SMTT dá sequência à fiscalização dos ônibus do transporte público de Aracaju

Cidades

 

Na madrugada desta sexta-feira, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Aracaju deu sequência à série de fiscalizações que vem fazendo nas garagens das empresas que operam no serviço de transporte público da capital e região metropolitana. O objetivo é checar in loco se os veículos contemplam os requisitos necessários para atender os passageiros com necessidades especiais.
Após realizar, na primeira quinzena do mês, a vistoria na Viação Progresso, a equipe da SMTT visitou a sede da Viação Atalaia. Ao todo, foram inspecionados 145 ônibus. Os fiscais da Diretoria de Transportes Públicos da SMTT verificaram itens como a sinalização dos assentos reservados às pessoas com mobilidade reduzida, as condições do elevador para auxiliar o acesso de cadeirantes e as botoeiras para uso dos passageiros com deficiência visual.
O chefe de manutenção da empresa, Anderson Fonseca, garante que os veículos são inspecionados diariamente. "A questão da acessibilidade é uma prioridade para a gente. Todos os dias checamos a funcionalidade destes itens e, caso haja algum problema, o ônibus é logo retirado de circulação até que o problema seja sanado", conta.
O próximo passo é dialogar com os representantes da empresa, segundo o diretor de Transportes Públicos da SMTT, Augusto Magalhães. "Um relatório foi produzido a partir desta visita e vamos apresentá-lo aos responsáveis pela viação para que as irregularidades identificadas por nossa equipe sejam logo solucionadas para que possamos prestar um atendimento pleno aos usuários com mobilidade reduzida", conta Augusto.
Fiscalização constante - A ação desta sexta-feira faz parte de uma verificação programada para fortalecer a fiscalização das condições dos veículos que circulam por Aracaju e região metropolitana. Além dos itens referentes à acessibilidade, os fiscais da SMTT aproveitaram para verificar outros quesitos, como faróis, condições dos pneus e itens de segurança.

Na madrugada desta sexta-feira, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Aracaju deu sequência à série de fiscalizações que vem fazendo nas garagens das empresas que operam no serviço de transporte público da capital e região metropolitana. O objetivo é checar in loco se os veículos contemplam os requisitos necessários para atender os passageiros com necessidades especiais.
Após realizar, na primeira quinzena do mês, a vistoria na Viação Progresso, a equipe da SMTT visitou a sede da Viação Atalaia. Ao todo, foram inspecionados 145 ônibus. Os fiscais da Diretoria de Transportes Públicos da SMTT verificaram itens como a sinalização dos assentos reservados às pessoas com mobilidade reduzida, as condições do elevador para auxiliar o acesso de cadeirantes e as botoeiras para uso dos passageiros com deficiência visual.
O chefe de manutenção da empresa, Anderson Fonseca, garante que os veículos são inspecionados diariamente. "A questão da acessibilidade é uma prioridade para a gente. Todos os dias checamos a funcionalidade destes itens e, caso haja algum problema, o ônibus é logo retirado de circulação até que o problema seja sanado", conta.
O próximo passo é dialogar com os representantes da empresa, segundo o diretor de Transportes Públicos da SMTT, Augusto Magalhães. "Um relatório foi produzido a partir desta visita e vamos apresentá-lo aos responsáveis pela viação para que as irregularidades identificadas por nossa equipe sejam logo solucionadas para que possamos prestar um atendimento pleno aos usuários com mobilidade reduzida", conta Augusto.

Fiscalização constante - A ação desta sexta-feira faz parte de uma verificação programada para fortalecer a fiscalização das condições dos veículos que circulam por Aracaju e região metropolitana. Além dos itens referentes à acessibilidade, os fiscais da SMTT aproveitaram para verificar outros quesitos, como faróis, condições dos pneus e itens de segurança.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS