Secretário de Itabaiana é assassinado em restaurante

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Rauan Stephani Santos Santana foi assassinado a tiros dentro de um restaurante
Rauan Stephani Santos Santana foi assassinado a tiros dentro de um restaurante

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 06/06/2019 às 23:15:00

 

Gabriel Damásio
O secretário de As-
suntos Institucio-
nais e Defesa Social da Prefeitura Municipal de Itabaiana (Agreste), Rauan Stephani Santos Santana, 29 anos, foi assassinado a tiros dentro de um restaurante no quilômetro 48 da BR-235, em Itabaiana. Segundo informações, ele tomava café com dois amigos no local, ao início da manhã de ontem, e foi executado por um homem vestido com boné e camiseta preta longa, que chegou ao restaurante de carro, desceu do veiculo e entrou em busca da vítima. Toda a ação durou cerca de 10 segundos e foi gravada pela câmera de segurança do restaurante. 
As imagens, divulgadas nas redes sociais, mostram que o criminoso chega-se à mesa onde Rauan e os amigos estavam, sacando rapidamente um revólver. Sem demora, ele descarrega a arma e acerta os tiros na cabeça e no pescoço do secretário, matando-o na hora. No entanto, o assassino não se dá por satisfeito e saca uma pistola automática, com a qual dispara uma rajada de tiros na direção da vítima. Ao todo, foram pelo menos 13 tiros. Os dois amigos de Rauan conseguiram fugir no momento dos tiros. 
Equipes das polícias Civil e Militar foram mobilizadas e estiveram no restaurante para levantar as primeiras informações. Em seguida, compareceu o delegado regional de Itabaiana, Tarcísio Tenório, que deve assumir as investigações. Segundo ele, a morte do secretário tem todas as características de execução planejada, e a suspeita inicial da polícia é que o crime tenha sido encomendado. A motivação, contudo, ainda não está clara para os investigadores que apuram o caso. A possibilidade de que uma segunda pessoa teria dado cobertura ao matador também não está descartada. 
O corpo foi retirado do restaurante ao final da manhã, por equipes do Instituto Médico-Legal (IML). O corpo deve ser sepultado hoje, em Itabaiana. O prefeito da cidade, Valmir de Francisquinho (PR), cancelou duas inaugurações que estavam previstas nesta quinta-feira e decretou luto oficial por três dias. Em nota, ele lamentou a morte do secretário e disse sentir "a perda, tão repentina, de um jovem que tinha grandes ideais e que, com certeza, traçaria um futuro brilhante na área jurídica e pessoal". Rauan era estudante de Direito, já atuou como estagiário em um escritório de advocacia e estava há três meses na Secretaria Municipal de Assuntos Institucionais da cidade serrana.  

Gabriel Damásio

O secretário de As- suntos Institucio- nais e Defesa Social da Prefeitura Municipal de Itabaiana (Agreste), Rauan Stephani Santos Santana, 29 anos, foi assassinado a tiros dentro de um restaurante no quilômetro 48 da BR-235, em Itabaiana. Segundo informações, ele tomava café com dois amigos no local, ao início da manhã de ontem, e foi executado por um homem vestido com boné e camiseta preta longa, que chegou ao restaurante de carro, desceu do veiculo e entrou em busca da vítima. Toda a ação durou cerca de 10 segundos e foi gravada pela câmera de segurança do restaurante. 
As imagens, divulgadas nas redes sociais, mostram que o criminoso chega-se à mesa onde Rauan e os amigos estavam, sacando rapidamente um revólver. Sem demora, ele descarrega a arma e acerta os tiros na cabeça e no pescoço do secretário, matando-o na hora. No entanto, o assassino não se dá por satisfeito e saca uma pistola automática, com a qual dispara uma rajada de tiros na direção da vítima. Ao todo, foram pelo menos 13 tiros. Os dois amigos de Rauan conseguiram fugir no momento dos tiros. 
Equipes das polícias Civil e Militar foram mobilizadas e estiveram no restaurante para levantar as primeiras informações. Em seguida, compareceu o delegado regional de Itabaiana, Tarcísio Tenório, que deve assumir as investigações. Segundo ele, a morte do secretário tem todas as características de execução planejada, e a suspeita inicial da polícia é que o crime tenha sido encomendado. A motivação, contudo, ainda não está clara para os investigadores que apuram o caso. A possibilidade de que uma segunda pessoa teria dado cobertura ao matador também não está descartada. 
O corpo foi retirado do restaurante ao final da manhã, por equipes do Instituto Médico-Legal (IML). O corpo deve ser sepultado hoje, em Itabaiana. O prefeito da cidade, Valmir de Francisquinho (PR), cancelou duas inaugurações que estavam previstas nesta quinta-feira e decretou luto oficial por três dias. Em nota, ele lamentou a morte do secretário e disse sentir "a perda, tão repentina, de um jovem que tinha grandes ideais e que, com certeza, traçaria um futuro brilhante na área jurídica e pessoal". Rauan era estudante de Direito, já atuou como estagiário em um escritório de advocacia e estava há três meses na Secretaria Municipal de Assuntos Institucionais da cidade serrana.