Prefeitura e Sebrae assinam termo para realização da Feira de Sergipe na Sementeira

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Aspecto da reunião realizada no gabinete do prefeito
Aspecto da reunião realizada no gabinete do prefeito

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 18/10/2019 às 21:58:00

 

A Prefeitura de Aracaju 
autorizou, na manhã 
desta sexta-feira, o uso do Parque da Sementeira para realização da Feira de Sergipe 2020. O termo de permissão foi assinado pelo prefeito Edvaldo Nogueira e pelo superintendente do Sebrae em Sergipe, Paulo do Eirado. O evento busca difundir o artesanato, a cultura e os pequenos negócios do Estado, criando um ambiente favorável para os empreendedores divulgarem e comercializarem seus produtos, além de garantir uma alternativa de entretenimento para sergipanos e turistas.
A 18º edição da Feira ocorrerá entre os dias 14 e 26 de janeiro do próximo ano. Serão 125 estandes de artesanato. Na ocasião também foi assinado termo para realização do Festival da Sergipanidade, que será de 24 a 27 de outubro deste ano, na área do parque. Os termos foram firmados através da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), responsável pelo espaço público.
"A Feira de Sergipe é um evento muito importante para o nosso estado porque reúne o que há de mais belo em todos os municípios. É uma grande oportunidade para os artesãos exporem seus trabalhos. Um momento em que Sergipe se encontra para discutir seu desenvolvimento. Além disso, é um elemento muito importante para geração de emprego, renda e de crescimento dos negócios", destacou o prefeito Edvaldo Nogueira.
O gestor também ressaltou que "é motivo de grande felicidade ter o evento no Parque da Sementeira". "Esse evento acontecia na Orla da Atalaia e infelizmente não ocorreu em 2019. Através desta parceria com o Sebrae, realizador da Feira, estamos abrindo nossas portas para que esse importante instrumento possa retornar e contribuir para o desenvolvimento econômico do nosso estado. Fico muito feliz de poder ceder um espaço como o Parque da Sementeira para a realização da Feira de Sergipe", reforçou.
O superintendente do Sebrae, Paulo do Eirado, retribuiu o agradecimento e destacou a parceria com a Prefeitura de Aracaju como uma relação de confiança. "É dessa maneira que vamos ajudando um ao outro a enfrentar essa crise. A disposição da Prefeitura mostra que ela é, realmente, uma parceria de extrema confiança. Ficamos honrados por ela creditar às ações do Sebrae como uma maneira de minimizar os impactos da crise atual", salientou.
Feira de Sergipe - A 18 ª edição da Feira de Sergipe acontece entre os dias 14 e 26 de janeiro de 2020. Para participar do evento, que terá 125 estandes de artesanato, os interessados devem se inscrever até o dia 23 de outubro, pela internet, no www.feiradesergipe.com.br. Podem participar do processo maiores de 18 anos, residentes no estado de Sergipe e cadastrados no Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (SICAB), com Carteira Nacional dentro do prazo de validade. Os candidatos devem preencher um formulário de inscrição e anexar os documentos, além de apresentar fotos que representam o tipo de artesanato que pretendem comercializar.
O julgamento das propostas será feito por uma comissão formada por dois colaboradores do Sebrae, além de um consultor e um representante de instituições parceiras da entidade. Entre os critérios de avaliação que serão analisados estão a referência à cultura popular, criatividade, linguagem própria, tradição, expressão contemporânea, inovação e consciência ambiental. A lista provisória com os nomes dos artesãos selecionados, por ordem de classificação, bem como a lista dos excedentes será divulgada no dia 4 de novembro. A lista definitiva, após recursos, será publicada no dia 18 de dezembro.
Festival da Sergipanidade - Já o Festival da Sergipanidade ocorre na próxima semana, entre os dias 24 e 27 de outubro, também no Parque da Sementeira. Além dos estandes de artesanato, o evento contará com espaço para a culinária sergipana. "É uma mostra, onde vamos revelar pontos típicos da cultural sergipana, como o artesanato, mas especialmente a culinária. São espaços para que possamos, através desses encontros, desenvolver uma culinária cada vez mais típica, se tornando referência.  Vamos realizar com muito gosto", revelou o superintendente do Sebrae, Paulo do Eirado.
Participaram da reunião o presidente da Emsurb, Luiz Roberto Dantas e o diretor técnico do Sebrae, Emanuel Sobral.

A Prefeitura de Aracaju  autorizou, na manhã  desta sexta-feira, o uso do Parque da Sementeira para realização da Feira de Sergipe 2020. O termo de permissão foi assinado pelo prefeito Edvaldo Nogueira e pelo superintendente do Sebrae em Sergipe, Paulo do Eirado. O evento busca difundir o artesanato, a cultura e os pequenos negócios do Estado, criando um ambiente favorável para os empreendedores divulgarem e comercializarem seus produtos, além de garantir uma alternativa de entretenimento para sergipanos e turistas.
A 18º edição da Feira ocorrerá entre os dias 14 e 26 de janeiro do próximo ano. Serão 125 estandes de artesanato. Na ocasião também foi assinado termo para realização do Festival da Sergipanidade, que será de 24 a 27 de outubro deste ano, na área do parque. Os termos foram firmados através da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), responsável pelo espaço público.
"A Feira de Sergipe é um evento muito importante para o nosso estado porque reúne o que há de mais belo em todos os municípios. É uma grande oportunidade para os artesãos exporem seus trabalhos. Um momento em que Sergipe se encontra para discutir seu desenvolvimento. Além disso, é um elemento muito importante para geração de emprego, renda e de crescimento dos negócios", destacou o prefeito Edvaldo Nogueira.
O gestor também ressaltou que "é motivo de grande felicidade ter o evento no Parque da Sementeira". "Esse evento acontecia na Orla da Atalaia e infelizmente não ocorreu em 2019. Através desta parceria com o Sebrae, realizador da Feira, estamos abrindo nossas portas para que esse importante instrumento possa retornar e contribuir para o desenvolvimento econômico do nosso estado. Fico muito feliz de poder ceder um espaço como o Parque da Sementeira para a realização da Feira de Sergipe", reforçou.
O superintendente do Sebrae, Paulo do Eirado, retribuiu o agradecimento e destacou a parceria com a Prefeitura de Aracaju como uma relação de confiança. "É dessa maneira que vamos ajudando um ao outro a enfrentar essa crise. A disposição da Prefeitura mostra que ela é, realmente, uma parceria de extrema confiança. Ficamos honrados por ela creditar às ações do Sebrae como uma maneira de minimizar os impactos da crise atual", salientou.

Feira de Sergipe -
A 18 ª edição da Feira de Sergipe acontece entre os dias 14 e 26 de janeiro de 2020. Para participar do evento, que terá 125 estandes de artesanato, os interessados devem se inscrever até o dia 23 de outubro, pela internet, no www.feiradesergipe.com.br. Podem participar do processo maiores de 18 anos, residentes no estado de Sergipe e cadastrados no Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (SICAB), com Carteira Nacional dentro do prazo de validade. Os candidatos devem preencher um formulário de inscrição e anexar os documentos, além de apresentar fotos que representam o tipo de artesanato que pretendem comercializar.
O julgamento das propostas será feito por uma comissão formada por dois colaboradores do Sebrae, além de um consultor e um representante de instituições parceiras da entidade. Entre os critérios de avaliação que serão analisados estão a referência à cultura popular, criatividade, linguagem própria, tradição, expressão contemporânea, inovação e consciência ambiental. A lista provisória com os nomes dos artesãos selecionados, por ordem de classificação, bem como a lista dos excedentes será divulgada no dia 4 de novembro. A lista definitiva, após recursos, será publicada no dia 18 de dezembro.

Festival da Sergipanidade -
Já o Festival da Sergipanidade ocorre na próxima semana, entre os dias 24 e 27 de outubro, também no Parque da Sementeira. Além dos estandes de artesanato, o evento contará com espaço para a culinária sergipana. "É uma mostra, onde vamos revelar pontos típicos da cultural sergipana, como o artesanato, mas especialmente a culinária. São espaços para que possamos, através desses encontros, desenvolver uma culinária cada vez mais típica, se tornando referência.  Vamos realizar com muito gosto", revelou o superintendente do Sebrae, Paulo do Eirado.
Participaram da reunião o presidente da Emsurb, Luiz Roberto Dantas e o diretor técnico do Sebrae, Emanuel Sobral.