Confiança inicia programação com treino na Arena

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 20/08/2019 às 22:28:00

 

Uma semana não muito longa, mas, o suficiente para o Confiança se organizar e buscar, a qualquer custo à classificação para a fase seguinte do Campeonato Brasileiro da Série C, quando enfrentará o Ferroviário-CE, na tarde do próximo sábado (24), no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. O confronto será o último da fase de grupos.
Toda definição visando o Ferrão começou na tarde desta terça-feira, quando os atletas que jogaram contra o Treze-PB, fizeram um treino regenerativo, enquanto o G2 participou de uma movimentação contra a base proletária. Os trabalhos foram realizados na Arena Batistão.
O time que vai começar deverá ser mantido em sua formação inicial, mediante baixa médica do volante Rafael Vila, que chegou a ser liberado na semana passada, mas, voltou a sentir a musculatura da coxa, podendo ser mantido o volante Thallyson. Por outro lado, a boa notícia, é que, o goleiro Genivaldo, ausente na partida passada sentindo a panturrilha, voltou aos treinos e poderá ser uma opção para o treinador Daniel Paulista.
Para os azulinos somente uma vitória garantirá sua permanência na competição nacional, avançar à próxima fase de mata-mata na caminhada para o acesso à segunda divisão brasileira. Diferente do último adversário do Confiança, que precisava da vitória para saí do rebaixamento, o Ferroviário precisa vencer e depender de empates do Santa Cruz-PE, no clássico pernambucano contra o Náutico, e Imperatriz-MA, que vai pegar o Sampaio Corrêa.

Uma semana não muito longa, mas, o suficiente para o Confiança se organizar e buscar, a qualquer custo à classificação para a fase seguinte do Campeonato Brasileiro da Série C, quando enfrentará o Ferroviário-CE, na tarde do próximo sábado (24), no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. O confronto será o último da fase de grupos.
Toda definição visando o Ferrão começou na tarde desta terça-feira, quando os atletas que jogaram contra o Treze-PB, fizeram um treino regenerativo, enquanto o G2 participou de uma movimentação contra a base proletária. Os trabalhos foram realizados na Arena Batistão.
O time que vai começar deverá ser mantido em sua formação inicial, mediante baixa médica do volante Rafael Vila, que chegou a ser liberado na semana passada, mas, voltou a sentir a musculatura da coxa, podendo ser mantido o volante Thallyson. Por outro lado, a boa notícia, é que, o goleiro Genivaldo, ausente na partida passada sentindo a panturrilha, voltou aos treinos e poderá ser uma opção para o treinador Daniel Paulista.
Para os azulinos somente uma vitória garantirá sua permanência na competição nacional, avançar à próxima fase de mata-mata na caminhada para o acesso à segunda divisão brasileira. Diferente do último adversário do Confiança, que precisava da vitória para saí do rebaixamento, o Ferroviário precisa vencer e depender de empates do Santa Cruz-PE, no clássico pernambucano contra o Náutico, e Imperatriz-MA, que vai pegar o Sampaio Corrêa.