Terceiro acusado de estupro contra autista se entrega

Cidades

 

A Polícia Civil confirmou 
ontem a prisão do ter-
ceiro acusado pelo estupro praticado contra um adolescente autista de 14 anos, ocorrido em Tobias Barreto (Centro-Sul), no dia 10 de julho deste ano. Ricardo Silvino dos Santos, que era considerado foragido desde a divulgação do caso, se entregou na noite desta quarta-feira à Delegacia de Itabaianinha. Ele é apontado como um dos homens que abusaram sexualmente do rapaz, gravaram o ataque e divulgaram o vídeo em grupos do aplicativo Whatsapp. O crime teve ampla repercussão em todo o estado. 
De acordo com a polícia, Ricardo tentou inicialmente fugir da cidade e impetrou recursos judiciais para derrubar o mandado de prisão preventiva decretado pela Vara Criminal de Tobias. No entanto, os recursos foram negados e ele decidiu se apresentar na cidade vizinha, acompanhado por um advogado. A previsão é de que o suspeito seja mandado nos próximos dias para uma penitenciária. 
O delegado Fábio Pimentel, responsável pelo caso, reafirmou que Silvino foi um dos que abordaram o adolescente, no momento em que ele voltava de um supermercado, e o atraíram com a promessa de que lhe entregariam uma suposta encomenda. "Nessa abordagem o adolescente foi convencido por Ricardo a segui-lo até o fundo de uma casa e os três entraram com a vítima e Ricardo deu início a violência sexual, daí em diante Ricardo passou também a filmar o abuso", disse. 
Os outros dois envolvidos são Claudiomar Batista de Oliveira, o 'Totoca', que também aparece abusando do garoto, e José Adson Nascimento dos Santos, o 'Teu', apontado como o que incentivou o ataque. Nos dias seguintes, três vídeos relacionados ao estupro foram publicados em grupos de whatsapp da cidade e chegaram ao conhecimento da polícia, que investigou o caso. "O 'Totoca' foi identificado e pedimos a prisão dele. Ele nega o contato físico, mas diz que incentivou o crime e os vídeos mostraram isso. O Ricardo e o José Adson se apresentaram e foram ouvidos pela polícia. Com a prisão dos três suspeitos, o crime está elucidado", complementou o delegado.
Claudiomar foi o primeiro a ser preso, em 18 de julho, em um ônibus interestadual que seguia para Caruaru (PE) e foi interceptado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), a partir de denúncias recebidas pela Civil. Segundo as investigações, ele tentava fugir do estado. Adson 'Teu' foi detido dias depois. Ambos tiveram suas prisões preventivas igualmente decretadas. Os três homens estão sendo processados pelos crimes de estupro de vulnerável, estupro participativo e divulgação de conteúdo pornográfico com crianças e adolescentes. O abuso foi confirmado por exames de corpo delito realizados no Instituto Médico-Legal (IML). 

A Polícia Civil confirmou  ontem a prisão do ter- ceiro acusado pelo estupro praticado contra um adolescente autista de 14 anos, ocorrido em Tobias Barreto (Centro-Sul), no dia 10 de julho deste ano. Ricardo Silvino dos Santos, que era considerado foragido desde a divulgação do caso, se entregou na noite desta quarta-feira à Delegacia de Itabaianinha. Ele é apontado como um dos homens que abusaram sexualmente do rapaz, gravaram o ataque e divulgaram o vídeo em grupos do aplicativo Whatsapp. O crime teve ampla repercussão em todo o estado. 
De acordo com a polícia, Ricardo tentou inicialmente fugir da cidade e impetrou recursos judiciais para derrubar o mandado de prisão preventiva decretado pela Vara Criminal de Tobias. No entanto, os recursos foram negados e ele decidiu se apresentar na cidade vizinha, acompanhado por um advogado. A previsão é de que o suspeito seja mandado nos próximos dias para uma penitenciária. 
O delegado Fábio Pimentel, responsável pelo caso, reafirmou que Silvino foi um dos que abordaram o adolescente, no momento em que ele voltava de um supermercado, e o atraíram com a promessa de que lhe entregariam uma suposta encomenda. "Nessa abordagem o adolescente foi convencido por Ricardo a segui-lo até o fundo de uma casa e os três entraram com a vítima e Ricardo deu início a violência sexual, daí em diante Ricardo passou também a filmar o abuso", disse. 
Os outros dois envolvidos são Claudiomar Batista de Oliveira, o 'Totoca', que também aparece abusando do garoto, e José Adson Nascimento dos Santos, o 'Teu', apontado como o que incentivou o ataque. Nos dias seguintes, três vídeos relacionados ao estupro foram publicados em grupos de whatsapp da cidade e chegaram ao conhecimento da polícia, que investigou o caso. "O 'Totoca' foi identificado e pedimos a prisão dele. Ele nega o contato físico, mas diz que incentivou o crime e os vídeos mostraram isso. O Ricardo e o José Adson se apresentaram e foram ouvidos pela polícia. Com a prisão dos três suspeitos, o crime está elucidado", complementou o delegado.
Claudiomar foi o primeiro a ser preso, em 18 de julho, em um ônibus interestadual que seguia para Caruaru (PE) e foi interceptado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), a partir de denúncias recebidas pela Civil. Segundo as investigações, ele tentava fugir do estado. Adson 'Teu' foi detido dias depois. Ambos tiveram suas prisões preventivas igualmente decretadas. Os três homens estão sendo processados pelos crimes de estupro de vulnerável, estupro participativo e divulgação de conteúdo pornográfico com crianças e adolescentes. O abuso foi confirmado por exames de corpo delito realizados no Instituto Médico-Legal (IML). 

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS