No Mês Orlando Vieira, o Ocupe a Praça tem programação especial

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 17/09/2019 às 22:08:00

 

No mês em que o Núcleo de Produção Digital (NPD) Orlando Vieira completa 13 anos de existência, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), preparou uma programação especial, o Mês Orlando Vieira. Assim, nesta quarta-feira, dia 18, o projeto Ocupe a Praça, dentro das comemorações do NPD, será diferenciado. 
A programação terá início às 18h30, com mais uma edição do projeto Liquidifica Diálogos, no Centro Cultural de Aracaju. O produtivo bate-papo contará com a participação do patrono do NPD, o ator Orlando Vieira, que abordará sua carreira e a importância do Núcleo para o audiovisual sergipano, além de expor o Kikito que ganhou no Festival de Gramado, em 1983. 
Na edição especial, o Liquidifica recebe, também, a vencedora do Kikito deste ano, a diretora Carol Sakura, que falará sobre sua trajetória e o curta metragem "Apneia", o premiado de 2019 do Festival de Gramado. Na sequência, às 20h, às 20h, o público assistirá ao documentário "Rezou à Família e Foi ao Cinema", mais um filme surpresa.
Às 21h, em frente ao Centro Cultural, na Praça General Valadão, o Ocupe a Praça especial apresenta ao público o show da cantora Patrícia Polayne, que apresentará músicas de sua composição que fizeram parte das trilhas sonoras de curtas sergipanos. 

No mês em que o Núcleo de Produção Digital (NPD) Orlando Vieira completa 13 anos de existência, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), preparou uma programação especial, o Mês Orlando Vieira. Assim, nesta quarta-feira, dia 18, o projeto Ocupe a Praça, dentro das comemorações do NPD, será diferenciado. 
A programação terá início às 18h30, com mais uma edição do projeto Liquidifica Diálogos, no Centro Cultural de Aracaju. O produtivo bate-papo contará com a participação do patrono do NPD, o ator Orlando Vieira, que abordará sua carreira e a importância do Núcleo para o audiovisual sergipano, além de expor o Kikito que ganhou no Festival de Gramado, em 1983. 
Na edição especial, o Liquidifica recebe, também, a vencedora do Kikito deste ano, a diretora Carol Sakura, que falará sobre sua trajetória e o curta metragem "Apneia", o premiado de 2019 do Festival de Gramado. Na sequência, às 20h, às 20h, o público assistirá ao documentário "Rezou à Família e Foi ao Cinema", mais um filme surpresa.
Às 21h, em frente ao Centro Cultural, na Praça General Valadão, o Ocupe a Praça especial apresenta ao público o show da cantora Patrícia Polayne, que apresentará músicas de sua composição que fizeram parte das trilhas sonoras de curtas sergipanos.