Motorista embriagado provocou acidente

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 21/05/2019 às 08:34:00

 

Até o final da tarde de ontem o corpo de um homem, vítima de acidente fatal registrado na rodovia SE-170 no município sergipano de Tobias Barreto, seguia sem identificação no Instituto Médico Legal (IML). A ocorrência foi registrada no último domingo, 19, quando o motorista do veículo, alcoolizado, perdeu o controle do automóvel e acabou colidindo com uma moto. De acordo com agentes do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv), o motorista não possui habilitação, e apresentou 1,41 mg/l de álcool no sangue. Após a constatação da imprudência feita por meio de etilômetro, o condutor foi encaminhado para delegacia.
Chamam atenção as circunstâncias do acidente. Em depoimento na delegacia o motorista informou que não conhecia a vítima fatal. Segundo o declarante, recebeu um pedido de carona e assim concedeu. O condutor do carro de passeio - o qual não teve o nome revelado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE), enalteceu que em virtude do pouco tempo em que estiveram juntos no veículo não foi possível descobrir a cidade, nome de familiares e para onde o carona de fato iria. Para prejudicar ainda mais o trabalho da Polícia Civil, o homem que morreu no local não possuía documentos, nem aparelho telefônico.
Criada há 10 anos, a Lei Seca determina multa de R$ 2.934 e suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Como neste caso registrado pelo BPRv o condutor apresentou resultado superior a 0,3 mg, além da multa e da suspensão, o condutor responderá criminalmente em virtude do desrespeito ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB), e está sujeito à prisão de seis meses a 3 anos. O caso será encaminhado ao Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe, o qual procederá com os trâmites previstos. O IML informou que segue aguardando familiares que possam reconhecer e autorizar a liberação do corpo.

Até o final da tarde de ontem o corpo de um homem, vítima de acidente fatal registrado na rodovia SE-170 no município sergipano de Tobias Barreto, seguia sem identificação no Instituto Médico Legal (IML). A ocorrência foi registrada no último domingo, 19, quando o motorista do veículo, alcoolizado, perdeu o controle do automóvel e acabou colidindo com uma moto. De acordo com agentes do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv), o motorista não possui habilitação, e apresentou 1,41 mg/l de álcool no sangue. Após a constatação da imprudência feita por meio de etilômetro, o condutor foi encaminhado para delegacia.
Chamam atenção as circunstâncias do acidente. Em depoimento na delegacia o motorista informou que não conhecia a vítima fatal. Segundo o declarante, recebeu um pedido de carona e assim concedeu. O condutor do carro de passeio - o qual não teve o nome revelado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE), enalteceu que em virtude do pouco tempo em que estiveram juntos no veículo não foi possível descobrir a cidade, nome de familiares e para onde o carona de fato iria. Para prejudicar ainda mais o trabalho da Polícia Civil, o homem que morreu no local não possuía documentos, nem aparelho telefônico.
Criada há 10 anos, a Lei Seca determina multa de R$ 2.934 e suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Como neste caso registrado pelo BPRv o condutor apresentou resultado superior a 0,3 mg, além da multa e da suspensão, o condutor responderá criminalmente em virtude do desrespeito ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB), e está sujeito à prisão de seis meses a 3 anos. O caso será encaminhado ao Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe, o qual procederá com os trâmites previstos. O IML informou que segue aguardando familiares que possam reconhecer e autorizar a liberação do corpo.