Ampliação e prorrogação da isenção do IPTU aumenta a procura pelo benefício fiscal

Política

 

A solicitação da isenção do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) foi prorrogada pelo prefeito Edvaldo Nogueira e pode ser feita até o dia 30 de agosto. Além de esticar o prazo para que o cidadão possa solicitar este benefício fiscal, o gestor municipal também ampliou o número de famílias que podem requerer a isenção deste imposto.
Ao adotar essas medidas, a Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz), um dos locais disponíveis para solicitar a isenção do IPTU, tem registrado, diariamente, intensa procura para este tipo de requerimento, que passou a contemplar o cidadão cujo imóvel está avaliado em até R$160 mil. A previsão da Prefeitura de Aracaju é de que mais de 13 mil famílias sejam beneficiadas com a ampliação das faixas de isenção do IPTU.
Valéria Lessa, diretora de Atendimento da Semfaz, destaca que o fluxo de pessoas que estão indo à secretaria solicitar a isenção do IPTU aumenta a cada dia. "Desde que a população passou a receber as cartas comunicando sobre a prorrogação da solicitação do IPTU e sua ampliação, nós temos detectado uma demanda cada vez maior, e isso é um ótimo sinal, pois mostra que os cidadãos estão procurando participar do benefício", ressalta.
A diretora da Semfaz afirma ainda que, este ano, cinco tipos de cartas foram enviadas às pessoas que poderiam participar do abono do IPTU, assim como contribuintes que estavam isentos do pagamento, mas passarão a pagar a taxa anual por não preencher mais os requisitos necessários para usufruir esse benefício fiscal.
"Nós dividimos as cartas em cinco tipos, para cada situação em relação ao IPTU. A Carta do tipo 1 é para todos aqueles que têm apenas um imóvel, no valor de até 160 mil reais, neste caso a pessoa nem precisa comparecer à Semfaz, a carta serve como um anúncio para avisar àquela pessoa que ela estará isenta do pagamento. O modelo 2 e 3 foi enviado às pessoas que já participam do benefício, mas precisam trazer documentos para atualizar o nosso cadastro. A carta número 4 é informou que o imóvel foi avaliado em mais de 160 mil reais e saiu da faixa de isenção. A carta do tipo 5 é destinada a todos os servidores municipais que possuem apenas um imóvel, que independente do valor, estará isento da taxa do IPTU", explica.

A solicitação da isenção do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) foi prorrogada pelo prefeito Edvaldo Nogueira e pode ser feita até o dia 30 de agosto. Além de esticar o prazo para que o cidadão possa solicitar este benefício fiscal, o gestor municipal também ampliou o número de famílias que podem requerer a isenção deste imposto.
Ao adotar essas medidas, a Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz), um dos locais disponíveis para solicitar a isenção do IPTU, tem registrado, diariamente, intensa procura para este tipo de requerimento, que passou a contemplar o cidadão cujo imóvel está avaliado em até R$160 mil. A previsão da Prefeitura de Aracaju é de que mais de 13 mil famílias sejam beneficiadas com a ampliação das faixas de isenção do IPTU.
Valéria Lessa, diretora de Atendimento da Semfaz, destaca que o fluxo de pessoas que estão indo à secretaria solicitar a isenção do IPTU aumenta a cada dia. "Desde que a população passou a receber as cartas comunicando sobre a prorrogação da solicitação do IPTU e sua ampliação, nós temos detectado uma demanda cada vez maior, e isso é um ótimo sinal, pois mostra que os cidadãos estão procurando participar do benefício", ressalta.
A diretora da Semfaz afirma ainda que, este ano, cinco tipos de cartas foram enviadas às pessoas que poderiam participar do abono do IPTU, assim como contribuintes que estavam isentos do pagamento, mas passarão a pagar a taxa anual por não preencher mais os requisitos necessários para usufruir esse benefício fiscal.
"Nós dividimos as cartas em cinco tipos, para cada situação em relação ao IPTU. A Carta do tipo 1 é para todos aqueles que têm apenas um imóvel, no valor de até 160 mil reais, neste caso a pessoa nem precisa comparecer à Semfaz, a carta serve como um anúncio para avisar àquela pessoa que ela estará isenta do pagamento. O modelo 2 e 3 foi enviado às pessoas que já participam do benefício, mas precisam trazer documentos para atualizar o nosso cadastro. A carta número 4 é informou que o imóvel foi avaliado em mais de 160 mil reais e saiu da faixa de isenção. A carta do tipo 5 é destinada a todos os servidores municipais que possuem apenas um imóvel, que independente do valor, estará isento da taxa do IPTU", explica.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS