Ex-aluno invade escola com uma machadinha e ataca estudantes no RS

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 21/08/2019 às 23:00:00

 

Douglas Corrêa
Agência Brasil  
Um jovem de 17 anos feriu quatro estudantes com golpes de machadinha em um ataque a uma sala de aula do Instituto Estadual Educacional Assis Chateaubriand, no município de Charqueadas (RS), cidade próxima a Porto Alegre. O agressor era ex-aluno da instituição e foi preso, segundo informações da Polícia Civil da cidade.
Segundo a polícia, o jovem foi ouvido pelos investigadores e confessou o crime. Promotores de Justiça do Ministério Público Estadual também acompanham a investigação.
O ex-aluno atacou quatro estudantes com idades entre 12 e 13 anos. Nenhum deles ficou ferido com gravidade. Dois sofreram cortes e dois apenas escoriações pelo corpo. A ação só não foi mais grave, porque um professor conseguiu tomar a machadinha das mãos do agressor, que fugiu, em seguida. O jovem estava com um líquido inflamável que tirou da mochila e tentou atear fogo em uma sala de aula do 7º ano do ensino fundamental. 
Duas alunas desmaiaram durante a ação e foram atendidas no Hospital Municipal de Charqueadas. Por meio de nota, o hospital informou que quatro meninas e dois meninos receberam atendimento na casa de saúde e esclareceu que "todos os estudantes apresentaram ferimentos superficiais e nenhum necessitou de realização de cirurgia".
O governo do Rio Grande do Sul informou, em nota, que o Instituto Geral de Perícias periciou a sala onde ocorreu o ataque. "Embora as vítimas não tenham sido feridas com gravidade e estejam fora de perigo, o governo reforça extrema preocupação com o ocorrido e não medirá esforços para esclarecer os fatos e responsabilizar os culpados e acompanha com máxima atenção o fato criminoso ocorrido no início da tarde desta quarta-feira, no Instituto Estadual Educacional Assis Chateaubriand, no município de Charqueadas", diz a nota.

Um jovem de 17 anos feriu quatro estudantes com golpes de machadinha em um ataque a uma sala de aula do Instituto Estadual Educacional Assis Chateaubriand, no município de Charqueadas (RS), cidade próxima a Porto Alegre. O agressor era ex-aluno da instituição e foi preso, segundo informações da Polícia Civil da cidade.
Segundo a polícia, o jovem foi ouvido pelos investigadores e confessou o crime. Promotores de Justiça do Ministério Público Estadual também acompanham a investigação.
O ex-aluno atacou quatro estudantes com idades entre 12 e 13 anos. Nenhum deles ficou ferido com gravidade. Dois sofreram cortes e dois apenas escoriações pelo corpo. A ação só não foi mais grave, porque um professor conseguiu tomar a machadinha das mãos do agressor, que fugiu, em seguida. O jovem estava com um líquido inflamável que tirou da mochila e tentou atear fogo em uma sala de aula do 7º ano do ensino fundamental. 
Duas alunas desmaiaram durante a ação e foram atendidas no Hospital Municipal de Charqueadas. Por meio de nota, o hospital informou que quatro meninas e dois meninos receberam atendimento na casa de saúde e esclareceu que "todos os estudantes apresentaram ferimentos superficiais e nenhum necessitou de realização de cirurgia".
O governo do Rio Grande do Sul informou, em nota, que o Instituto Geral de Perícias periciou a sala onde ocorreu o ataque. "Embora as vítimas não tenham sido feridas com gravidade e estejam fora de perigo, o governo reforça extrema preocupação com o ocorrido e não medirá esforços para esclarecer os fatos e responsabilizar os culpados e acompanha com máxima atenção o fato criminoso ocorrido no início da tarde desta quarta-feira, no Instituto Estadual Educacional Assis Chateaubriand, no município de Charqueadas", diz a nota.