Dois corpos são encontrados em Divina Pastora

Cidades

 

A polícia vai investigar a morte de dois pedreiros que tiveram seus corpos encontrados ontem à tarde, em um matagal na zona rural de Divina Pastora (Vale do Cotinguiba). Eles estavam desaparecidos desde a tarde desta segunda-feira, quando, segundo a família, foram vistos deixando uma fazenda da região, onde fizeram um serviço de reforma. Segundo a polícia, os dois homens eram genro e sogro, e foram rendidos por desconhecidos que o abordaram na estrada e os colocaram em um carro. 
O delegado de Divina Pastora, João Martins Cunha, confirmou que os corpos foram achados a cerca de dois quilômetros do local da abordagem. Eles estavam amarrados pelos braços e tinham marcas de tiros na cabeça. Os policiais também encontraram a moto e uma mochila usada pelas vítimas, abandonadas perto do local do crime. O caso já começou a ser investigado pela Delegacia de Divina Pastora, que está ouvindo depoimentos de parentes dos dois pedreiros. 

A polícia vai investigar a morte de dois pedreiros que tiveram seus corpos encontrados ontem à tarde, em um matagal na zona rural de Divina Pastora (Vale do Cotinguiba). Eles estavam desaparecidos desde a tarde desta segunda-feira, quando, segundo a família, foram vistos deixando uma fazenda da região, onde fizeram um serviço de reforma. Segundo a polícia, os dois homens eram genro e sogro, e foram rendidos por desconhecidos que o abordaram na estrada e os colocaram em um carro. 
O delegado de Divina Pastora, João Martins Cunha, confirmou que os corpos foram achados a cerca de dois quilômetros do local da abordagem. Eles estavam amarrados pelos braços e tinham marcas de tiros na cabeça. Os policiais também encontraram a moto e uma mochila usada pelas vítimas, abandonadas perto do local do crime. O caso já começou a ser investigado pela Delegacia de Divina Pastora, que está ouvindo depoimentos de parentes dos dois pedreiros. 

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS