Preso tenta escapar e pula do 3º andar de fórum

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 21/06/2019 às 23:01:00

 

Um detento ficou ferido após tentar escapar de uma cela de passagem do Fórum Gumercindo Bessa, no Capucho (zona oeste de Aracaju), na manhã desta sexta-feira. Segundo informações da polícia, ele quebrou a porta da cela e pulou pela janela do terceiro andar do edifício, mas acabou caindo em cima do primeiro pavimento da estrutura. O preso é acusado pelo crime de tráfico de drogas e tinha acabado de ter a prisão preventiva decretada pelo juiz plantonista Nelson Humberto Madeira.
O relato é de que o detento, não identificado, decidiu fugir depois de ouvir o decreto de prisão e agiu depois de ter sido devolvido à cela, na qual aguardaria transferência para uma cadeia pública. Após a queda, o detento foi contido pelos policiais que fazem a segurança do fórum e levado ao posto médico com lesões no rosto e um corte no supercilio.
Após a tentativa de fuga, o magistrado manteve a prisão preventiva do suspeito e negou um pedido de liberdade impetrado pela Defensoria Pública, mas determinou a realização de um exame de corpo delito. O juiz alegou que a prisão pode impedir uma nova tentativa de escape do preso. Determinou ainda que ele fique isolado dos demais presos, por ser portador do vírus HIV e alertar que estava com tuberculose.

Um detento ficou ferido após tentar escapar de uma cela de passagem do Fórum Gumercindo Bessa, no Capucho (zona oeste de Aracaju), na manhã desta sexta-feira. Segundo informações da polícia, ele quebrou a porta da cela e pulou pela janela do terceiro andar do edifício, mas acabou caindo em cima do primeiro pavimento da estrutura. O preso é acusado pelo crime de tráfico de drogas e tinha acabado de ter a prisão preventiva decretada pelo juiz plantonista Nelson Humberto Madeira.
O relato é de que o detento, não identificado, decidiu fugir depois de ouvir o decreto de prisão e agiu depois de ter sido devolvido à cela, na qual aguardaria transferência para uma cadeia pública. Após a queda, o detento foi contido pelos policiais que fazem a segurança do fórum e levado ao posto médico com lesões no rosto e um corte no supercilio.
Após a tentativa de fuga, o magistrado manteve a prisão preventiva do suspeito e negou um pedido de liberdade impetrado pela Defensoria Pública, mas determinou a realização de um exame de corpo delito. O juiz alegou que a prisão pode impedir uma nova tentativa de escape do preso. Determinou ainda que ele fique isolado dos demais presos, por ser portador do vírus HIV e alertar que estava com tuberculose.