Sergipe pode sediar Fase Nordeste dos JEJ's

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Representante do COB se reuniu com dirigentes hoteleiros e com autoridades estaduais para avaliar a capacidade do Estado de Sergipe, sediar a fase Nordeste dos Jogos Escolares da Juventude
Representante do COB se reuniu com dirigentes hoteleiros e com autoridades estaduais para avaliar a capacidade do Estado de Sergipe, sediar a fase Nordeste dos Jogos Escolares da Juventude

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 19/09/2019 às 21:28:00

 

O Estado de Sergipe 
pode ser uma das 
sedes dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ's), a maior competição escolar que se realiza no Brasil. O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por meio da Superintendência Especial de Esporte (Supee), está pleiteando junto ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB) a realização dessa competição no próximo ano em Aracaju.
Nesse sentido, representantes do COB estiveram na capital sergipana, para avaliar as condições do Estado em atender às exigências técnicas, constantes do caderno de encargos. Foram avaliados diversos critérios como capacidade e tarifas da rede hoteleira, garantias governamentais de atendimento ao caderno de encargos e vistoria dos locais de competição.
Na manhã da terça-feira (17), André Mattos, coordenador geral dos Jogos Escolares da Juventude, se reuniu na sede da Seduc, inicialmente, com 25 representantes da rede hoteleira. A segunda reunião foi com os representantes do Governo, secretários da Educação, Josué Modesto dos Passos Subrinho; da Comunicação e Turismo, Sales Neto; a superintendente especial de Esporte, Mariana Dantas, diretores e chefes de Departamento da Seduc.
Com o trade turístico, o representante do COB mostrou a logística que será apresentada pela entidade, evidenciando que a metodologia de trabalho e as exigências do COB nesses grandes eventos diferem tecnicamente dos métodos tradicionais de hospedagem convencional. Tudo foi devidamente apresentado em vídeo para que os presentes dirimissem suas dúvidas. Depois da apresentação, André Mattos se colocou à disposição e foi questionado sobre diversos fatores.
"Estamos aqui para mostrar aos senhores o que um evento desse porte representa para o estado anfitrião. Não é só uma competição esportiva; é uma oportunidade de negócios. Todos saem ganhando: a rede hoteleira, o comércio, bares, restaurantes, taxistas e tantos outros segmentos", pontuou André Mattos.
A fase regional dos Jogos Escolares da Juventude, que este ano está sendo realizada em Natal, deve acontecer entre os dias 11 e 15 de setembro de 2020, caso Aracaju seja a capital escolhida. Trata-se de um evento que reúne mais de 1400 participantes entre atletas, oficiais, árbitros, dirigentes e voluntários.
Contará com a participação de representantes de nove estados da região (Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia). São quatro dias de competição com modalidades coletivas (Futsal, Voleibol, Basquetebol e Handebol), nos nipes femininos, categorias "A", atletas com idade entre 12 e 14 anos, e "B", atletas com idade entre 15 e 17 anos, que disputam vagas para a fase nacional.
As equipes campeãs e vice-campeãs em cada modalidade garantem vagas na Etapa Nacional, esta mais abrangente, pois, além das modalidades coletivas, contará também com as modalidades individuais, reunindo estados de todo o Brasil.
Na segunda reunião, André Mattos expôs para os representantes do Governo do Estado a contrapartida oficial que envolve praticamente a logística. Paralela a essas duas reuniões, um membro da COB acompanhado de representantes da Supee visitou as instalações esportivas das unidades de ensino públicas a particulares da capital, fazendo levantamento das condições dessas praças de esportes receberem competições oficiais dos JEJ. Após a coleta de todos os dados, das informações e da avaliação da capacidade da rede hoteleira, o COB divulgação no dia 16 de novembro em Blumenau-SC, por ocasião da abertura da Fase Nacional dos JEJ's deste ano, a cidade que sediará a Fase Regional Nordeste da competição estudantil no próximo ano.
André Mattos disse que gostou do que viu em Aracaju e elogiou a receptividade. "Fiquei muito impressionado. O pessoal está motivado. Mostra um pré-conhecimento do que é necessário para sediar o evento. A cidade mostrou que tem estrutura para receber o projeto e até o mês de novembro poderemos ter novidades", a avaliou André Mattos.
Entusiasta do projeto, a superintendente Mariana Dantas deu o suporte necessário para a realização das reuniões e se mostrou otimista, quanto à possiblidade de Aracaju captar mais esse evento de grande porte.
" É um evento grandioso, uma competição que deve reunir quase duas mil pessoas. Algo inédito em nosso estado. Sergipe nunca foi sede dos Jogos Escolares da Juventude. Estamos confiantes que vamos captar o evento sim, movimentar o esporte, o turismo, a economia sergipana, colocar Sergipe no cenário nacional" elogiou Mariana Dantas. 

