Chico César realiza show em homenagem às Tartarugas Marinhas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 27/09/2019 às 21:57:00

 

No próximo dia 28 (sábado), o movimento musical pela conservação das tartarugas marinhas e oceanos, batizado de Tamarear, realiza show do cantor e compositor Chico Cesar, em Aracaju, no centro de visitantes do Projeto Tamar. A apresentação integra o Tamar Culturl e comemora uma conquista: a recuperação da tartaruga-oliva, que tem apresentado aumento dos números de desovas da espécie em Sergipe.
Intimamente conhecida pela equipe do Tamar como "Lepi" (Lepidochelys olivacea), a tartaruga-oliva é uma das sete espécies de tartarugas marinhas no mundo e têm como característica ser menor que as demais e atingir maturidade sexual mais cedo. A recuperação de sua população vem acontecendo de forma robusta, com aumento de fêmeas-mães desovando e repovoando as praias.
O paraibano Chico Cesar e? considerado hoje um dos mais importantes poetas, compositores e músicos da cultura brasileira, misturando a riqueza dos ritmos brasileiros do Nordeste a? sonoridade universal. Após se apresentar nos palcos do Projeto Tamar de Vitória/ES, Praia do Forte/BA e neste mês de setembro se apresentando no Projeto Tamar de Aracaju, o cantor reafirma sua aproximação com o Movimento Tamarear - A Música em defesa da Natureza, contribuindo para a difusão da mensagem de conservação das tartarugas marinhas.
A abertura da noite fica por conta da banda Bichos do Mar, com uma formação especial para esta apresentação, tendo na sua linha de frente o músico sergipano Julico. No repertório, canções de proteção às tartarugas marinhas e músicas autorais.
Uma mostra de vídeos acontece no início do evento, quando serão exibidas produções audiovisuais do Projeto Tamar, os quais tratam de diferentes temas, como sustentabilidade, educação ambiental, pesquisas, personalidades da cultura e shows que já aconteceram com artistas do Movimento Tamarear.
O Projeto Tamar protege as tartarugas marinhas no Brasil há 39 anos, através de pesquisa e conservação, inclusão social, sensibilização e educação ambiental. A música é uma das formas de ampliar a mensagem da preservação, e artistas de vários cantos do Brasil participam desse trabalho. Dessa proposta nasceu o Tamar Cultural, projeto que, nesta edição, tem o incentivo da Lei de Incentivo à Cultura, contexto no qual a Visa se apresenta como um de seus patrocinadores.

No próximo dia 28 (sábado), o movimento musical pela conservação das tartarugas marinhas e oceanos, batizado de Tamarear, realiza show do cantor e compositor Chico Cesar, em Aracaju, no centro de visitantes do Projeto Tamar. A apresentação integra o Tamar Culturl e comemora uma conquista: a recuperação da tartaruga-oliva, que tem apresentado aumento dos números de desovas da espécie em Sergipe.
Intimamente conhecida pela equipe do Tamar como "Lepi" (Lepidochelys olivacea), a tartaruga-oliva é uma das sete espécies de tartarugas marinhas no mundo e têm como característica ser menor que as demais e atingir maturidade sexual mais cedo. A recuperação de sua população vem acontecendo de forma robusta, com aumento de fêmeas-mães desovando e repovoando as praias.
O paraibano Chico Cesar e? considerado hoje um dos mais importantes poetas, compositores e músicos da cultura brasileira, misturando a riqueza dos ritmos brasileiros do Nordeste a? sonoridade universal. Após se apresentar nos palcos do Projeto Tamar de Vitória/ES, Praia do Forte/BA e neste mês de setembro se apresentando no Projeto Tamar de Aracaju, o cantor reafirma sua aproximação com o Movimento Tamarear - A Música em defesa da Natureza, contribuindo para a difusão da mensagem de conservação das tartarugas marinhas.
A abertura da noite fica por conta da banda Bichos do Mar, com uma formação especial para esta apresentação, tendo na sua linha de frente o músico sergipano Julico. No repertório, canções de proteção às tartarugas marinhas e músicas autorais.
Uma mostra de vídeos acontece no início do evento, quando serão exibidas produções audiovisuais do Projeto Tamar, os quais tratam de diferentes temas, como sustentabilidade, educação ambiental, pesquisas, personalidades da cultura e shows que já aconteceram com artistas do Movimento Tamarear.
O Projeto Tamar protege as tartarugas marinhas no Brasil há 39 anos, através de pesquisa e conservação, inclusão social, sensibilização e educação ambiental. A música é uma das formas de ampliar a mensagem da preservação, e artistas de vários cantos do Brasil participam desse trabalho. Dessa proposta nasceu o Tamar Cultural, projeto que, nesta edição, tem o incentivo da Lei de Incentivo à Cultura, contexto no qual a Visa se apresenta como um de seus patrocinadores.