Cope aborta tentativa de homicídio no Santos Dumont

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 22/08/2019 às 22:35:00

 

Um tiroteio entre suspeitos e policiais ocorrido ontem à tarde assustou moradores de uma rua no bairro Santos Dumont (zona norte de Aracaju). Policiais do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), que faziam levantamentos investigativos no bairro, se depararam com uma tentativa de homicídio, na qual um homem estava perseguindo um oponente e disparava tiros em sua direção. 
De acordo com o delegado André David, foi necessária uma rápida e pronta intervenção para salvar a vida do rapaz, que já estava ferido. "O agressor estava com um revólver em punho e foi alvejado. Tanto a vítima quanto o agressor foram socorridos e levados ao Huse [Hospital de Urgência de Sergipe", disse. No hospital, a polícia conseguiu identificar a vítima como sendo Antônio Matheus Lima Santos, que permanecia internado na noite de ontem. 
O agressor, não foi identificado até o fechamento desta edição, não resistiu aos ferimentos e morreu. "O local da tentativa de homicídio ocorreu perto de um supermercado e de uma feira-livre que acontece no bairro. Havia muita gente na rua e a confusão foi generalizada", disse o delegado, ressaltando que pediu apoio aos policiais militares do Batalhão de Radiopatrulha (BPRp). Eles chegaram minutos depois, ajudando a conter o tumulto e levarem os feridos para o hospital. O revólver usado pelo agressor foi apreendido com cinco munições deflagradas.

Um tiroteio entre suspeitos e policiais ocorrido ontem à tarde assustou moradores de uma rua no bairro Santos Dumont (zona norte de Aracaju). Policiais do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), que faziam levantamentos investigativos no bairro, se depararam com uma tentativa de homicídio, na qual um homem estava perseguindo um oponente e disparava tiros em sua direção. 
De acordo com o delegado André David, foi necessária uma rápida e pronta intervenção para salvar a vida do rapaz, que já estava ferido. "O agressor estava com um revólver em punho e foi alvejado. Tanto a vítima quanto o agressor foram socorridos e levados ao Huse [Hospital de Urgência de Sergipe", disse. No hospital, a polícia conseguiu identificar a vítima como sendo Antônio Matheus Lima Santos, que permanecia internado na noite de ontem. 
O agressor, não foi identificado até o fechamento desta edição, não resistiu aos ferimentos e morreu. "O local da tentativa de homicídio ocorreu perto de um supermercado e de uma feira-livre que acontece no bairro. Havia muita gente na rua e a confusão foi generalizada", disse o delegado, ressaltando que pediu apoio aos policiais militares do Batalhão de Radiopatrulha (BPRp). Eles chegaram minutos depois, ajudando a conter o tumulto e levarem os feridos para o hospital. O revólver usado pelo agressor foi apreendido com cinco munições deflagradas.