O Estado de Sergipe  pode ser uma das  sedes dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ's), a maior competição escolar que se realiza no Brasil. O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por meio da Superintendência Especial de Esporte (Supee), está pleiteando junto ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB) a realização dessa competição no próximo ano em Aracaju.
Nesse sentido, representantes do COB estiveram na capital sergipana, para avaliar as condições do Estado em atender às exigências técnicas, constantes do caderno de encargos. Foram avaliados diversos critérios como capacidade e tarifas da rede hoteleira, garantias governamentais de atendimento ao caderno de encargos e vistoria dos locais de competição.
Na manhã da terça-feira (17), André Mattos, coordenador geral dos Jogos Escolares da Juventude, se reuniu na sede da Seduc, inicialmente, com 25 representantes da rede hoteleira. A segunda reunião foi com os representantes do Governo, secretários da Educação, Josué Modesto dos Passos Subrinho; da Comunicação e Turismo, Sales Neto; a superintendente especial de Esporte, Mariana Dantas, diretores e chefes de Departamento da Seduc.
Com o trade turístico, o representante do COB mostrou a logística que será apresentada pela entidade, evidenciando que a metodologia de trabalho e as exigências do COB nesses grandes eventos diferem tecnicamente dos métodos tradicionais de hospedagem convencional. Tudo foi devidamente apresentado em vídeo para que os presentes dirimissem suas dúvidas. Depois da apresentação, André Mattos se colocou à disposição e foi questionado sobre diversos fatores.
"Estamos aqui para mostrar aos senhores o que um evento desse porte representa para o estado anfitrião. Não é só uma competição esportiva; é uma oportunidade de negócios. Todos saem ganhando: a rede hoteleira, o comércio, bares, restaurantes, taxistas e tantos outros segmentos", pontuou André Mattos.
A fase regional dos Jogos Escolares da Juventude, que este ano está sendo realizada em Natal, deve acontecer entre os dias 11 e 15 de setembro de 2020, caso Aracaju seja a capital escolhida. Trata-se de um evento que reúne mais de 1400 participantes entre atletas, oficiais, árbitros, dirigentes e voluntários.
Contará com a participação de representantes de nove estados da região (Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia). São quatro dias de competição com modalidades coletivas (Futsal, Voleibol, Basquetebol e Handebol), nos nipes femininos, categorias "A", atletas com idade entre 12 e 14 anos, e "B", atletas com idade entre 15 e 17 anos, que disputam vagas para a fase nacional.
As equipes campeãs e vice-campeãs em cada modalidade garantem vagas na Etapa Nacional, esta mais abrangente, pois, além das modalidades coletivas, contará também com as modalidades individuais, reunindo estados de todo o Brasil.
Na segunda reunião, André Mattos expôs para os representantes do Governo do Estado a contrapartida oficial que envolve praticamente a logística. Paralela a essas duas reuniões, um membro da COB acompanhado de representantes da Supee visitou as instalações esportivas das unidades de ensino públicas a particulares da capital, fazendo levantamento das condições dessas praças de esportes receberem competições oficiais dos JEJ. Após a coleta de todos os dados, das informações e da avaliação da capacidade da rede hoteleira, o COB divulgação no dia 16 de novembro em Blumenau-SC, por ocasião da abertura da Fase Nacional dos JEJ's deste ano, a cidade que sediará a Fase Regional Nordeste da competição estudantil no próximo ano.
André Mattos disse que gostou do que viu em Aracaju e elogiou a receptividade. "Fiquei muito impressionado. O pessoal está motivado. Mostra um pré-conhecimento do que é necessário para sediar o evento. A cidade mostrou que tem estrutura para receber o projeto e até o mês de novembro poderemos ter novidades", a avaliou André Mattos.
Entusiasta do projeto, a superintendente Mariana Dantas deu o suporte necessário para a realização das reuniões e se mostrou otimista, quanto à possiblidade de Aracaju captar mais esse evento de grande porte.
" É um evento grandioso, uma competição que deve reunir quase duas mil pessoas. Algo inédito em nosso estado. Sergipe nunca foi sede dos Jogos Escolares da Juventude. Estamos confiantes que vamos captar o evento sim, movimentar o esporte, o turismo, a economia sergipana, colocar Sergipe no cenário nacional" elogiou Mariana Dantas.