Alunos de Escola Estadual de Umbaúba desenvolvem sabão ecológico a partir do reaproveitamento da laranja

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 23/07/2019 às 07:07:00

 

A professora de Química, Darcylaine Martins, e o aluno da 3ª série do Ensino Médio, Jian Nascimento dos Santos, ambos do Colégio Estadual Dr. Antônio Garcia Filho, localizado em Umbaúba, embarcaram nesta segunda-feira, 22, no aeroporto de Aracaju para o Mato Grosso do Sul, com o objetivo de participarem da Mostra Nacional das Feiras de Ciência. O projeto "Laranjas: Produzir, Espremer e Saponificar" foi classificado para representar Sergipe e consiste em aproveitar o que sobra da produção da laranja produzida na região em sabão ecológico, diminuindo o acúmulo de lixo e dando um fim sustentável para o excesso da produção.
O convite partiu do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) e da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) ao analisarem que o projeto da escola estadual sergipana é sustentável no ponto de vista de viabilidade cientifica, além de ter sido classificado em 1º lugar na Feira de Ciências, Artes e Tecnologia da UFS (Cienart); 1º lugar no Prêmio Destaque PIBICjr e o 3º lugar na etapa estadual do Prêmio Professores do Brasil do Ministério da Educação.
Participam do projeto dez alunos orientados pelas professoras de Química, Darcylaine Martins, e de História, Andréa Oliveira. O projeto iniciou há três anos, ao perceberem que os alunos eram filhos de agricultores de laranja na região e não conheciam o ciclo de produção e maturação da fruta. "Primeiramente, elaboramos uma aula diferente para que os alunos do Colégio Estadual Dr. Antônio Garcia Filho conhecessem de perto toda a cadeia produtiva da laranja do seu município, começando pelos viveiros de mudas de laranjas até as fábricas de suco de laranja. Os alunos ficaram tão empolgados, que foram além do esperado. Eles observaram que algumas laranjas eram descartadas e desperdiçadas durante o processo e resolveram dar um destino sustentável para essas laranjas. Os alunos, orientados pela professora de Química, transformaram as laranjas em sabão ecológico, diminuindo o acúmulo de lixo", explica Darcylaine Martins.
Ela e o aluno Jian Nascimento dos Santos participam da Mostra Nacional de Feiras de Ciências no Mato Grosso do Sul, que acontece durante a 71ª Reunião da SBPC, onde, também, será realizada a Feira de Tecnologias, Engenharias e Ciências de Mato Grosso do Sul (Fetec/MS). Ambos os eventos fazem parte da programação da SBPC Jovem e acontecem no ginásio Moreninho, entre às 8h e 11h30, com abertura programada para esta terça-feira, 23.

A professora de Química, Darcylaine Martins, e o aluno da 3ª série do Ensino Médio, Jian Nascimento dos Santos, ambos do Colégio Estadual Dr. Antônio Garcia Filho, localizado em Umbaúba, embarcaram nesta segunda-feira, 22, no aeroporto de Aracaju para o Mato Grosso do Sul, com o objetivo de participarem da Mostra Nacional das Feiras de Ciência. O projeto "Laranjas: Produzir, Espremer e Saponificar" foi classificado para representar Sergipe e consiste em aproveitar o que sobra da produção da laranja produzida na região em sabão ecológico, diminuindo o acúmulo de lixo e dando um fim sustentável para o excesso da produção.
O convite partiu do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) e da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) ao analisarem que o projeto da escola estadual sergipana é sustentável no ponto de vista de viabilidade cientifica, além de ter sido classificado em 1º lugar na Feira de Ciências, Artes e Tecnologia da UFS (Cienart); 1º lugar no Prêmio Destaque PIBICjr e o 3º lugar na etapa estadual do Prêmio Professores do Brasil do Ministério da Educação.
Participam do projeto dez alunos orientados pelas professoras de Química, Darcylaine Martins, e de História, Andréa Oliveira. O projeto iniciou há três anos, ao perceberem que os alunos eram filhos de agricultores de laranja na região e não conheciam o ciclo de produção e maturação da fruta. "Primeiramente, elaboramos uma aula diferente para que os alunos do Colégio Estadual Dr. Antônio Garcia Filho conhecessem de perto toda a cadeia produtiva da laranja do seu município, começando pelos viveiros de mudas de laranjas até as fábricas de suco de laranja. Os alunos ficaram tão empolgados, que foram além do esperado. Eles observaram que algumas laranjas eram descartadas e desperdiçadas durante o processo e resolveram dar um destino sustentável para essas laranjas. Os alunos, orientados pela professora de Química, transformaram as laranjas em sabão ecológico, diminuindo o acúmulo de lixo", explica Darcylaine Martins.
Ela e o aluno Jian Nascimento dos Santos participam da Mostra Nacional de Feiras de Ciências no Mato Grosso do Sul, que acontece durante a 71ª Reunião da SBPC, onde, também, será realizada a Feira de Tecnologias, Engenharias e Ciências de Mato Grosso do Sul (Fetec/MS). Ambos os eventos fazem parte da programação da SBPC Jovem e acontecem no ginásio Moreninho, entre às 8h e 11h30, com abertura programada para esta terça-feira, 23.