques no Piauí, e Paraíba e Pará.
Agora como campeão da Divisão A2 e responsável pelo acesso do América de Pedrinhas, Caio Simões que tem pedigree - ele é filho de Maurício Simões, o "Papa título do Nordeste - começa a despertar o interesse de dirigentes sergipanos. Ele diz que recebeu algumas propostas, não revela de onde partiram essas propostas, mas garante também, que pretende primeiro conversar com os dirigentes do América, par depois tomar uma decisão.
O próprio treinador diz que não está preocupado com o futuro. "O momento é de comemorar. Por isso só a partir da próxima semana ele pretende falar sobre contratos. 
- Preciso de um tempo para tomar qualquer decisão. Agora é horta de comemorar. Tenho algumas propostas, mas ainda não me defini. Essa coisa de falar com quem a gente já conversou é bem difícil, não é? As vezes não dá certo. O time que mostrar o melhor projeto eu tenho certeza que é para onde eu vou. Tem muita gente que me tem como um menino que é filho de Maurício Simões, que ainda pensava em ser jogador. Mas eu amadureci, me preparei, então acho que hoje tem que esquecer um pouco do menino, tem que ver a qualidade e a qualidade está aí dentro de campo. Temos quatro times que me procuraram. Vamos festejar. Vou sentar com a diretoria do América. Vai ser o primeiro time que eu vou conversar, porque eu tenho um respeito muito grade. Mas há times do estado e de fora também interessados - completou.
O América foi campeão invicto. Uma campanha irrepreensível. Em onze jogos, foram 10 vitórias, um empate, nenhuma derrota. 32 gols marcados e apenas seis sofridos. Na grande final, o América venceu o Maruinense por 2 a 0.
O América disputará o Campeonato Sergipano da Série A-1 de 2020 com Confiança, Sergipe, Itabaiana, Dorense, Lagarto, Boca Junior e Freipaulistano. No dia 1º. De novembro já participará do Congresso Técnico do Campeonato Sergipano da Divisão Especial de 2020.

Foi preciso Caio Si- mões conquistar o  título de campeão da Divisão A2, para despertar a cobiça de alguns dirigentes de clubes do futebol sergipano. O jovem treinador já tinha conquistado títulos estaduais em divisões inferiores. Em 2017 por exemplo ele foi campeão sergipano com o Sub-20 e 0 Sub 17 do Sergipe. Teve trabalhos de destaques no Piauí, e Paraíba e Pará.
Agora como campeão da Divisão A2 e responsável pelo acesso do América de Pedrinhas, Caio Simões que tem pedigree - ele é filho de Maurício Simões, o "Papa título do Nordeste - começa a despertar o interesse de dirigentes sergipanos. Ele diz que recebeu algumas propostas, não revela de onde partiram essas propostas, mas garante também, que pretende primeiro conversar com os dirigentes do América, par depois tomar uma decisão.
O próprio treinador diz que não está preocupado com o futuro. "O momento é de comemorar. Por isso só a partir da próxima semana ele pretende falar sobre contratos. 
- Preciso de um tempo para tomar qualquer decisão. Agora é horta de comemorar. Tenho algumas propostas, mas ainda não me defini. Essa coisa de falar com quem a gente já conversou é bem difícil, não é? As vezes não dá certo. O time que mostrar o melhor projeto eu tenho certeza que é para onde eu vou. Tem muita gente que me tem como um menino que é filho de Maurício Simões, que ainda pensava em ser jogador. Mas eu amadureci, me preparei, então acho que hoje tem que esquecer um pouco do menino, tem que ver a qualidade e a qualidade está aí dentro de campo. Temos quatro times que me procuraram. Vamos festejar. Vou sentar com a diretoria do América. Vai ser o primeiro time que eu vou conversar, porque eu tenho um respeito muito grade. Mas há times do estado e de fora também interessados - completou.
O América foi campeão invicto. Uma campanha irrepreensível. Em onze jogos, foram 10 vitórias, um empate, nenhuma derrota. 32 gols marcados e apenas seis sofridos. Na grande final, o América venceu o Maruinense por 2 a 0.
O América disputará o Campeonato Sergipano da Série A-1 de 2020 com Confiança, Sergipe, Itabaiana, Dorense, Lagarto, Boca Junior e Freipaulistano. No dia 1º. De novembro já participará do Congresso Técnico do Campeonato Sergipano da Divisão Especial de 2020.