O esquecimento das paixões

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Um dos nomes mais expressivos da cena artística mundial
Um dos nomes mais expressivos da cena artística mundial

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 01/06/2019 às 14:50:00

 

O esquecimento das paixões
Miguel de Almeida dirigiu o documentário sobre um dos nomes mais expressivos da cena artística mundial: Tunga, escultor, desenhista, artista performático. Tunga também foi o primeiro artista contemporâneo do mundo a expor no Louvre, em Paris.
Em cartaz, no Cinema Vitória, com exibição na segunda-feira, às 14 horas.

Miguel de Almeida dirigiu o documentário sobre um dos nomes mais expressivos da cena artística mundial: Tunga, escultor, desenhista, artista performático. Tunga também foi o primeiro artista contemporâneo do mundo a expor no Louvre, em Paris.
Em cartaz, no Cinema Vitória, com exibição na segunda-feira, às 14 horas.