Sindicatos promovem Seminário sobre Petróleo, Gás e Fundo de Previdência

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 26/08/2019 às 23:12:00

 

Com a recente notícia de que a Petrobrás descobriu grande quantidade de petróleo e gás na bacia continental de Sergipe, as Centrais Sindicais CUT, UGT, CTB e CONLUTAS junto à Federação Única dos Petroleiros (FUP) e a Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) vão realizar um Seminário em Aracaju com especialistas sobre o tema no auditório do Sindipema, localizado em Aracaju, no bairro Siqueira Campos. A discussão também vai abordar o Regime Próprio de Previdência Social do Estado-RPPS, tendo em vista a situação de déficit apresentada nos últimos anos e com enfoque na real possibilidade de capitalização do Fundo de Previdência Estadual.
O debate contará com a palestra de Mirelli Malaguti Ferrari, professora do Núcleo de Estudos Internacionais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (NEI/UFRJ), assessora técnica em Finanças e Políticas Públicas e Gestão na Administração Pública, mestre e doutora em Economia, especialista em Orçamento Público. O coordenador estadual do Departamento Intersindical de Estudos e Estatísticas Sócio-Econômicas (Dieese), Luiz Moura, também será palestrante.
Para abordar a temática de Petróleo e Gás, foram convidados Radiovaldo Costa (Sindipetro/BA), Bruno Dantas, técnico de Exploração de Petróleo (Geologia) da Petrobras e Eugênio Dezen, gerente Executivo de Serviços da Petrobras no Rio de Janeiro (de 2013 a 2016), ex-presidente da Codise e Sergás no Estado e que ocupou as gerências de Caracterização e Estudos Especiais e de Reservatório, Setorial do Suporte Técnico, além da gerência-geral da UN-SE/AL.
Dirigente da CUT e da FUP, Ivan Calazans comenta a preparação do Seminário no seio do movimento sindical. "Qual a importância desta descoberta da Petrobras para o Estado de Sergipe? É o que queremos discutir neste Seminário. O movimento sindical em Sergipe chama a sociedade para debater sobre este assunto e que seja do conhecimento de todos.

Com a recente notícia de que a Petrobrás descobriu grande quantidade de petróleo e gás na bacia continental de Sergipe, as Centrais Sindicais CUT, UGT, CTB e CONLUTAS junto à Federação Única dos Petroleiros (FUP) e a Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) vão realizar um Seminário em Aracaju com especialistas sobre o tema no auditório do Sindipema, localizado em Aracaju, no bairro Siqueira Campos. A discussão também vai abordar o Regime Próprio de Previdência Social do Estado-RPPS, tendo em vista a situação de déficit apresentada nos últimos anos e com enfoque na real possibilidade de capitalização do Fundo de Previdência Estadual.
O debate contará com a palestra de Mirelli Malaguti Ferrari, professora do Núcleo de Estudos Internacionais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (NEI/UFRJ), assessora técnica em Finanças e Políticas Públicas e Gestão na Administração Pública, mestre e doutora em Economia, especialista em Orçamento Público. O coordenador estadual do Departamento Intersindical de Estudos e Estatísticas Sócio-Econômicas (Dieese), Luiz Moura, também será palestrante.
Para abordar a temática de Petróleo e Gás, foram convidados Radiovaldo Costa (Sindipetro/BA), Bruno Dantas, técnico de Exploração de Petróleo (Geologia) da Petrobras e Eugênio Dezen, gerente Executivo de Serviços da Petrobras no Rio de Janeiro (de 2013 a 2016), ex-presidente da Codise e Sergás no Estado e que ocupou as gerências de Caracterização e Estudos Especiais e de Reservatório, Setorial do Suporte Técnico, além da gerência-geral da UN-SE/AL.
Dirigente da CUT e da FUP, Ivan Calazans comenta a preparação do Seminário no seio do movimento sindical. "Qual a importância desta descoberta da Petrobras para o Estado de Sergipe? É o que queremos discutir neste Seminário. O movimento sindical em Sergipe chama a sociedade para debater sobre este assunto e que seja do conhecimento de todos.