Congresso instala nesta terça Comissão Mista de Mudanças Climáticas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O colegiado será presidido pelo senador Alessandro Vieira neste próximo biênio (2019-2020)
O colegiado será presidido pelo senador Alessandro Vieira neste próximo biênio (2019-2020)

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 26/08/2019 às 23:24:00

 

O Congresso Nacional vai instalar na terça-feira (27), às 14h30, a Comissão Mista Permanente de Mudanças Climáticas (CMMC). A comissão mista foi criada pela Resolução 4, de 2008, com atribuição de acompanhar, monitorar e fiscalizar, de modo contínuo, as ações referentes às mudanças climáticas no Brasil. Neste próximo biênio (2019-2020), o colegiado será presidido pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE).
A instalação desta terça contará com a presença do presidente do Senado, Davi Alcolumbre, que destacou a atuação da comissão como centralizadora do debate sobre os incêndios que atingem os estados da Amazônia. A primeira reunião do grupo de parlamentares será na Ala Senador Nilo Coelho, plenário 2, no Senado. A expectativa é que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (Democratas-RJ), também participe do ato.
A comissão mista é formada por 11 senadores e 11 deputados federais, sendo o mesmo número de membros suplentes, cumprindo o critério da proporcionalidade partidária.

O Congresso Nacional vai instalar na terça-feira (27), às 14h30, a Comissão Mista Permanente de Mudanças Climáticas (CMMC). A comissão mista foi criada pela Resolução 4, de 2008, com atribuição de acompanhar, monitorar e fiscalizar, de modo contínuo, as ações referentes às mudanças climáticas no Brasil. Neste próximo biênio (2019-2020), o colegiado será presidido pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE).
A instalação desta terça contará com a presença do presidente do Senado, Davi Alcolumbre, que destacou a atuação da comissão como centralizadora do debate sobre os incêndios que atingem os estados da Amazônia. A primeira reunião do grupo de parlamentares será na Ala Senador Nilo Coelho, plenário 2, no Senado. A expectativa é que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (Democratas-RJ), também participe do ato.
A comissão mista é formada por 11 senadores e 11 deputados federais, sendo o mesmo número de membros suplentes, cumprindo o critério da proporcionalidade partidária.