Ferroviário tem desfalques contra o Confiança

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 20/08/2019 às 22:32:00

 

A exemplo do adversário a equipe do Ferroviário -CE tem problemas para a partida decisiva deste sábado contra o Confiança. As duas equipes brigam por uma vaga no G-4 do Grupo A, do Brasileiro da Série C. 
Para esse jogo, o comandante do Ferrim já sabe que terá pelo menos dois desfalques, ambos por cartões. O zagueiro Da Silva foi expulso no empate contra o Imperatriz no último sábado (17). Já o volante Gleidson levou o terceiro cartão amarelo na mesma partida e está fora do confronto contra o Confiança. Jean Henrique, que vinha sendo titular nos últimos jogos, deve ficar com a vaga.
O zagueiro Afonso, que na partida contra o ABC no último dia 5 de agosto sofreu uma fissura no pé direito, pode voltar a jogar e entrar na vaga de Da Silva. O jogador fez exames e não foi constatada mais nenhuma lesão, e a provável entrada dele dependerá da evolução ao longo da semana. Caso não esteja apto, André Lima deve entrar no time titular.
A provável escalação do Ferroviário contra o Confiança deverá ser: Nícolas; Lucas Mendes, Afonso (André Lima), Luiz Fernando e Zeca; Leanderson, Jean Henrique, Janeudo e Hiltinho; Léo Jaime e Edson Cariús.
Queda - A campanha do Ferroviário no início da Série C do Brasileirão, dava sinais de que o time seria um dos favoritos ao acesso à Série B de 2020. A partir da 12ª rodada, porém, a equipe coral despencou de rendimento, e, além de perder a liderança, saiu do G-4. Apesar disso, a vantagem construída no início da competição ainda deixa o Ferrão com chances de classificação, e de olho na próxima fase, o time se reapresentou e treinou na manhã desta terça-feira (20) no CT Elzir Cabral, na Barra do Ceará.
Com 24 pontos e ocupando atualmente a sexta colocação, o Tubarão da Barra pode se classificar para a próxima fase com vitória diante do Confiança-SE no próximo sábado (24). Mesmo assim, o Ferrão depende de uma combinação de outros resultados para conseguir avançar. Pensando neste desafio, o técnico Marcelo Veiga comandou na tarde desta terça-feira o primeiro treino com os jogadores.

A exemplo do adversário a equipe do Ferroviário -CE tem problemas para a partida decisiva deste sábado contra o Confiança. As duas equipes brigam por uma vaga no G-4 do Grupo A, do Brasileiro da Série C. 
Para esse jogo, o comandante do Ferrim já sabe que terá pelo menos dois desfalques, ambos por cartões. O zagueiro Da Silva foi expulso no empate contra o Imperatriz no último sábado (17). Já o volante Gleidson levou o terceiro cartão amarelo na mesma partida e está fora do confronto contra o Confiança. Jean Henrique, que vinha sendo titular nos últimos jogos, deve ficar com a vaga.
O zagueiro Afonso, que na partida contra o ABC no último dia 5 de agosto sofreu uma fissura no pé direito, pode voltar a jogar e entrar na vaga de Da Silva. O jogador fez exames e não foi constatada mais nenhuma lesão, e a provável entrada dele dependerá da evolução ao longo da semana. Caso não esteja apto, André Lima deve entrar no time titular.
A provável escalação do Ferroviário contra o Confiança deverá ser: Nícolas; Lucas Mendes, Afonso (André Lima), Luiz Fernando e Zeca; Leanderson, Jean Henrique, Janeudo e Hiltinho; Léo Jaime e Edson Cariús.

Queda -
A campanha do Ferroviário no início da Série C do Brasileirão, dava sinais de que o time seria um dos favoritos ao acesso à Série B de 2020. A partir da 12ª rodada, porém, a equipe coral despencou de rendimento, e, além de perder a liderança, saiu do G-4. Apesar disso, a vantagem construída no início da competição ainda deixa o Ferrão com chances de classificação, e de olho na próxima fase, o time se reapresentou e treinou na manhã desta terça-feira (20) no CT Elzir Cabral, na Barra do Ceará.
Com 24 pontos e ocupando atualmente a sexta colocação, o Tubarão da Barra pode se classificar para a próxima fase com vitória diante do Confiança-SE no próximo sábado (24). Mesmo assim, o Ferrão depende de uma combinação de outros resultados para conseguir avançar. Pensando neste desafio, o técnico Marcelo Veiga comandou na tarde desta terça-feira o primeiro treino com os jogadores.