Léo Lins faz 'Festa da Censura' e fala sobre ter 20 shows cancelados: "Estou lisonjeado"

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 28/05/2019 às 22:43:00

 

O humorista Léo Lins resolveu se manifestar e expôr a censura que tem sofrido em sua turnê de shows pelo Brasil. Ele revela que teve o vigésimo show cancelado arbitrariamente, mesmo com quase todos os ingressos vendidos, e afirma que vai comemorar esta façanha:
"O show em Espírito Santo do Pinhal foi cancelado pelo presidente da câmara Jose Viola arbitrariamente, que também está usando sua influência para que nenhum outro local receba o meu espetáculo. A Diretora de Cultura Ana Tereza de Castro Leite se negou a fornecer um documento oficial que notifique oficialmente que o cancelamento veio por ordem do executivo municipal. Mesmo meu produtor expondo a situação e dizendo que há patrocinadores envolvidos, ela cancelou minha apresentação alegando que as regras mudaram e dando algumas explicações que não procedem. Ver políticos se retorcerem para impedir meu show me traz muita alegria!", conta.

O humorista Léo Lins resolveu se manifestar e expôr a censura que tem sofrido em sua turnê de shows pelo Brasil. Ele revela que teve o vigésimo show cancelado arbitrariamente, mesmo com quase todos os ingressos vendidos, e afirma que vai comemorar esta façanha:
"O show em Espírito Santo do Pinhal foi cancelado pelo presidente da câmara Jose Viola arbitrariamente, que também está usando sua influência para que nenhum outro local receba o meu espetáculo. A Diretora de Cultura Ana Tereza de Castro Leite se negou a fornecer um documento oficial que notifique oficialmente que o cancelamento veio por ordem do executivo municipal. Mesmo meu produtor expondo a situação e dizendo que há patrocinadores envolvidos, ela cancelou minha apresentação alegando que as regras mudaram e dando algumas explicações que não procedem. Ver políticos se retorcerem para impedir meu show me traz muita alegria!", conta.