Confiança treina de olho no Sampaio Correa

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O Confiança perdeu de 2x0 para o Sampaio Correia em Aracaju e precisa reverter o resultado sábado no Castelão, em São Luís
O Confiança perdeu de 2x0 para o Sampaio Correia em Aracaju e precisa reverter o resultado sábado no Castelão, em São Luís

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 16/09/2019 às 22:05:00

 

A derrota de 2x0 para 
o Sampaio Correia 
no último sábado deixou a equipe sergipana em situação delicada na briga para chegar à grande final do Brasileiro da Série C. No jogo de volta, marcado para o próximo sábado (21) no Castelão em e São Luís o Confiança precisa vencer com uma diferença superior a dois gols para conquistar a classificação. Na pior das hipóteses, uma vitória com diferença de dois gols, leva a decisão para os pênaltis.  
Os trabalhos para a partida do próximo sábado foram iniciados na tarde desta segunda-feira (16) com a reapresentação do elenco no Sabino Ribeiro. Jogadores foram submetidos a um leve treino. Nesta terça e na quarta-feira os jogadores voltam ao Sabino Ribeiro para treinos com bola e arrumação da equipe, encerrando a preparação em Aracaju. 
A viagem para são Luís acontece na manhã da quinta-feira (18). Em São Luís, o treinador Daniel Paulista pretende comandar dois trabalhos com bola, na quinta e na sexta-feira a partir das 15h30. No treino da sexta-feira, Daniel Paulista deve definir a equipe para o jogo de sábado. Esses treinos devem acontecer no Castelão, palco do jogo do próximo sábado. Depois do treino da sexta-feira, o time entre em regime completo de concentração até momentos antes da partida.
Para o jogo de volta contra o Sampaio Correia, o Confiança não terá o meia Rafael, que recebeu o terceiro cartão amarelo no jogo de sábado. O capitão Amaral e o goleiro Genivaldo continuam em tratamento médico. Eles estão afastados da equipe há dois jogos, desde a partida contra o Ypiranga, em Erechim.  
Apesar de abatidos com a derrota, jogadores do Confiança acreditam que podem reverter a situação. No Dragão não se pensa em jogar a toalha. "Estivemos em uma tarde onde nada dava certo. Mas assim como eles fizeram 2x0 aqui, podemos devolver esse placar no jogo de volta. Até porque, já vencemos o Sampaio por 2x0, lá mesmo no Castelão", lembrou o atacante Tito.  
      
Sampaio Correia foi o adversário que o Confiança mais enfrentou este ano. As duas equipes já estão partindo para a sétima partida na temporada. O confronto é dos mais equilibrados. O saldo até agora é de três empates, duas vitórias do Sampaio e uma vitória do Dragão. 
O Confiança se apega ao histórico como visitante para tentar reverter vantagem do Sampaio. É bom lembrar que os grandes resultados do Confiança este ano foram fora de casa. "Temos que reconhecer que não conseguimos uma boa atuação. Isso é fato. Nosso time não rendeu bem como das outras vezes e não obteve um bom resultado. No futebol acontece dessas coisas. Porém, não há nada perdido. Temos mais um jogo e, apesar da dificuldade pela vantagem que eles construíram, nosso time tem plena capacidade de conseguir reverter. No futebol há vários exemplos nesse sentido, de viradas. Então vamos trabalhar bastante e buscar fazer o nosso papel", disse o lateral Michel, em entrevista concedida à Rádio Aperipê FM logo após a partida.

A derrota de 2x0 para  o Sampaio Correia  no último sábado deixou a equipe sergipana em situação delicada na briga para chegar à grande final do Brasileiro da Série C. No jogo de volta, marcado para o próximo sábado (21) no Castelão em e São Luís o Confiança precisa vencer com uma diferença superior a dois gols para conquistar a classificação. Na pior das hipóteses, uma vitória com diferença de dois gols, leva a decisão para os pênaltis.  
Os trabalhos para a partida do próximo sábado foram iniciados na tarde desta segunda-feira (16) com a reapresentação do elenco no Sabino Ribeiro. Jogadores foram submetidos a um leve treino. Nesta terça e na quarta-feira os jogadores voltam ao Sabino Ribeiro para treinos com bola e arrumação da equipe, encerrando a preparação em Aracaju. 
A viagem para são Luís acontece na manhã da quinta-feira (18). Em São Luís, o treinador Daniel Paulista pretende comandar dois trabalhos com bola, na quinta e na sexta-feira a partir das 15h30. No treino da sexta-feira, Daniel Paulista deve definir a equipe para o jogo de sábado. Esses treinos devem acontecer no Castelão, palco do jogo do próximo sábado. Depois do treino da sexta-feira, o time entre em regime completo de concentração até momentos antes da partida.
Para o jogo de volta contra o Sampaio Correia, o Confiança não terá o meia Rafael, que recebeu o terceiro cartão amarelo no jogo de sábado. O capitão Amaral e o goleiro Genivaldo continuam em tratamento médico. Eles estão afastados da equipe há dois jogos, desde a partida contra o Ypiranga, em Erechim.  
Apesar de abatidos com a derrota, jogadores do Confiança acreditam que podem reverter a situação. No Dragão não se pensa em jogar a toalha. "Estivemos em uma tarde onde nada dava certo. Mas assim como eles fizeram 2x0 aqui, podemos devolver esse placar no jogo de volta. Até porque, já vencemos o Sampaio por 2x0, lá mesmo no Castelão", lembrou o atacante Tito.        Sampaio Correia foi o adversário que o Confiança mais enfrentou este ano. As duas equipes já estão partindo para a sétima partida na temporada. O confronto é dos mais equilibrados. O saldo até agora é de três empates, duas vitórias do Sampaio e uma vitória do Dragão. 
O Confiança se apega ao histórico como visitante para tentar reverter vantagem do Sampaio. É bom lembrar que os grandes resultados do Confiança este ano foram fora de casa. "Temos que reconhecer que não conseguimos uma boa atuação. Isso é fato. Nosso time não rendeu bem como das outras vezes e não obteve um bom resultado. No futebol acontece dessas coisas. Porém, não há nada perdido. Temos mais um jogo e, apesar da dificuldade pela vantagem que eles construíram, nosso time tem plena capacidade de conseguir reverter. No futebol há vários exemplos nesse sentido, de viradas. Então vamos trabalhar bastante e buscar fazer o nosso papel", disse o lateral Michel, em entrevista concedida à Rádio Aperipê FM logo após a partida.