Presos mais dois envolvidos em crime contra idoso em Tobias

Cidades

 

A Polícia Civil prendeu de mais dois suspeitos envolvidos na tentativa de latrocínio contra um idoso de 76 anos, que foi torturado e violentado na semana passada, em um assalto no povoado Jabiberi, em Tobias Barreto (Centro-Sul). Os acusados foram identificados como Clenilson Rufino de Almeida, o "Pedreiro", 36; e Ricardo Nascimento Cruz, o "Gangão", de 23. Eles foram detidos no povoado Jabeberi.
No sábado, 31, a polícia já tinha prendido outro suspeito, identificado como Carlos Daniel Menezes, 18, e apreendido um adolescente de 16 anos, que também são suspeitos de participação no crime contra o idoso. O caso chamou muito a atenção porque os criminosos, durante o assalto, sufocaram a vítima com um saco plástico e colocaram uma estaca de madeira no ânus do aposentado. Ele ficou muito ferido e foi socorrido por vizinhos ao hospital da cidade.
De acordo com a polícia, os suspeitos queriam uma quantia de R$ 3 mil em dinheiro que a vítima supostamente teria guardado em casa. "Clenilson trabalhava como pedreiro na casa do idoso e tomou conhecimento que a vítima guardava uma quantia em dinheiro no local, e em contato com outros membros da quadrilha, acabou indicando como acharia a quantia e foram até o local e praticaram o crime", disse o delegado Fábio Allan Pimentel. Todos os presos estão sendo indiciados por tentativa de latrocínio. 

A Polícia Civil prendeu de mais dois suspeitos envolvidos na tentativa de latrocínio contra um idoso de 76 anos, que foi torturado e violentado na semana passada, em um assalto no povoado Jabiberi, em Tobias Barreto (Centro-Sul). Os acusados foram identificados como Clenilson Rufino de Almeida, o "Pedreiro", 36; e Ricardo Nascimento Cruz, o "Gangão", de 23. Eles foram detidos no povoado Jabeberi.
No sábado, 31, a polícia já tinha prendido outro suspeito, identificado como Carlos Daniel Menezes, 18, e apreendido um adolescente de 16 anos, que também são suspeitos de participação no crime contra o idoso. O caso chamou muito a atenção porque os criminosos, durante o assalto, sufocaram a vítima com um saco plástico e colocaram uma estaca de madeira no ânus do aposentado. Ele ficou muito ferido e foi socorrido por vizinhos ao hospital da cidade.
De acordo com a polícia, os suspeitos queriam uma quantia de R$ 3 mil em dinheiro que a vítima supostamente teria guardado em casa. "Clenilson trabalhava como pedreiro na casa do idoso e tomou conhecimento que a vítima guardava uma quantia em dinheiro no local, e em contato com outros membros da quadrilha, acabou indicando como acharia a quantia e foram até o local e praticaram o crime", disse o delegado Fábio Allan Pimentel. Todos os presos estão sendo indiciados por tentativa de latrocínio. 

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS