Confiança participa de debate na Câmara Federal

Esporte

 

O Confiança continua acompanhando de perto os debates sobre o Projeto de Lei, que pretende criar a modalidade de clube-empresa no Brasil. Na tarde da última quarta-feira (10), o presidente Hyago França, participou de uma reunião na Câmara dos Deputados, em Brasília, na Comissão de Esportes da Casa, para discutir esse tema.
A audiência foi presidida pelo deputado federal sergipano Fábio Mitidieri (PSD). Participaram da reunião dirigentes de vários clubes de Série A B e C, Como Flamengo, Athlético Paranaense, Corinthians, Vitória, Gama e também vários políticos. Glennyson Cruz, presidente do Conselho Deliberativo do Confiança também estava presente. A intenção foi ouvir as agremiações sobre seus anseios diante da proposta e sugerir mudanças.
O Projeto de Lei promete ser apresentado em breve pelo deputado federal Pedro Paulo (DEM-RJ) e conta com o apoio do presidente da Câmara, deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ). A ideia é fazer com que as agremiações se tornem empresas e paguem mais tributos. Em troca, os clubes se beneficiariam com o refinanciamento de suas dívidas fiscais e receberiam descontos, além da possibilidade de entrarem em recuperação judicial para congelar seus débitos até a realização de acordos na justiça.
É a segunda reunião que o presidente Hyago França acompanha para discutir essas mudanças. Na semana passada, o gestor proletário esteve na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e já se atualizou sobre as possíveis mudanças. "É importante que estejamos participando deste momento diante de uma proposta que pode reformular o esporte no Brasil", assegurou o presidente.
"Temos que estar a par e defender os interesses. Todos os grandes clubes foram convidados e fico feliz que o nosso Confiança também possa ser representado diante dessas discussões. Podem ter certeza, que vamos analisar e sugerir o que for melhor para o nosso clube e para o futebol como um todo. Afinal, será uma grande mudança para todos", completou.
Um dos pontos defendidos pelo presidente é o de que, caso o projeto seja aprovado pela Casa, que o texto não torne obrigatória a mudança dos clubes. "Tem que ser somente para quem queira. Por exemplo, entendemos que o Confiança não pode ter um dono, pois ele pertence a todos os seus torcedores. Por isso, entendemos que o projeto tem que permitir a mudança somente para quem quiser virar empresa", argumentou Hyago.
Parcerias - Durante a reunião, o presidente Hyago França encontrou o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, onde foi conversado sobre a possibilidade de uma parceria entre os clubes. "É algo que está bastante encaminhado", garantiu o dirigente proletário. Hyago França também encontrou o presidente do Corinthians, Andrés Sanches, e aproveitou para estreitar ainda mais as relações.
"Em breve, visitarei o Flamengo, para firmar a parceria entre os dois clubes, visando as competições do ano que vem. Esperamos êxito nesse diálogo com o rubro-negro, da mesma forma com o Corinthians. Recentemente, estivemos na casa do alvinegro paulista e esperamos nos aproximar ainda mais com essas grandes equipes do futebol nacional", certificou Hyago.

O Confiança continua acompanhando de perto os debates sobre o Projeto de Lei, que pretende criar a modalidade de clube-empresa no Brasil. Na tarde da última quarta-feira (10), o presidente Hyago França, participou de uma reunião na Câmara dos Deputados, em Brasília, na Comissão de Esportes da Casa, para discutir esse tema.
A audiência foi presidida pelo deputado federal sergipano Fábio Mitidieri (PSD). Participaram da reunião dirigentes de vários clubes de Série A B e C, Como Flamengo, Athlético Paranaense, Corinthians, Vitória, Gama e também vários políticos. Glennyson Cruz, presidente do Conselho Deliberativo do Confiança também estava presente. A intenção foi ouvir as agremiações sobre seus anseios diante da proposta e sugerir mudanças.
O Projeto de Lei promete ser apresentado em breve pelo deputado federal Pedro Paulo (DEM-RJ) e conta com o apoio do presidente da Câmara, deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ). A ideia é fazer com que as agremiações se tornem empresas e paguem mais tributos. Em troca, os clubes se beneficiariam com o refinanciamento de suas dívidas fiscais e receberiam descontos, além da possibilidade de entrarem em recuperação judicial para congelar seus débitos até a realização de acordos na justiça.
É a segunda reunião que o presidente Hyago França acompanha para discutir essas mudanças. Na semana passada, o gestor proletário esteve na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e já se atualizou sobre as possíveis mudanças. "É importante que estejamos participando deste momento diante de uma proposta que pode reformular o esporte no Brasil", assegurou o presidente.
"Temos que estar a par e defender os interesses. Todos os grandes clubes foram convidados e fico feliz que o nosso Confiança também possa ser representado diante dessas discussões. Podem ter certeza, que vamos analisar e sugerir o que for melhor para o nosso clube e para o futebol como um todo. Afinal, será uma grande mudança para todos", completou.
Um dos pontos defendidos pelo presidente é o de que, caso o projeto seja aprovado pela Casa, que o texto não torne obrigatória a mudança dos clubes. "Tem que ser somente para quem queira. Por exemplo, entendemos que o Confiança não pode ter um dono, pois ele pertence a todos os seus torcedores. Por isso, entendemos que o projeto tem que permitir a mudança somente para quem quiser virar empresa", argumentou Hyago.

Parcerias - Durante a reunião, o presidente Hyago França encontrou o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, onde foi conversado sobre a possibilidade de uma parceria entre os clubes. "É algo que está bastante encaminhado", garantiu o dirigente proletário. Hyago França também encontrou o presidente do Corinthians, Andrés Sanches, e aproveitou para estreitar ainda mais as relações.
"Em breve, visitarei o Flamengo, para firmar a parceria entre os dois clubes, visando as competições do ano que vem. Esperamos êxito nesse diálogo com o rubro-negro, da mesma forma com o Corinthians. Recentemente, estivemos na casa do alvinegro paulista e esperamos nos aproximar ainda mais com essas grandes equipes do futebol nacional", certificou Hyago.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS