Foragido de Santa Catarina é preso por homicídio em Neópolis

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 26/06/2019 às 23:19:00

 

Policiais da Delegacia Regional de Maruim prenderam anteontem o foragido Jhones de Jesus Silva, o 'Papada', contra o qual havia mandado de prisão preventiva por um homicídio cometido em Itajaí (SC). Ele também está sendo investigado por um homicídio ocorrido em Rosário do Catete, no mês de dezembro de 2018, que teve por vítima Válber Iago dos Santos Menezes, conhecido como 'Val da Oficina'. 
A prisão ocorreu em Neópolis. Interrogado pelo delegado Ataíde Alves na presença de um advogado, Jhones confessou que pagou R$ 2 mil a Isaac dos Santos Silva, homem que atirou em 'Val. Segundo o mandante, Jhones, o crime ocorreu por vingança, porque a vítima estaria envolvida em uma tentativa de homicídio contra a irmã de Jhones, no ano de 2016, também em Rosário do Catete. 
Isaac foi preso por policiais civis da Regional de Maruim no último dia 12 de junho, em Arauá. Além do mandado de prisão pelo crime em Rosário do Catete, foram encontrados 170 pedras de crack no momento da prisão, sendo autuado também pelo crime de tráfico de drogas. O delegado Ataíde Alves informou que irá representar pela prisão preventiva de Jhones pelo homicídio de Válber. Caso seja deferido, Jhones ficará preso também pelos crimes cometidos em Sergipe. (da SSP)

Policiais da Delegacia Regional de Maruim prenderam anteontem o foragido Jhones de Jesus Silva, o 'Papada', contra o qual havia mandado de prisão preventiva por um homicídio cometido em Itajaí (SC). Ele também está sendo investigado por um homicídio ocorrido em Rosário do Catete, no mês de dezembro de 2018, que teve por vítima Válber Iago dos Santos Menezes, conhecido como 'Val da Oficina'. 
A prisão ocorreu em Neópolis. Interrogado pelo delegado Ataíde Alves na presença de um advogado, Jhones confessou que pagou R$ 2 mil a Isaac dos Santos Silva, homem que atirou em 'Val. Segundo o mandante, Jhones, o crime ocorreu por vingança, porque a vítima estaria envolvida em uma tentativa de homicídio contra a irmã de Jhones, no ano de 2016, também em Rosário do Catete. 
Isaac foi preso por policiais civis da Regional de Maruim no último dia 12 de junho, em Arauá. Além do mandado de prisão pelo crime em Rosário do Catete, foram encontrados 170 pedras de crack no momento da prisão, sendo autuado também pelo crime de tráfico de drogas. O delegado Ataíde Alves informou que irá representar pela prisão preventiva de Jhones pelo homicídio de Válber. Caso seja deferido, Jhones ficará preso também pelos crimes cometidos em Sergipe. (da SSP)