ITPS comemora 96 anos com entrega da medalha de incentivo à ciência e à tecnologia

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Aspecto da solenidade de comemoração ao aniversário do ITPS
Aspecto da solenidade de comemoração ao aniversário do ITPS

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 12/09/2019 às 22:45:00

 

O Instituto Tecnológico e 
de Pesquisas do Esta
do de Sergipe (ITPS) - autarquia vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec) e órgão delegado do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) - celebrou nesta quinta-feira, o aniversário de 96 anos da instituição, contando com uma vasta programação festiva, de inaugurações e homenagens.
Entre os homenageados o superintendente executivo da Educação, José Ricardo de Santana, doutor em Economia e ex-presidente do Instituto, foi agraciado com a mais alta honraria da instituição - Medalha de Incentivo à Ciência e Tecnologia 'Professor Antônio Tavares de Bragança' - pelos relevantes serviços prestados ao desenvolvimento tecnológico e pesquisa no estado de Sergipe.
 "É importante registrar que o ITPS é o segundo instituto criado no Brasil e tem uma longa história de incentivo à pesquisa e com resultados efetivos", ressaltou o superintendente, destacando que com os elementos da pesquisa se conduz a potencialidades econômicas, principalmente no momento atual. "Alguns países, nos momentos de crise, a partir de 2008, investiram em pesquisas. A pesquisa não é meramente um ganho acadêmico, mas é um ganho efetivo para a sociedade em termos de emprego e geração de renda. O Instituto tem uma história importante a contar", acrescentou.
Também foram agraciados com a medalha o Governo de Sergipe, Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), Embrapa Tabuleiros Costeiros, Universidade Federal de Sergipe (UFS), Universidade Tiradentes (Unit) e Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec-SE). Personalidades como Marcos Wandir Nery Lobão, doutor em Engenharia Industrial, e José do Patrocínio Hora Alves, doutor em Química, também receberam homenagens.
História e Invocação - O ITPS foi criado em 1923, no Governo Graccho Cardoso, com o objetivo de melhorar os métodos de produção de açúcar em Sergipe, base da economia na época, e formar profissionais capacitados para introdução de formas modernas de cultivo. Naquela época, o Instituto de Química era formado pelo Laboratório de Análises e Pesquisas da Escola de Química de Sergipe, que, anos depois, foi transformada em Escola Superior de Química de Sergipe e tornou-se a melhor do Nordeste e a terceira mais importante do país.
O evento, cujo tema foi 'Inovação em gestão e tecnologia a serviço de Sergipe', contou com a entrega da obra de reforma do Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) e da Gerência Executiva de Metrologia (Geremetro), inauguração da Central de Esterilização do ITPS e do Espaço Café com Ciência na Medida Certa, além da assinatura da ordem de serviço para execução da obra das instalações de combate a incêndio e dos sistemas de proteção contra descargas atmosféricas do prédio do ITPS.

O Instituto Tecnológico e  de Pesquisas do Esta do de Sergipe (ITPS) - autarquia vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec) e órgão delegado do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) - celebrou nesta quinta-feira, o aniversário de 96 anos da instituição, contando com uma vasta programação festiva, de inaugurações e homenagens.
Entre os homenageados o superintendente executivo da Educação, José Ricardo de Santana, doutor em Economia e ex-presidente do Instituto, foi agraciado com a mais alta honraria da instituição - Medalha de Incentivo à Ciência e Tecnologia 'Professor Antônio Tavares de Bragança' - pelos relevantes serviços prestados ao desenvolvimento tecnológico e pesquisa no estado de Sergipe.
 "É importante registrar que o ITPS é o segundo instituto criado no Brasil e tem uma longa história de incentivo à pesquisa e com resultados efetivos", ressaltou o superintendente, destacando que com os elementos da pesquisa se conduz a potencialidades econômicas, principalmente no momento atual. "Alguns países, nos momentos de crise, a partir de 2008, investiram em pesquisas. A pesquisa não é meramente um ganho acadêmico, mas é um ganho efetivo para a sociedade em termos de emprego e geração de renda. O Instituto tem uma história importante a contar", acrescentou.
Também foram agraciados com a medalha o Governo de Sergipe, Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), Embrapa Tabuleiros Costeiros, Universidade Federal de Sergipe (UFS), Universidade Tiradentes (Unit) e Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec-SE). Personalidades como Marcos Wandir Nery Lobão, doutor em Engenharia Industrial, e José do Patrocínio Hora Alves, doutor em Química, também receberam homenagens.

História e Invocação - O ITPS foi criado em 1923, no Governo Graccho Cardoso, com o objetivo de melhorar os métodos de produção de açúcar em Sergipe, base da economia na época, e formar profissionais capacitados para introdução de formas modernas de cultivo. Naquela época, o Instituto de Química era formado pelo Laboratório de Análises e Pesquisas da Escola de Química de Sergipe, que, anos depois, foi transformada em Escola Superior de Química de Sergipe e tornou-se a melhor do Nordeste e a terceira mais importante do país.
O evento, cujo tema foi 'Inovação em gestão e tecnologia a serviço de Sergipe', contou com a entrega da obra de reforma do Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) e da Gerência Executiva de Metrologia (Geremetro), inauguração da Central de Esterilização do ITPS e do Espaço Café com Ciência na Medida Certa, além da assinatura da ordem de serviço para execução da obra das instalações de combate a incêndio e dos sistemas de proteção contra descargas atmosféricas do prédio do ITPS.