Sem faz de conta

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 29/08/2019 às 23:03:00

 

Os estudantes matriculados na 
rede estadual de ensino vão re
ceber atenção especial do governo de Sergipe, sem faz de conta, desde a alfabetização até a conclusão do ensino fundamental. Déficit de aprendizado, distorção idade/série e, finalmente, evasão estão no horizonte do programa Alfabetizar pra valer. A expectativa é de acompanhar a evolução de 86 mil alunos, passo a passo, todo ano.
Cerca de 80% dos alunos do 3º ano do Ensino Fundamental têm nível de leitura e matemática considerado insuficientes em Sergipe, segundo dados da última Avaliação Nacional de Alfabetização (ANA). O dado assusta, mas não é surpresa nenhuma. O analfabetismo é realidade mesmo entre os brasileiros com pleno acesso à educação formal.
Levantamento realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) já demonstrou que mais da metade dos estudantes do 3º ano do ensino fundamental apresentaram nível insuficiente de leitura e em matemática. Em bom português, os dados afirmam o brasileiro médio é incapaz de interpretar um texto e conferir o troco do pão.
Assim, vamos muito mal. Sergipe, o nordeste, mais o Brasil inteiro. O resultado anual do Exame Nacional do Ensino Médio é a prova de que a educação tem de entrar na pauta de prioridades de qualquer gestor realmente comprometido com o futuro do Brasil. De acordo com o balanço divulgado ano passado pelo próprio Ministério da Educação, apenas 77 estudantes conseguiram a nota máxima na prova de redação do referido exame. Somente 77, em mais de seis milhões.

Os estudantes matriculados na  rede estadual de ensino vão re ceber atenção especial do governo de Sergipe, sem faz de conta, desde a alfabetização até a conclusão do ensino fundamental. Déficit de aprendizado, distorção idade/série e, finalmente, evasão estão no horizonte do programa Alfabetizar pra valer. A expectativa é de acompanhar a evolução de 86 mil alunos, passo a passo, todo ano.
Cerca de 80% dos alunos do 3º ano do Ensino Fundamental têm nível de leitura e matemática considerado insuficientes em Sergipe, segundo dados da última Avaliação Nacional de Alfabetização (ANA). O dado assusta, mas não é surpresa nenhuma. O analfabetismo é realidade mesmo entre os brasileiros com pleno acesso à educação formal.
Levantamento realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) já demonstrou que mais da metade dos estudantes do 3º ano do ensino fundamental apresentaram nível insuficiente de leitura e em matemática. Em bom português, os dados afirmam o brasileiro médio é incapaz de interpretar um texto e conferir o troco do pão.
Assim, vamos muito mal. Sergipe, o nordeste, mais o Brasil inteiro. O resultado anual do Exame Nacional do Ensino Médio é a prova de que a educação tem de entrar na pauta de prioridades de qualquer gestor realmente comprometido com o futuro do Brasil. De acordo com o balanço divulgado ano passado pelo próprio Ministério da Educação, apenas 77 estudantes conseguiram a nota máxima na prova de redação do referido exame. Somente 77, em mais de seis milhões.