Processo seletivo para diretor de escola entra na fase das entrevistas e defesa do plano de gestão

Política

 

Os candidatos que estão participando da seleção para diretor das escolas estaduais iniciarão, a partir desta terça-feira (16), a quarta etapa do Processo Seletivo referente às entrevistas. A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) publicou o edital nº 12/2019, com o cronograma da Banca Examinadora que realizará essa fase, contendo os nomes, datas e horários das entrevistas.
Cada candidato deverá levar três vias impressas de seu plano de gestão para apreciação da banca examinadora. Nenhum participante poderá assistir à entrevista de outro e não será permitido reagendamento das entrevistas por ausência do candidato; logo, a ausência implica eliminação da seleção.
De acordo com o diretor do Departamento de Recursos Humanos (DRH/Seduc), professor Jorge Costa Cruz Júnior, a Banca examinadora será composta pelo diretor da Diretoria Regional de Educação (DRE), representante do DRH e representante do Departamento de Educação (DED), que vão avaliar os Planos de Gestão com base nos critérios do edital.
 "Os mais de 400 candidatos irão apresentar o seu Plano de Gestão durante a entrevista, momento em que os membros da banca examinadora farão perguntas. Essa é a última das etapas da seleção, fase que vai dizer qual a classificação final dos candidatos", explicou Jorge Costa, lembrando ainda que as entrevistas serão feitas por grupos de escolas.
Resultado e posse - As entrevistas serão realizadas nas sedes das Diretorias Regionais de Educação. Para os candidatos da DEA, serão feitas na sede da Seduc. O resultado deverá ser divulgado até o dia 31 de julho, e a posse está prevista para a segunda semana de agosto.
Os candidatos selecionados participarão de um curso de formação com duração de 10 módulos, cujo início está agendado para o dia 2 de agosto. "O curso será feito após a posse, com os diretores já exercendo a função. O que eles aprenderem durante a formação já colocarão em prática nas suas escolas", disse Jorge Costa.

Os candidatos que estão participando da seleção para diretor das escolas estaduais iniciarão, a partir desta terça-feira (16), a quarta etapa do Processo Seletivo referente às entrevistas. A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) publicou o edital nº 12/2019, com o cronograma da Banca Examinadora que realizará essa fase, contendo os nomes, datas e horários das entrevistas.
Cada candidato deverá levar três vias impressas de seu plano de gestão para apreciação da banca examinadora. Nenhum participante poderá assistir à entrevista de outro e não será permitido reagendamento das entrevistas por ausência do candidato; logo, a ausência implica eliminação da seleção.
De acordo com o diretor do Departamento de Recursos Humanos (DRH/Seduc), professor Jorge Costa Cruz Júnior, a Banca examinadora será composta pelo diretor da Diretoria Regional de Educação (DRE), representante do DRH e representante do Departamento de Educação (DED), que vão avaliar os Planos de Gestão com base nos critérios do edital.
 "Os mais de 400 candidatos irão apresentar o seu Plano de Gestão durante a entrevista, momento em que os membros da banca examinadora farão perguntas. Essa é a última das etapas da seleção, fase que vai dizer qual a classificação final dos candidatos", explicou Jorge Costa, lembrando ainda que as entrevistas serão feitas por grupos de escolas.

Resultado e posse - As entrevistas serão realizadas nas sedes das Diretorias Regionais de Educação. Para os candidatos da DEA, serão feitas na sede da Seduc. O resultado deverá ser divulgado até o dia 31 de julho, e a posse está prevista para a segunda semana de agosto.
Os candidatos selecionados participarão de um curso de formação com duração de 10 módulos, cujo início está agendado para o dia 2 de agosto. "O curso será feito após a posse, com os diretores já exercendo a função. O que eles aprenderem durante a formação já colocarão em prática nas suas escolas", disse Jorge Costa.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS