Brasil encerra participação primeiros aparelhos

Esporte

 

A Ginástica Rítmica do Brasil encerrou sua participação nos dois primeiros aparelhos, válidos pelo Campeonato Mundial da modalidade, que está sendo disputado em Baku (AZE). As brasileiras Natalia Gáudio e Barbara Domingos participaram do qualificatório do arco, na Arena Nacional de Ginástica (MGA). Assim como havia ocorrido na estreia, na prova da bola, Barbara voltou a ter uma ótima atuação. Em uma série com pouquíssimas falhas, ela alcançou a nota 18,450 e segue firme por um lugar na final do Individual Geral, que será na sexta (20).
Com a nota alcançada, Barbara terminou o dia na 29ª posição do geral, que a deixa na briga para alcançar uma das 24 vagas à final, além de tentar assegurar ainda em Baku uma das 16 vagas em jogo neste Mundial para a Olimpíada de Tóquio-2020. Já Natalia Gáudio não conseguiu repetir a boa performance da estreia. Cometeu um erro logo no início da série, que lhe custou uma penalização de 0,30. Recebeu a nota 15,900 e terminou o dia na 48ª colocação geral.
Nesta quarta-feira, as duas brasileiras competiram em Baku, na prova de qualificação da fita. A primeira a se apresentar foi Barbara Domingos, enquanto Natalia Gáudio entrará na quadra posteriormente.
A definição das 24 ginastas para o Individual Geral do Mundial de Baku será feita com a soma das três melhores notas entre os quatro aparelhos, descartando o pior resultado. Até hoje, a melhor colocação de uma ginasta brasileira no Individual em Mundiais de Ginástica Rítmica foi um 33º lugar de Angélica Kvieczynski no Mundial de 2013, disputado em Kiev (UCR).

A Ginástica Rítmica do Brasil encerrou sua participação nos dois primeiros aparelhos, válidos pelo Campeonato Mundial da modalidade, que está sendo disputado em Baku (AZE). As brasileiras Natalia Gáudio e Barbara Domingos participaram do qualificatório do arco, na Arena Nacional de Ginástica (MGA). Assim como havia ocorrido na estreia, na prova da bola, Barbara voltou a ter uma ótima atuação. Em uma série com pouquíssimas falhas, ela alcançou a nota 18,450 e segue firme por um lugar na final do Individual Geral, que será na sexta (20).
Com a nota alcançada, Barbara terminou o dia na 29ª posição do geral, que a deixa na briga para alcançar uma das 24 vagas à final, além de tentar assegurar ainda em Baku uma das 16 vagas em jogo neste Mundial para a Olimpíada de Tóquio-2020. Já Natalia Gáudio não conseguiu repetir a boa performance da estreia. Cometeu um erro logo no início da série, que lhe custou uma penalização de 0,30. Recebeu a nota 15,900 e terminou o dia na 48ª colocação geral.
Nesta quarta-feira, as duas brasileiras competiram em Baku, na prova de qualificação da fita. A primeira a se apresentar foi Barbara Domingos, enquanto Natalia Gáudio entrará na quadra posteriormente.
A definição das 24 ginastas para o Individual Geral do Mundial de Baku será feita com a soma das três melhores notas entre os quatro aparelhos, descartando o pior resultado. Até hoje, a melhor colocação de uma ginasta brasileira no Individual em Mundiais de Ginástica Rítmica foi um 33º lugar de Angélica Kvieczynski no Mundial de 2013, disputado em Kiev (UCR).

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS