Sistema vai monitorar execução de programa

Política

 

Com o Alfabetizar pra Valer nasce, ainda, o Sistema de Avaliação da Educação Básica de Sergipe (Saese) que se constituirá num importante instrumento para o subsídio, formulação e monitoramento das políticas educacionais no estado, objetivando diagnosticar os níveis de aprendizagem dos alunos das Redes Públicas Estadual e Municipais de Ensino. O Saese será responsável pela avaliação externa da Educação Básica no Estado que será realizada, anualmente, pela Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), e se efetivará por meio da aplicação de testes de proficiência em todas as escolas das Redes Públicas.
Serão avaliados todos os alunos do 2º, 5º e 9º anos do Ensino Fundamental, e 3ª série do Ensino Médio nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, podendo, a qualquer tempo, estender-se a outros anos, bem como a outros componentes curriculares da Educação Básica.
As escalas de proficiência utilizadas pelo Saese devem permitir a comparabilidade com as das avaliações externas que compõem o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica - Saeb produzidas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - Inep.
O Saese deverá estabelecer um conjunto de indicadores fundamentais, aplicáveis por meio de uma metodologia capaz de produzir informações sobre os níveis de proficiência e sobre os resultados da aprendizagem obtidos pelos alunos, nas escolas das Redes Públicas Estadual e Municipais de Ensino.

Com o Alfabetizar pra Valer nasce, ainda, o Sistema de Avaliação da Educação Básica de Sergipe (Saese) que se constituirá num importante instrumento para o subsídio, formulação e monitoramento das políticas educacionais no estado, objetivando diagnosticar os níveis de aprendizagem dos alunos das Redes Públicas Estadual e Municipais de Ensino. O Saese será responsável pela avaliação externa da Educação Básica no Estado que será realizada, anualmente, pela Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), e se efetivará por meio da aplicação de testes de proficiência em todas as escolas das Redes Públicas.
Serão avaliados todos os alunos do 2º, 5º e 9º anos do Ensino Fundamental, e 3ª série do Ensino Médio nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, podendo, a qualquer tempo, estender-se a outros anos, bem como a outros componentes curriculares da Educação Básica.
As escalas de proficiência utilizadas pelo Saese devem permitir a comparabilidade com as das avaliações externas que compõem o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica - Saeb produzidas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - Inep.
O Saese deverá estabelecer um conjunto de indicadores fundamentais, aplicáveis por meio de uma metodologia capaz de produzir informações sobre os níveis de proficiência e sobre os resultados da aprendizagem obtidos pelos alunos, nas escolas das Redes Públicas Estadual e Municipais de Ensino.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS