Jhanne Pires apoia a causa do Setembro Amarelo em sua festa de aniversário

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 01/10/2019 às 08:08:00

 

A empresária e influenciadora digital goiana Jhanne Pires fez 34 anos de idade no dia 22 de Setembro, mas resolveu comemorar no dia 23 de um jeito diferente, apoiando a causa do Setembro Amarelo, que é uma campanha mundial de prevenção ao suicídio.
Com a temática 'Yellow September', a festa aconteceu no Viella Gastronômica, com uma festa reservada a amigos íntimos. No convite os convidados receberam uma camiseta amarela de presente para usarem na festa. Assim como o tema da festa, o presente que Jhanne pediu também foi diferente: a influenciadora pediu a todos os convidados que trouxessem uma frase de Vida, gravada por vídeo para ser espelhada nas redes sociais.
Jhanne também aproveitou a ocasião para falar sobre o CVV (Centro de Valorização da Vida), que é no Brasil uma das principais entidades que promovem o Setembro Amarelo: "Não há presente melhor do que a vida, e por isso quis fazer da minha festa uma oportunidade para espalhar vida pelo mundo através das redes sociais. Hoje existe um grupo de voluntários com o total de 2.000 pessoas, para conversar e compreender pessoas que estão abaladas emocionalmente, que é o CVV, e eu resolvi propagar e apoiar esta causa tão importante assim como essa organização em favor da vida", ressalta.

A empresária e influenciadora digital goiana Jhanne Pires fez 34 anos de idade no dia 22 de Setembro, mas resolveu comemorar no dia 23 de um jeito diferente, apoiando a causa do Setembro Amarelo, que é uma campanha mundial de prevenção ao suicídio.
Com a temática 'Yellow September', a festa aconteceu no Viella Gastronômica, com uma festa reservada a amigos íntimos. No convite os convidados receberam uma camiseta amarela de presente para usarem na festa. Assim como o tema da festa, o presente que Jhanne pediu também foi diferente: a influenciadora pediu a todos os convidados que trouxessem uma frase de Vida, gravada por vídeo para ser espelhada nas redes sociais.
Jhanne também aproveitou a ocasião para falar sobre o CVV (Centro de Valorização da Vida), que é no Brasil uma das principais entidades que promovem o Setembro Amarelo: "Não há presente melhor do que a vida, e por isso quis fazer da minha festa uma oportunidade para espalhar vida pelo mundo através das redes sociais. Hoje existe um grupo de voluntários com o total de 2.000 pessoas, para conversar e compreender pessoas que estão abaladas emocionalmente, que é o CVV, e eu resolvi propagar e apoiar esta causa tão importante assim como essa organização em favor da vida", ressalta.