Mulher é presa ao se passar por tia de criança atropelada

Geral


  • Mulher vendia santinhos dizendo que dinheiro seria usado para cirurgia de criança

 

Policiais da Delegacia Regional de Nossa Senhora da Glória (Sertão) prenderam em flagrante, na tarde de anteontem, Maria Gerinalda dos Santos Cardoso. Segundo a polícia, ela foi flagrada se passando por tia de uma criança que foi atropelada na cidade e comercializando santinhos com o nome da vítima. 
De acordo com o delegado Eurico Nascimento, uma tia da criança compareceu a delegacia e prestou uma queixa, informando que uma mulher estava no Centro da cidade vendendo os santinhos. Ela, inclusive, chegou a ser abordada pela mulher oferecendo os santinhos. Na unidade policial, foram apresentadas fotos que comprovaram a atitude da suspeita. Diante da informação, as equipes iniciaram as buscas e localizaram Gerinalda. Com ela, foram encontrados 117 santinhos e a quantia de R$ 339,30. 
A mulher foi encaminhada para a delegacia, onde disse que tinha chegado à cidade e iniciado a comercialização para ajudar um sobrinho em Pernambuco. Ela disse ainda que desconhecia que uma criança com o mesmo nome tinha sido atropelada na cidade, e que utilizava o dinheiro para ajudar pessoas necessitadas e pagar estadia. No entanto, uma amiga da suspeita foi contatada, não confirmou a história e disse desconhecer a criança. A suspeita foi presa em flagrante pelo crime de estelionato e ficará à disposição da Justiça, para adoção das demais medidas legais cabíveis ao caso.

Policiais da Delegacia Regional de Nossa Senhora da Glória (Sertão) prenderam em flagrante, na tarde de anteontem, Maria Gerinalda dos Santos Cardoso. Segundo a polícia, ela foi flagrada se passando por tia de uma criança que foi atropelada na cidade e comercializando santinhos com o nome da vítima. 
De acordo com o delegado Eurico Nascimento, uma tia da criança compareceu a delegacia e prestou uma queixa, informando que uma mulher estava no Centro da cidade vendendo os santinhos. Ela, inclusive, chegou a ser abordada pela mulher oferecendo os santinhos. Na unidade policial, foram apresentadas fotos que comprovaram a atitude da suspeita. Diante da informação, as equipes iniciaram as buscas e localizaram Gerinalda. Com ela, foram encontrados 117 santinhos e a quantia de R$ 339,30. 
A mulher foi encaminhada para a delegacia, onde disse que tinha chegado à cidade e iniciado a comercialização para ajudar um sobrinho em Pernambuco. Ela disse ainda que desconhecia que uma criança com o mesmo nome tinha sido atropelada na cidade, e que utilizava o dinheiro para ajudar pessoas necessitadas e pagar estadia. No entanto, uma amiga da suspeita foi contatada, não confirmou a história e disse desconhecer a criança. A suspeita foi presa em flagrante pelo crime de estelionato e ficará à disposição da Justiça, para adoção das demais medidas legais cabíveis ao caso.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS