Pagamento de parcela de renegociação do ICMS vence no dia 13

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 12/09/2019 às 09:30:00

 

A Secretaria de Esta-
do da Fazenda (Se-
faz) chama a atenção de contribuintes que negociaram pendências de ICMS que a próxima sexta-feira (13), é a data de vencimento da parcela mensal da negociação.
O parcelamento especial de dívidas de ICMS foi aberto pelo Governo do Estado no mês passado e oferece prazos estendidos para quitação, entre 24, 36 e 48 meses. Os objetivos são a regularização tributária de empresas inadimplentes, o estímulo à economia e a geração de empregos e renda no Estado.
A gerente da Assessoria de Recuperação de Créditos da Sefaz, a auditora Suzana Carvalho, explica que o parcelamento especial é uma oportunidade importante para que o contribuinte coloque sua vida tributária em dia. E tão importante quanto regularizar as pendências tributárias é estar atento à data de quitação das parcelas.
"Uma questão diferenciada incluída neste parcelamento especial é o estabelecimento do dia 15 de cada mês como única para quitação das parcelas, o que facilita o controle no pagamento. É preciso estar atento à data de pagamento para evitar o acúmulo de parcelas e ocasionar na perda do parcelamento. No caso deste mês de setembro, como o dia 15 é um domingo, o pagamento deve ser efetuado até o próximo dia 13, sexta-feira", alerta.         
Outras duas particularidades citadas pela gerente de Recuperação de Crédito da Sefaz é não haver obrigatoriedade de percentual mínimo de entrada nas parcelas, e a possibilidade de adesão para empresas que tenham até cinco parcelamentos no ano.
Para aderir, é só acessar o site da Secretaria de Estado da Fazenda - www.sefaz.se.gov.br ou procurar os Ceacs e Exatorias da Fazenda.

A Secretaria de Estado da Fazenda (Se- faz) chama a atenção de contribuintes que negociaram pendências de ICMS que a próxima sexta-feira (13), é a data de vencimento da parcela mensal da negociação.
O parcelamento especial de dívidas de ICMS foi aberto pelo Governo do Estado no mês passado e oferece prazos estendidos para quitação, entre 24, 36 e 48 meses. Os objetivos são a regularização tributária de empresas inadimplentes, o estímulo à economia e a geração de empregos e renda no Estado.
A gerente da Assessoria de Recuperação de Créditos da Sefaz, a auditora Suzana Carvalho, explica que o parcelamento especial é uma oportunidade importante para que o contribuinte coloque sua vida tributária em dia. E tão importante quanto regularizar as pendências tributárias é estar atento à data de quitação das parcelas.

"Uma questão diferenciada incluída neste parcelamento especial é o estabelecimento do dia 15 de cada mês como única para quitação das parcelas, o que facilita o controle no pagamento. É preciso estar atento à data de pagamento para evitar o acúmulo de parcelas e ocasionar na perda do parcelamento. No caso deste mês de setembro, como o dia 15 é um domingo, o pagamento deve ser efetuado até o próximo dia 13, sexta-feira", alerta.         
Outras duas particularidades citadas pela gerente de Recuperação de Crédito da Sefaz é não haver obrigatoriedade de percentual mínimo de entrada nas parcelas, e a possibilidade de adesão para empresas que tenham até cinco parcelamentos no ano.
Para aderir, é só acessar o site da Secretaria de Estado da Fazenda - www.sefaz.se.gov.br ou procurar os Ceacs e Exatorias da Fazenda.