Tricolor se classifica como líder do Grupo A9

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 11/06/2019 às 07:53:00

 

No jogo de matar ou morrer na Série D do Campeonato Brasileiro deu Itabaiana. Fora de casa, o Tricolor derrotou a Aparecidense, por 2 a 0, no Aníbal Toledo, em Aparecida de Goiânia, pela última rodada da primeira fase da quarta divisão. Com a vitória, o Itabaiana terminou na liderança do Grupo A09 com 13 pontos, deixando para trás o Juazeirense, que ficou com a vaga da Aparecidense. Os goianos, que precisavam de uma simples vitória, terminaram em terceiro lugar, com nove pontos. Os sergipanos enfrentarão o ASA-AL.
A Aparecidense precisava vencer. Então foi para cima do adversário no começo da partida e teve a chance de abrir o placar em cobrança de pênalti. Alex Henrique, no entanto, errou o alvo. No lance seguinte, os visitantes abriram o placar com o zagueiro Berto, após cobrança de escanteio da direta.
O desespero dos donos da casa aumentou no segundo tempo. Com o adversário bem fechado no campo de defesa, a Aparecidense não conseguiu levar perigo. A chance mais clara veio com Mário Sérgio. Dentro da área, a bola sobrou para o lateral, que chutou fraco e facilitou para Weide. O castigo veio no final em contra-ataque finalizado por Luiz Paulo.

No jogo de matar ou morrer na Série D do Campeonato Brasileiro deu Itabaiana. Fora de casa, o Tricolor derrotou a Aparecidense, por 2 a 0, no Aníbal Toledo, em Aparecida de Goiânia, pela última rodada da primeira fase da quarta divisão. Com a vitória, o Itabaiana terminou na liderança do Grupo A09 com 13 pontos, deixando para trás o Juazeirense, que ficou com a vaga da Aparecidense. Os goianos, que precisavam de uma simples vitória, terminaram em terceiro lugar, com nove pontos. Os sergipanos enfrentarão o ASA-AL.
A Aparecidense precisava vencer. Então foi para cima do adversário no começo da partida e teve a chance de abrir o placar em cobrança de pênalti. Alex Henrique, no entanto, errou o alvo. No lance seguinte, os visitantes abriram o placar com o zagueiro Berto, após cobrança de escanteio da direta.
O desespero dos donos da casa aumentou no segundo tempo. Com o adversário bem fechado no campo de defesa, a Aparecidense não conseguiu levar perigo. A chance mais clara veio com Mário Sérgio. Dentro da área, a bola sobrou para o lateral, que chutou fraco e facilitou para Weide. O castigo veio no final em contra-ataque finalizado por Luiz Paulo.