De olho no Dragão Sampaio treina em tempo integral

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 12/09/2019 às 08:52:00

 

Depois de um longo descanso após a conquista do acesso à Série B do ano que vem, o Sampaio iniciou nesta quarta-feira (11) o processo de preparação para o duelo de ida das semifinais diante do Confiança, sábado (14), às 17h, no Estádio Batistão, em Aracaju. O retorno deveria ter acontecido na terça-feira, mas naquela data o time e toda diretoria foram recebidos pelo governador do Maranhã Flavio Dino. 
A visita foi uma forma de agradecimento do governador pela conquista da vaga na Série B e do lado do clube agradecimento pelo apoio que vem recebendo do Governo do Estado, desde 2015.   
Na quarta-feira os trabalhos foram realizados de forma integral no CT José Carlos Macieira, dividindo o foco em duas partes: intensificação física e reforço muscular na academia pela manhã e movimentações na parte técnica e tática pela tarde. 
Para a partida, o meia Rodrigo Andrade é desfalque certo no elenco da Bolívia Querida. Por conta do terceiro cartão amarelo, o técnico João Brigatti deve substituí-lo por Eloir, que tem sido opção imediata na ausência meia tricolor. De qualquer forma, o departamento médico do Sampaio está vazio e com isso, o treinador conta com todas as opções que tem no grupo para o confronto.

Depois de um longo descanso após a conquista do acesso à Série B do ano que vem, o Sampaio iniciou nesta quarta-feira (11) o processo de preparação para o duelo de ida das semifinais diante do Confiança, sábado (14), às 17h, no Estádio Batistão, em Aracaju. O retorno deveria ter acontecido na terça-feira, mas naquela data o time e toda diretoria foram recebidos pelo governador do Maranhã Flavio Dino. 
A visita foi uma forma de agradecimento do governador pela conquista da vaga na Série B e do lado do clube agradecimento pelo apoio que vem recebendo do Governo do Estado, desde 2015.   
Na quarta-feira os trabalhos foram realizados de forma integral no CT José Carlos Macieira, dividindo o foco em duas partes: intensificação física e reforço muscular na academia pela manhã e movimentações na parte técnica e tática pela tarde. 
Para a partida, o meia Rodrigo Andrade é desfalque certo no elenco da Bolívia Querida. Por conta do terceiro cartão amarelo, o técnico João Brigatti deve substituí-lo por Eloir, que tem sido opção imediata na ausência meia tricolor. De qualquer forma, o departamento médico do Sampaio está vazio e com isso, o treinador conta com todas as opções que tem no grupo para o confronto.