Kitty Lima protocola Moção de Repúdio ao governador do RJ

Política

 

Na tarde desta segunda-feira,  a deputada estadual Kitty Lima (PPS), ocupou a tribuna para registrar sua participação no  1º Encontro de Mulheres Jovens do partido Cidadania. O evento aconteceu ontem, 30, em Brasília.
Kitty Lima frisou que durante o encontro foi discutido sobre feminicídio, empoderamento feminino, violência doméstica e o fortalecimento de mais mulheres na política. Na ocasião, foi celebrado um acordo de cooperação com o coletivo de juventude J23 por dois anos. O termo foi assinado pelas dirigentes Juliet Matos, secretária nacional do M23 e Indaiá Pacheco, da J23. O acordo faz parte da estratégia de ação da Secretaria Nacional de Mulheres para o empoderamento feminino.
Durante seu pronunciamento, a parlamentar também  relatou que deputada federal pelo PSOL, Talíria Petrone, recebeu ameaças de morte, e que o governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, entendeu que deveria recusar a proteção policial na segurança de Talíria.

Na tarde desta segunda-feira,  a deputada estadual Kitty Lima (PPS), ocupou a tribuna para registrar sua participação no  1º Encontro de Mulheres Jovens do partido Cidadania. O evento aconteceu ontem, 30, em Brasília.
Kitty Lima frisou que durante o encontro foi discutido sobre feminicídio, empoderamento feminino, violência doméstica e o fortalecimento de mais mulheres na política. Na ocasião, foi celebrado um acordo de cooperação com o coletivo de juventude J23 por dois anos. O termo foi assinado pelas dirigentes Juliet Matos, secretária nacional do M23 e Indaiá Pacheco, da J23. O acordo faz parte da estratégia de ação da Secretaria Nacional de Mulheres para o empoderamento feminino.
Durante seu pronunciamento, a parlamentar também  relatou que deputada federal pelo PSOL, Talíria Petrone, recebeu ameaças de morte, e que o governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, entendeu que deveria recusar a proteção policial na segurança de Talíria.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS