Estância participa de ato público alusivo ao Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 13/06/2019 às 23:26:00

 

Para conscientizar a população que lugar de criança é na escola e não realizando atividades laborais, o Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil em Sergipe (Fepeti/SE), em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT), e diversos representantes de entidades que atuam na promoção e em defesa dos direitos das crianças e adolescentes, realizaram na quarta-feira (12) um ato público, no centro de Aracaju, em alusão do dia mundial de combate ao trabalho infantil.
Em 2019 o tema escolhido da campanha foi "Criança não deve trabalhar. Infância é para sonhar", cuja a intenção é mostrar que trabalhar é uma responsabilidade de adulto e que à criança cabe estudar, brincar e sonhar. A ação contou com atividades artísticas e culturais desenvolvidas pelas crianças assustadas pelo CRAS e Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Familiar de diversos municípios sergipanos.
O município de Estância se fez pressente mais uma vez no ato através da Secretária da Assistência Social, Coordenação do AEPETI e por meio da Comissão Intersetorial de Erradicação do Trabalho Infantil. A secretária da Assistência Social de Estância, Danielle Muhlert destacou a importância do ato e lembrou as ações desenvolvidas no município. "Durante todo o ano nós realizamos ações estratégicas de combate ao trabalho infantil. Nessa semana iniciamos as atividades no dia 10 de junho com a fixação de faixas, cartazes e distribuição de panfletos nos pontos comerciais, instituições e órgãos públicos. Al& eacute;m disso, realizamos atividades nos CRAS, escolas, Serviços de Convivência e outros equipamentos. Já no dia de hoje estamos aqui participando desse Ato Público mundial em defesa das crianças e dos adolescentes", destacou.

Para conscientizar a população que lugar de criança é na escola e não realizando atividades laborais, o Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil em Sergipe (Fepeti/SE), em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT), e diversos representantes de entidades que atuam na promoção e em defesa dos direitos das crianças e adolescentes, realizaram na quarta-feira (12) um ato público, no centro de Aracaju, em alusão do dia mundial de combate ao trabalho infantil.
Em 2019 o tema escolhido da campanha foi "Criança não deve trabalhar. Infância é para sonhar", cuja a intenção é mostrar que trabalhar é uma responsabilidade de adulto e que à criança cabe estudar, brincar e sonhar. A ação contou com atividades artísticas e culturais desenvolvidas pelas crianças assustadas pelo CRAS e Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Familiar de diversos municípios sergipanos.
O município de Estância se fez pressente mais uma vez no ato através da Secretária da Assistência Social, Coordenação do AEPETI e por meio da Comissão Intersetorial de Erradicação do Trabalho Infantil. A secretária da Assistência Social de Estância, Danielle Muhlert destacou a importância do ato e lembrou as ações desenvolvidas no município. "Durante todo o ano nós realizamos ações estratégicas de combate ao trabalho infantil. Nessa semana iniciamos as atividades no dia 10 de junho com a fixação de faixas, cartazes e distribuição de panfletos nos pontos comerciais, instituições e órgãos públicos. Al& eacute;m disso, realizamos atividades nos CRAS, escolas, Serviços de Convivência e outros equipamentos. Já no dia de hoje estamos aqui participando desse Ato Público mundial em defesa das crianças e dos adolescentes", destacou.